Hérnia de disco lombar

As hérnias de disco lombares são causa de dores conhecidas como “ciática“, ou seja, dores que tem trajeto irradiado para alguma ou ambas as pernas. Os níveis mais acometidos são L4-L5 e L5-S1. O tratamento inicial deve ser com utilização de medicações e fisioterapia, o que gera alívio dos sintomas em mais de 90% dos pacientes. Em casos remitentes e específicos, pode ser indicado tratamento cirúrgico. Atualmente existem diversas modalidades de tratamento, e cada caso deve ser analisado para indicação da melhor técnica.  

691 thoughts on “Hérnia de disco lombar

      • Bom Dia, gostaria de saber se é algo grave, uma hérnia?

        Resultado de minha ressonância:

        Corpos vertebrais de altura, alinhamento e sinal conservados.

        Pedículos vertebrais de configuração relativamente curta.

        Hipertrofia das facetas interapofisárias de L4-L5 e L5-S1.

        Demais articulações interapofisárias de aspecto preservado.

        Hipoidratação dos discos intervertebrais de L4-L5 e L5-S1.

        Em L4-L5, nota-se abaulamento discal que retifica a face ventral do saco
        dural e oblitera parcialmente o terço inferior dos forames
        intervertebrais, sem evidências de compressões radiculares.

        Em L5-S1, nota-se abaulamento discal que retifica a face ventral do saco
        dural e oblitera parcialmente o terço inferior dos forames
        intervertebrais, com sinais de compressão sobre a raiz descendente de S1
        à esquerda.

        Demais discos intervertebrais tópicos de sinal normal.

        Canal vertebral com dimensões dentro da normalidade.

        Cone medular de contornos regulares e sinal homogêneo.

        Demais forames intervertebrais livres.

        Estruturas musculares e ligamentares posteriores sem alterações significativas.

        • Ola Onofre, parece haver um pequeno pinçamento do nervo a esquerda. Sente dores na perna! Agende uma consulta para que possamos orientá-lo da melhor maneira.

    • tenho muita dor lombar quando to com muita dor nem consigo ir ao banheiro ja cheguei no hospital toda molhada de xixi não sei o que fazer mais fiz um exame mais os medicos aqui estão de greve os resutados são esses me ajudem
      corpos vertebrais alinhados Retificaçao da lordose cervical fisiológica. Nodulos hiperintenso nas sequencias T1 T2, no corpo vertebral de T1. Redução da intensidade de sinal dos discos invertebrais de C2 C3 C5-C6 por degeneração/desidratação dos mesmos. minima saliencia posterior do disco de c5 -c6. Foramens de conjungação e recessos da laterais livres A medula visibilizada tem morfologia e intensidade de sinal normais. Partes moles paravertebrais sem alteração

      • Ola Maria,
        Infelizmente com os dados apresentados não podemos dizer muita coisa. Sua ressonância também não parece demonstrar muitas alterações. Se houver interesse sugiro marcar uma consulta para que possamos analisar o que ocorre

  1. bom eu tenho abaulamento discal difuso em l4 l5 e eml5s1 a 2anos e ate hoje nao tive melhora ja fiz fisioterapia ja tomei varios remedios e meu medico falo que nao e caso cirugico eu ja nao aquento mais muita dor na perna esquerda e na direita elas fica dormente e vai perdendo o movimento o que devo fazer1!
    isso tem cura ?

    • Silvia, a maioria das hérnias deve ser tratada de maneira conservadora. Se os sintomas estão fortes, precisamos fazer uma análise mais pormenorizada. Grande parte das dores lombares pode ser tratada.

  2. boa noite fez uma cirugia de hernia de disco a 6 meses atras agora esta muito recente mas estou sentindo td de novo tenho hernia na l4 l5 ok faço ****

    • andrea, cada caso tem que ser estudado e precisamos ver as imagens dos exames, examinar vc, se existem sinais de compressão de raízes nervosas entre outras. Marque uma consulta em um de nossos consultórios para que possamos fazer uma avaliação adequada do quadro. Equipe SPNEURO

  3. Olá Boa Tarde!
    Fazem 07 anos que fiz duas cirurgias de hernia de disco (lombar), no decorrer desses anos, as dores insistem em me acompanhar, agora devido a dores fortes e dormencia também nos braços realizei uma ressonancia com o seguinte resultado:
    Cervical: Complexo disco osteofitário C5-C6 com impressão sobre a face ventral do saco dural tocando a medula
    Complexo disco osteofitário posterio difuso C3-C4 C6-C7 com impresão sobre a face ventral do saco dural
    Degeneração discal em todos os niveis estudados.
    Lombar:Protusão discal posterior de base larga L4-L5 com impressão sobre a face ventral do saco dural
    Me dê uma analise sobre esses resultados por favor, será que é caso cirurgico novamente, porquea dois meses tomando rmédios sem melhoras alguma.
    Grata,

    Kátia

    • Ola Katia. Pelo laudo me parece que o disco C5-6 está bastante herniado, mas precisamos ver as imagens dos exames, o laudo escrito por si só não nos traz todas informações que precisamos.
      Na região lombar não parece haver grandes compressões, mas é preciso ver os exames e analisá-los. Marque uma consulta com nossa esquipe para uma melhor avaliação. Equipe SPNEURO

  4. ola bom dia tenho uma ressonancia com as seguite informaçoes
    1.alteraçoes degenerativas incipientes da coluna lombar.
    2.abaulamento global do disco intervertbral l5-s1 sem compressao significativa sobre o saco dural estou tomado remedio mais nao esta resovedo o que devo fazer

    • Ola manoel
      As hérnias de disco podem ser curadas em sua grande maioria com tratamento medicamentoso e medidas adjuvantes. Em alguns casos podemos fazer infiltrações ou outras modalidades de terapia pouco invasiva para o tratamento da dor. Espero que em breve possamos auxiliá-lo em sua recuperação. Equipe spneuro

  5. ola , boa tarde , bom faz 3 meses que me diagnosticaram hernia de disco em L 5 (RM ), atualmente estou fazendo tratamento com corticoide (diprospan ) 1amp por semana por 3 semanas , ETNA 3por dia , minha pergunta é quanto tempo eu tenho que tomar as medicaçoes ja que melhoro so um 50% os sintomas .

    • Boa tarde Alvaro,

      A dor localiza-se mais nas costas ou nas pernas? Esse tipo de situação é bastante comum, mas cada caso deve ser avaliado individualmente. O uso de diprospam (corticóide) não deve ser muito prolongado. Precisamos analisar o seu quadro clínico e exames de imagem para delinear o melhor tratamento. Aguardamos anciosamente sua visita em um de nossos consultórios.

      Eq. SPNEURO

  6. boa tarde,meu marido fez uma cirurgia de coluna l5 e s1 de hernia discal…..so q no PO ela sentia dores e fez uma nova ressonancia onde foi constatado outra hernia discal em local diferente,nao foi colocado pino nadaele senti muitas dores e o medico nao afasta ele do serviço ele esta se arrastando indo trabalhar toma injeçao para dores todo dia na empresa e volta ao trabalho …gostaria de uma segunda opiniao sobre o caso.grata

    • Boa Tarde.

      O tratamento da hérnia discal deve ser em primeiro momento clínico – com medicações e fisioterapia. Em pós cirúrgicos, precisamos analisar qual o motivo da persistência da dor – Infecção, fibrose, nova hérnia, instabilidade?
      Aguardamos contato para que possamos fazer uma avaliação mais precisa do quadro de seu marido, Tatiana.

      Eq. SPNEURO

      • Escoliose lombar esquerda
        Discos intervertebrais l3-l4-l5, contendo calcificação á escassez da gordura epidural. Compatível com estenose vertebral relativa.
        Saco dural normodenso.
        Sinto muita dor!!!!! Gostaria saber o que fazer.

        • Olá Nelma
          As suas dores predominam na coluna ou nas pernas? Quando caminha sente dores ou formigamentos?

          Para estenose de canal, costumamos tratar os sintomas severos de maneira cirúrgica, mas precisamos avaliar melhor seu quadro, idade, para indicar o melhor tratamento e te livrar das dores

          Agende uma conosco! Temos consultório em diversas regiões de São Paulo

  7. Boa noite,
    a poucos dias fiz uma RM da coluna Lombo-Sacra e o diagnóstico foi: desidratação do disco intervertebral de L5-S1, observando-se neste nível, abaulamento discal difuso, tocando a face ventral do saco dural.
    Sinto dores muito fortes que causam dormência na perna esquerda, e as vezes, até impossibilidade de andar. Existe tratamento ou seria caso de cirurgia ?
    Me ajudem…

    • Boa tarde Rafael.

      Os abaulamentos discais são muito prevalentes na população. O quadro de dormência na perna esquerda pode estar associado ao abaulamento. Quando não há perda de força, geralmente o tratamento que instituímos é com medicações e fisioterapia. As infiltrações podem auxiliar bastante neste tipo de dores, quando indicadas.
      Para melhor avaliação do quadro, sugiro marcar uma consulta para que possamos indicar o melhor tratamento.

      Equipe SPNEURO

  8. tenho hernia na cervical,fazem quase 4 meses,já fiz tudo do modo conservador,até hoje até os corticoides não estão resolvendo,mas ainda é a minha unica opção para as dores.Enfim ,como ando co dores no corpo todo o meu ortopedista me mandou fazer outra rm mas da lombo-sacra e um eletroneuromiografia,este ultimo ainda não está pronto.Tenho neurocirurgião marcado para o começo do mes.Mas eu gostaria de saber o que significa o resultado da rm da lombar que fiz que diz:
    -acentuação da lordose lombar fisiologica em decúbito dorsal.
    -reações osterhipertroficas vertebromarginais e dos elementos do arrco posterior ( espondiloartrose ).
    -discreta discopatia degenerativa caracterizada por redução dos sinais dos discos intervertebrais,observados na sequencia pesada em T2 compativel com desidratação.
    -leve abaulamento posterior do disco L5/S1,obliteraando gorduras epidurais anteriores.
    -Obs: foram considerados cinco vertebras lombares.

    Peço por gentileza que me explique.Por hora agradeço.

    • Marcia

      Pelo laudo parece haver alterações degenerativas leves na coluna lombar. Mas a correlação entre os sintomas apresentados com os exames de imagem que vai permitir uma correta avaliação de sua doença.

      Aguardamos sua visita em um de nossos consultórios para melhor avaliação

      Eq. SPNEURO

  9. ola gostaria de uma imformaçao fiz uma ressonancia magnetica da coluna lombossacra so um resultado deu que tou com leve artropatia degenerativa comprometendo as articulaçoes interapofisarias de l4-l5 e l5-s1 bilateralmente o que segnifica isto poderias me esplicar porfavor preciso de cirurgia. obrigada. fiz porque sinto muita dor na minha perna esquerda e e so nesta .e lombar tambem. tenho um tumor benigno dentro do osso. perna esquerda.

    • Olá Lisandra.

      Esta artropatia nada mais é que um desgaste da coluna na sua região posterior, ou facetas artticulares.

      A dor na perna, pode estar associada a esta artropatia, mas o mais comum é dar dor lombar os nas nádegas, piorando quando se extende a coluna p. Ex quando estamos sentados e levantamos da cadeira.

  10. Bom dia!!!

    Eu tenho Hérnia de Disco há 4 anos, já fiz vários Exames e já fiz várias Fisioterapias além de tomar vários Medicamentos.
    As vezes quando penso que estou melhor, começo a sentir tudo novamente.
    Estou com muita dores na Coluna lombar e a dor está rateando para Perna direta são dores muito forte e estou mancando da perna direita e andando um pouco de lado, também para o lado direito,( apesar da dor na perna direita às vezes passar, fico mancando mesmo sem sentir dor).
    Estou em tratamento com acompanhamento do Ortopedista e estou fazendo Fisioterapia e tomando os seguintes Medicamentos: Musculares 10mg, Arflex 200mg, Deocil 10mg e Lyrica 75mg.
    O Médico me recomendou fazer a Cirurgia, na Coluna Lombar.
    Segue abaixo, o resultado do Laudo Médico ( Ressonância Magnética) feita em 22/05/2012:
    Redução da intensidade de sinal dos discos intervertebrais de L4-L5 e L5-S1, por desidratação, melhor evidenciado na sequência sagital ponderada em T2.
    Protrusão discal de base larga paramediana direita em L4-L5, com migração caudal, ocupando o recesso lateral , comprimindo o saco dural e tocando a raiz nervosa direita de L5.
    Protrusão discal posteromediana de base larga em L5-S1, fazendo compressão no saco dural.
    Pedículos e lâminas íntegros.
    Artrose interapofisária à esquerda em L5-S1.
    Hipótese Diagnóstica: Protrusões discais em L4-L5 e L5-S1.

    Eu devo fazer a Cirurgia na Coluna Lombar ( Hérnia de Disco)?
    E sobre a radiação na perna direita ?
    Estou mancando com a Perna direita, às vezes mesmo sem sentir dor?
    Se eu continuar andando de lado pode virar uma sequela, ou seja, passar andar de lado definitivamente?

    Desde já, Agradeço a Oportunidade.

    Aguardo o Retorno!!!!!!!!!

    Edivaldo Barcelos
    Cabo frio/RJ

    • Edivaldo, você acabou de citar os sintomas de uma hérnia discal lombar. Creio que se os sintomas não estão melhores, a idéia de tratamento cirúrgico é uma opção a ser considerada. Vc está com uma possível compressão da raíz de l5, e a dor da perna é sintoma desta compressão. Se está perdendo a força da perna a cirurgia DEVE ser realizada.
      Hoje em dia existem muitas técnicas cirúrgicas para tal cirurgia, muitas delas com recuperação e alta precoce.

  11. ola, fiz uma ressonância e ela deu o seguinte.

    Discopatia em L4-L5 e L-5-S1 observando-se desidratação dos discos invertebrais e abaulamentos discais difusos.
    Observam-se também nesses níveis protusões discais posteriores medianas sobrepostas de base ampla determinando impressão sobre o aspecto anterior do saco dural.

    E então o que dizer do meu caso?

    • Você relata apenas o laudo do exame. Uma avaliação correta de problemas na coluna envolve análise dos sintomas( dor na coluna, dor nas pernas, formigamentos, dor ao andar etc…), além dos exames pertinentes.
      O laudo me diz que sua coluna lombar apresenta algumas alterações degenerativas. Ponto.

  12. Boa noite, estou a mais de um mês sem conseguir andar normalmente, pois sinto muita dor e formigamentos que irradiam na perna esqueda. Em minha ressonância o laudo diz o sequinte:
    Alterações degenerativas do tipo Modic I (edema) nos platôs vertebrais apostos de L5 e S1.
    Discopatia degenerativa nos níveis L3 – L4 e L5 – S1, caracterizada por redução de altura e hipoidratação desses discos intervertebrais.
    Nível L1-L2 pequena protusão discal focal posterior mediana/paramediana esquerda que comprime levemente a face anterior do saco dural sem conflitos radiculares.
    Nivel L3-L4 discreto abaulamento discal posterior difuso que retifica a superficie anterior do saco dural sem conflitos radiculares.
    Nivel L5-S1 protusão discal posterior de base larga com maiores componentes paramediana/foraminal esquerdos, comprimindo a face anterior do saco dural tocando nos recessos laterais as raizes descendentes S1 bilateralmente e S2 esquerdas.
    Artropatia degenerativa das articulações interapofisárias, sem repercussões foraminais.
    Conforme orientação médica fiz um bloqueio peridural na L5-S1, onde tive certa melhora, porém a dor continua um pouco mais fraca. Pode-se fazer mais de um bloqueio peridural?
    Este diagnóstico do laudo geralmente é caso cirurgico ou posso tratá-lo sem cirurgia? Estava planejando uma gravidez antes das dores surgirem. O que seria mais seguro, tentar curar a dor sem cirurgia e engravidar ou se for caso, fazer a cirurgia antes?
    Aguardo retorno e desde já agradeço.

    • Cristiani

      O laudo por escrito nos dá uma idéia sobre o quadro, mas a avaliação mais correta inclui um exame físico para ver se existem sinais de compressão de raízes nervosas pela sua doença da coluna. As imagens também são fundamentais para o cirurgião.
      Os bloqueios peridurais podem ser realizados e repetidos, sem problema. O ideal é que passe por um de nossos consultórios para melhor avaliação do seu quadro.

      Atenciosamente equipe SPNEURO

  13. Boa tarde, recentimente tiver muita dor lombar e fui na emergencia qundo cheguei lá fiz uns rx e médico mim perdiu um tomografia deu seguindo diagnostico protrusão discal L5S1 mais desde as primeiras crise as dores so tem aumentado cada dia mais tenho tido dormencia nos menbros inferiores e as vezes nos superiores, falta força nas pernas as vezes penso que vou cair,trabalho em um hotel e ando de escadas o dia todo não estou aguentando, o que devo fazer em relação como devo mim proceder se pouco movimento que faço ja mim causas dores

    • Boa noite Daniele.

      As dores nos membros superiores nada tem a ver com os achados da coluna lombar. A tomografia nos dá uma boa idéia das estruturas ósseas da coluna, mas muitas vezes precisamos fazer uma ressonância magnética.
      Marque uma avaliação conosco para que possamos planejar o melhor tratamento para você.

      Equipe SPNEURO

  14. Bom já fui operado 4 vezes tive 2 vezes infecções , osteomielite , necrose , com remoção das astes ,pinos hoje uso colete e minha coluna naõ está estabilizada ,sinto dores ,dormencia nas 2 pernas que vai até as pontas dos pés ,minha cervical também com os mesmos diagnósticos da lombar. Pergunto devo me submeter a outra cirurgia . Sim,ou naõ obrigado gzj

    • Caro Gilberto, não podemos afirmar nada com esses dados. A indicação correta do tratamento envolve um exame físico, análise de todos exames de imagem, análise dos sintomas, e avaliação do risco-benefício do tratamento cirúrgico.
      Marque uma consulta conosco para que possamos sanar suas dúvidas.

      Equipe SPNEURO

  15. OI BOA TARDE TIVE ESSE RESULTADO NA RM l3 l4 protusão discal póstero mediana focal e de base ampla l4 -5 e l5 -s1 comprimindo saco dural já passei 2 neurocirurgião o 1 disse que meu caso era grave precisava cirúrgia o 2 disse que meus discos estavam somente inchados . tenho dores lombares formigamento pernas perineo adormecido mal estar dores de cabeça queda de pressão devido urinar muito.o que faço ele me pediu tomografia e raio x não consigo andar sozinha pois tenho medo cair tenho 28 anos .

  16. Fiz a tomografia computadorizada em22/06/2012 e deu o seguite resultado;Retificaçao da curvatura cervical fisiologica; desvio do eixo axial da coluna cervical p/a esquerda;osteofitos marginais anterolaterais no corpo vertebral de C5;osteofitos marginais posteriores nos corpos vertebrais de C5,C6,C7 e T1; Tenue calcificaçao doligamento longitudinal anterior nonivel de C5-C6;Reduçao da altura do espaço intervertebral de C5-C6,observando-se ainda irregularidade e esclerose óssea reacional dos platõs vertebrais contíguos;Abaulamento discal posterior difuso posterior no nivel de C4-C5, determinando efeito compressivo sobre a face ventral do saco dural; Complexos disco-osteofitários posteriores nos niveis de C5-C6 e C6-C7, determinando efeito compressivo sobre a face ventral do saco dural;Sinais de espondilopatia e discopatas degenerativas, com abaulamento discal em C4-C5 e complexos disco-osteofitários posteriores em C5-C6 e C6-C7.
    Diante do laudo descrito, é possível você descrever tudo de forma mais clara e indicar o tratamentopara esse problema?
    aguardo com muita ansiedade sua resposta.
    desde já muito obrigada1
    Gil

  17. Ola! Em mar/2011 eu fui diagnosticado com uma protusão discal em L4/L5 após exames e ressonancia. As dores não irradiam para as pernas. Somente pontual na lombar. Desde jul/2011 eu faço sessões de RPG 1x por semana, mas durante esse tempo eu ja tive 3 crises, onde fico uns 3 ou 4 dias com fortes dores e sempre tenho a impressão de que o tratamento não esta funcionando. Isso é normal? Ja fui em outro medico, e o mesmo me disse que eu estava fazendo a coisa certa, que era o RPG. Natação seria de ajuda?

    • Olá Rodrigo
      Tivemos problemas com o provedor e algumas mensagens ficaram como lidas quando não haviam sido.
      As protrusões discais devem ser tratadas predominantemente com medidas não cirúrgicas.

      Em casos de dores axiais devidas a síndrome facetária (dores oriundas das articulações da coluna), existem procedimentos pouco invasivos que geram melhora do sintoma DOR.

      Outros procedimentos específicos para tratamento da DOR ( eles não tratam a doença em si, mas o sintoma) também podem ser utilizados para que o paciente possa reabilitar de maneira mais efetiva – Sem dores o paciente pode fazer mais atividades na fisioterapia, melhorando o resultado final.

      Equipe SPNEURO

  18. fiz uma tomografia comp. e acusou protusão discal paramediana à esquerda emL5-S1 e o meu neurocirurgião fez uma cirurgia, so que ainda sinto minha perna esqurda fraca e estou andando de mulheta pois pois de vez enquanto ela falha isso e normal? e ainda sinto um formigamento ao lado esqurdo das nadegas. e normal.

    • Olá Sérgio.

      O período de recuperação de cirurgias para hérnia de disco varia conforme o tipo de hérnia, técnica utilizada entre outros.

      Um certo grau de formigamento é normal no pós-operatório.

      Em caso de manutenção dos sintomas por longo período, seria interessante realização de uma nova avaliação com o especialista

      Equipe SPNEURO

  19. oi gente eu fis uma ressonancia e o resultado foi abaulamento posterior dos discos de C4/C5 e C6/C7 tocando o saco dural e desidrataçao discal ainda tem uma OBS:como achado adicional nota se presença de pequena formaçoes de aspecto cistico localizadas em topografia da pineal sera que alguem pode mediser o que quer diser isso ? desde ja obrigado pela ajuda

    • Olá Ivone.

      Formações císticas em região da pineal podem ser diversas coisas. Precisamos observar as dimensões, o padrão de impregnação pelo contraste entre outras características da lesão.

      Estamos abertos para conversar contigo e retirar suas dúvidas – marque uma consulta conosco!
      Equipe SPNEURO

  20. fiz uma cirurgia para retirar uma hernia de disco l4 l5 na lombar so que depois
    da cirurgia descobri que tenho uma nova hernia em uma verebra acima
    da que foi removida e agora tenho que passa por uma nova cirurgia e coloca
    uma placas com pinos qual a opinião sua sobre isso

    • Olá Carlos

      Difícil responder esta sua questão sem analisar os sintomas e os exames de imagem.

      Se possível marque uma consulta conosco para que possamos sanar suas dúvidas.

      Equipe SPNEURO

  21. RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA COLUNA CERVICAL
    Discos intervertebrais com atividade de sinais reduzidos em T2 (desidratação/ Degeneração discal)
    Abaulamento discal difuso posterior assimétrico em C5-C6 com redução do recesso lateral esquerdo.

    RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA COLUNA LOMBO-SACRA
    Disco intervertebrais com atividade de sinais reduzidos em T2( desidratação/ degeneração discal)
    Protrusão discal mediana em L4-L5 e L5-S1

    Gostaria de uma analise sobre esse diagnóstico, para ajudar na compreensão desse exame.
    Agradeço.

    • Olá Leandro
      Tivemos problemas com o provedor e algumas mensagens ficaram como lidas quando não haviam sido.
      Os laudos indicam um processo de degeneração da coluna, lombar e cervical.

      Gostaríamos de lembrar que não importa o que façamos, existe um envelhecimento natural da coluna. Então o limiar entre o normal e o doente é tênue as vezes.

      O que diferencia os quadros de doença degenerativa e degeneração normal são os sintomas.

      Equipe SPNEURO

  22. Boa Noite.Tenho muitas duvidas.Acho que to meio estragado e gostaria da opinião de um especialista.Tenho espondilodiscoartrosa em c5 c6.Alterações degenerativas tipo ll no plâto de c5.Desidrataçõa dos discos c2 c3 c4 c5 c6. complexo barra disco osteofitario posterior centro bilat. c3 c4 c5 c6.Protusão discal posterior centrobilateral maior a direita em c6c7.Na lombar. Espondilodiscouncoartrose com redução bilateral em c5 c6. Complexo barra disco osteofitario posterior em c3c4 c5 c6.O que eu faço com tudo isso.Cinto dor o dia todo.Sou motorista de caminhão .Vivo a base de remedios.Convem fazer cirurgia ou não. Obrigado.

    • Olá Claudimir
      Na região cervical temos que observar as alterações radiológicas e checar a proximidade com as estruturas nervosas – Medula e raízes que saem pelos “forâmes”.

      Pelo laudo descrito não há como dizer se há compressões nervosas, muito menos dizer se precisa de uma cirurgia ou não.

      Como temos escrito no blog, cada caso deve ser avaliado ( com exames e avaliação clínica do paciente) para melhor identificar o problema e propor o tratamento específico menos invasivo.

      Equipe SPNEURO

  23. boa tarde eu gostaria de saber o seguinte em 12/10/11 fiz uma discectomia para retirada de uma hernia lombar e tenho 2 discos vértebras ruins mas sinto muita dor sempre essa dor erradia na nádega esquerda ,tive a ultima consulta em 13/06/12 com o neuro e ele me disse que era normal que eu estava de alta e tinha que me acostumar com a dor e eu trabalho de motorista o que pode estar acontecendo as vezes sinto que vai travar novamente e estou com medo . parabenizo vcs pelo trabalho que fazem para tirar nossas duvidas desde já agradeço .

    • Ola Ricardo

      Tivemos problemas com o provedor e algumas mensagens ficaram como lidas quando não haviam sido.

      Os sintomas que você apresenta podem estar relacionados as articulações posteriores da coluna, também conhecidas como facetas.

      Precisamos analisar seus exames e examiná-lo para fazer este diagnóstico. Existem algumas estratégias minimamente invasivas para tratamento deste tipo de dor

      AGuardamos contato

  24. Bom Dia!

    Fiz uma cirurgia de hernia de disco ( L3, L4 e L5 ) , e hoje estar fazendo um mês.
    Tenho sentido o seguinte sintomas:
    a) minha perna esquerda não tem força para eu caminhar só;
    b) meu pé ando bebado geralmente batendo na perna direita.
    c) sinto que a dormência vai diminuindo de cima para baixa( da coxa até o pé);
    d) No meu pe´esquerdo sinto como se o músculo estivesse apertando o osso do pé. chega a deixar o pé dolorido . o músculo não relaxa.

    Gostaria de saber se isso é normal ? esse stress que sinto no pé e essa dormencia que sinto no músculo na perna esquerda ao lado da pantorrilha é normal? já fiz 7 seções de fisioterapia , do total de 10.
    Obrigado pela resposta.

    Atenciosamente
    Marcus

    • Ola Marcus

      Tivemos problemas com o provedor e algumas mensagens ficaram como lidas quando não haviam sido.

      Boa parte destes sintomas podem ocorrer sim após a cirurgia, e tendem a diminuir com o tempo.

      Provavelmente terá que fazer mais que 10 sessões de fisioterapia.

      Equipe SPNEURO

  25. Boa tarde!
    Spneuro
    Minha namorada fez uma ressonância magnética da trés parte da coluna e o médico deu o laudo desta forma.
    1ª parte
    Ressonância magnética da coluna cervical dentro dos parâmetros da normalidade
    ESSE PARECE Q ESTA OK

    2ª parte
    -DESIDRATAÇÃO DOS DISCOS INTEEVERTEBRAIS TORÁCICOS SEM EVIDÊNCIAS DE HERNIAÇÕES DISCAIS

    terceira parte:
    -DESIDRATAÇÃO COM REDUÇÃO DA ALTURA E DISCRETA PROTUSÃO MADIANA DO DISCO INTERVETEBRAL DE L5-S1

    o caso dela é muito serio?! eu gostaria de sabe o tratamento para o caso.
    Seria grato pela resposta.
    obrigado!!!

    • Ola Lucas

      Tivemos problemas com o provedor e algumas mensagens ficaram como lidas quando não havia sido.

      Primeiramente gostaríamos de esclarecer que existe um envelhecimento natural da coluna, e o laudo por si só não quer dizer presença de doença.

      A necessidade de um tratamento decorre de uma correta avaliação do caso e uma associação entre os sintomas e o exame radiológico realizado

      Resposta – não podemos dizer se o caso é sério sem antes avaliar os filmes do exame e a paciente
      Equipe SPNEURO

  26. Ola,minha mae tem uma dor muito forte na regiao lombar e na perna direita.alem de uma dormencia na mesma perna
    recentemente ela fez uma ressonancia magnetica de coluna lombo-sacra e o resultado foi o seguinte:
    -hernias discais posteriores e medianas L3-L4,L4-L5 e L5-s1.
    -fratura espondilotica do corpo de L3
    gostaria de saber se eh caso cirurgico?

    • Olá Carolina – Pelo que você relata existe uma possível compressão radicular na coluna lombar. Precisaria examinar sua mãe e seus exames para indicar o melhor tratamento, além de menos agressivo. Agende uma consulta conosco, poderemos sanar melhor as suas dúvidas e propor o melhor tratamento para sua mãe!

  27. Estou com uma protusão discal L4 L5 e li que é mais dificil de tratar do que a hernia extrusa, é verdade? E qual tipo de técnica cirúrgica deve ser empregado em cada tipo? mesa de tração tem algum efeito? grato.

    • A protrusão deve ser avaliada quanto a sintomas. quando o sintoma predominante é a ciática, ou seja, dor na perna, o tratamento cirúrgico deve ser considerado. Procure uma de nossas unidades para melhor esclarecimento – existem infiltrações e outras modalidades de tto menos agressivas.

  28. Olá,
    Fiz RM e deu o seguinte:
    - Abaulamentos discais difusos L3-L4, L4-L5 e L5-S1
    - Discopatia degenerativa em L5-S1
    - Esclerose em L5-S1 bilateralmente.

    O que isso quer dizer na verdade? Gostaria de saber se com um bom tratamento, posso voltar a praticar esportes, como o futebol?
    Obrigado pela atenção!

    • Boa tarde.
      Fabiano, o exame em si não quer dizer muita coisa. Precisamos avaliar os sintomas – a dor é na coluna? a dor é na perna? Existe perda de força? etc… Precisamos do contato com o paciente para melhor avaliação e orientação. Marque uma consulta conosco – estamos aguardando!

  29. BOA NOITE EU FIZ UMA RESSONÂNCIA , E FOI CONSTATADO HERNIA DISCAL. EU ESTO COM MUITAS DORES QUANDO ESTO DE REPOUSO EM CASA . ESTA TUDO BEM QUANDO EU COMEÇO A ANDAR DENTRO DE CASA COMEÇA AS DORES, EU ESTAVA NA SEMANA PASSADA VIRANDO NA CAMA COM A AJUDA DE MINHA ESPOSA, FIQUEI SEM TOMAR BANHO PORQUE NÃO MIM LEVANTAVA , EU TOMEI (DINORF) MORFINA 2MG COMPRIMIDO ALIVIO A DOR UM POUCO FOI QUE EU LEVANTEI E TOMEI BONHO, COM 10 MINUTOS EU JÁ ESTAVA COM MUITAS DORES , NÃO PODIA MOVIMENTAS OS PÉS . EU SOU TEC DE ENFERMAGEM, O MEU CASO E CIRÚRGICO. espero respostas.

    • Pelo que você me relata, o quadro de dor é importante. Como está com fraqueza nos pés há grande chance de sua doença ser tratada de maneira cirúrgica. Precisamos avaliá-lo, junto com seus exames, para traçar o melhor tto. Aguardamos agendamento de consulta!

  30. Olá me chamo Suelen sou de Santa Catarina tenho 22 anos e aos 18 precisei passar por uma cirurgia de Hérnia de disco, tive uma hérnia pósteo lateral direita entre L5 S1.
    A cirurgia foi um sucesso não foi preciso pôr nenhum material na minha coluna, porém gostaria de saber se hoje eu resolvesse engravidar isso viria a me complicar novamente ? a maioria das mulheres que tem filhos se queixam de terríveis dores lombares acredito que no meu caso será pior.
    Se puder me ajudar ficarei grata!

    • Olá Suelen, o fato de você não ter fixação de coluna não quer dizer que você terá problemas durante a gestação. Mas fique atenta! Durante a gestação existe uma mudança do peso, do balanço da coluna e dos hormônios femininos, que provocam frouxidão ligamentar e aumento das queixas de dores sim! Por isso é importante um programa de reabilitação e fortalecimento de musculatura dorsal e abdominal antes da gestação.

  31. Prezados,
    tenho 54 anos e ando sentindo dor na coxa esquerda e na região das nádegas do mesmo lado. Nâo tenho limitação de movimentos ou qualquer tipo de irradiação ou formigamento em outras partes do corpo. A ressonância magnética acusou pequena protusão dos discos L4-5 e L5 -S1, causando leves endentações no saco tecal e redução dos forames intervetebrais, além de redução da altura e do sinal dos discos L4-5 e L5-S1, compatível com desidratação parcial dos mesmos.
    Tenho feito alongamento, mas a dor não vai embora.
    O que fazer?

    • Ola Alcides.

      Seu quadro parece corresponder a uma compressão de raíz (parte do nervo) por abaulamentos discais de L4-L5 e L5-S1. Geralmente iniciamos o tratamento com medicações e fisioterapia motora. Em caso de não melhora, podemos indicar um procedimento de infiltração ou algum procedimento menos invasivo para tratamento de sua dor. Procure um de nossos consultórios para que possamos analisar melhor sua queixa e exames, para que possamos indicar o tratamento ideal para você.

  32. Bom Dia,

    Me chamo Dayvson,
    recentemente meu pai recebeu o laudo de um problema antigo de coluna que ele já apresentava, ele possui hérnia de disco, devido a isso ele sente algumas vezes formigamento em suas pernas, dores na região lombar, e pouco movimento em sua perna direita. No laudo recebido, veio itens que eu não consegui entender, devido ao pouco entendimento da área, queria saber se o caso dele é cirúrgico, já que por sua vez, o paciente realizou recentemente um transplante de coração, vou passar as conclusões do laudo:

    1- O canal Raquiano tem configurações e dimensões normais.
    2- Protrusões Discais difusas nos espaços intervertebrais de L4-L5 e L5-S1, onde o material discal oblitera e a gordura epidural e entra em contiguidade com a face ventral do saco dural. Essa protrusão ocorre de forma mais focal no espaço intervertebral entre L4 e L5.
    3- O disco intervertebral entre L5 e S1 apresenta perda do sinal nas sequências com TR longo, achado que interfere sinais de degeneração.
    4- Não há evidência de protrusão ou herniação no material discal, nos interespaços estudados .
    5- Cônus medular tem topografia habitual, situado posteriormente ao plano do espaço intervertebral de T12-L1.
    6- Não há anormalidades nas raízes nervosas da cauda equina.
    7- Corpos vertebrais com morfologia e sinal medular dentro dos limites normais.

    É gigantesca a dúvida, mas o que acham do laudo, têm como vocês anteciparem uma idéia sobre o que está acontecendo com o meu pai?
    Por favor verifiquem…

    • Boa tarde Davyson

      Preocupa-nos a parte em que você relata perda de movimentação da perna direita de seu pai. Em quadros de doença de coluna com perda de força, costumamos ser um pouco mais agressivos no tratamento, para que não haja comprometimento permanente.
      Por outro lado, o laudo explicitado não aparenta descrever compressões graves de raízes (porção dos nervos). Se possível teríamos interesse em consultá-lo em uma de nossas unidades para melhor avaliação.

      Equipe SPNEURO

  33. Boa noite, me chamo Everton

    Realizei um ressonância depois de ter dado uma “travada” na coluna e foi o dado o seguinte laudo.
    1. Diminutos osteófitos marginais nos corpos vertebrais de L2 a L4.
    2. Retificação da lordose lombar.
    3. Desidratação do disco intervetebral de L4-L5, associado a pequena redução da sua altura. Desidratação parcial dos demais discos intervetebrais.
    4. Espondilodiscoartrose lombar com predominio discal em L4/L5.
    5. Abaulamento discal difuso em L3/L4, com diminuta protusão discal póstero-mediana associada a rutura focal de fibras do ânulo fibroso, que toca suavemente a face ventral do saco dural e insinuando-se nos recessos inferiores dos forames neurais..
    6. Protusão discal paramediana esquerda em L4-L5, de base larga, que comprime a face ventral do saco dural, que mantém proximidade com as raízes descendentes de L5, notadamente a esquerda, bem como insinua-se nos recesso inferiores dos forames neurais, em associação com pequeno abaulamento discal difuso.
    7. Protusão discal paramediana direita em L5-S1, de base larga, ocupando a gordura epidural anterior, mantendo proximidade com a raiz descendente direita de S1.
    8. Pequenos cistos artrossinoviais nas articulações interapofisárias de L1-L2 a esquerda e L5-S1 a direita, projetados posteriormente.

    Tenho 35 anos. Se puderem me dar uma idéia do que tudo isto, agradeço.
    Isto é hérnia???

    • A hérnia de disco pode ser protrusa ou extrusa. No seu caso você possui uma hérnia protrusa ou simplesmente protrusão discal. Suas dores irradiam para pernas? Como já dito anteriormente, o laudo de um exame não quer dizer doença. Precisamos de uma avaliação geral para melhor entender o caso e indicar o melhor tratamento.

  34. boa noite,eu tenho abaulamento difuso da terceira quarta e quinta,discos lombares, gostaria de saber se tenho cura.

    • O tratamento gera melhora de boa parte dos sintomas. Temos que avaliá-la melhor para indicar o tratamento adequado.

  35. Boa noite, Há uma semana venho sofrendo com dores horriveis no meio das costas, mais precisamente perto da cintura erradiando p o cox, em janeiro sofri com a mesma crise, porem lombar erradiando p as pernas, o simples fato de movimentar o pescoço reflete na coluna lombar, com dores horriveis, fiz a ressônancia que deu a seguinte impressão:
    sinais de espondilodiscoartrose, mais evidente em L1 L2,L4L5.
    ABAULAMENTOS DISTAIS DIFUSO EM L1-L2,L3-L4 E L4-L5 e pequena protusão discal posterolateral esquerda em L2-L3, determinam impressões sobre a face ventral do saco dural, sem sinais de impressões radiculares francas. agradeço a atenção e aguardo retorno. obrigado

    • Ola Roseli

      Você apresenta sinais de degeneração da coluna lombar. Se as dores não estiverem melhorando com medicações via oral, existem alguns procedimentos para tratamento do sintoma DOR, que podem beneficiá-la – Infiltrações, Denervações facetárias. Precisamos avaliá-la para melhor entender suas queixas e propor o tratamento mais efetivo

      Equipe SPNEURO

  36. Boa-noite!
    Estou na Índia atualmente e tenho 24 anos. Enquanto estava jogando bola, senti um desconforto e uma dor muito grande nas costas. Indo ao médico, ele pediu para eu fazer uma RM.
    O resultado foi:
    ? Lágrima focal Posterocentral anular L4-5 causando impacto leve no saco tecal. Sem compressão da raiz focal óbvia. Dedidratação da L4-L5.
    ? Nenhuma outra anormalidade óbvia detectado na coluna lombar por ressonância magnética.
    Pelo o que pude verificar no resultado, há uma protusão discal.
    Esotu fazendo Fisioterapia há 5 dias e tomando a medicação indicada. Mas não está dando resultado.
    Gostaria de saber se este quadro de protusão e desidratação é reversível ou terei que conviver com isto para o resto da vida e até com uma hérnia, que é o próximo passo depois da protusão.
    Grato,
    Alexandre

    • Em termos estatísticos você tem uma chance em torno de 95% de melhora com as medidas clínicas. Com as medicações e a fisioterapia, você deve melhorar estes sintomas. Em caso de persistência, temos outras modalidades de tratamento da dor minimamente invasivas que podem limitar seus sintomas.

      Equipe SPNEURO

  37. Boa noite, eu tenho dor lombar ja faz uns 4 anos, trabalho a 9 anos como motorista, sinto dor após muito tempo sentado e ao levantar peso, fazer flexão das costas, doi também a nadega e a coxa, e sinto minha perna direita fraca como se eu fizesse uma longa caminhada, e sensação de formigamento queimacao a noite, e depois que levei um tombo tudo piorou então fiz uma rm e o resultado foi o seguinte:

    Espondiloartrose incipiente no nível L 5- S 1
    Discopatia degenerativa no nível L5-S1
    Volumosa protrusao discal focal em situação postero-mediana no nível L5-S1 sem sinal formal de compreensão radicular
    Discreta redução bilateral dos forames de conjunção ao nível L5-S1.

    Poderia me explicar um pouco sobre o que eu tenho? E porque dói tanto que não consigo mais dirigir? Obrigado

    • Ola Rafael. Você apresenta pelos dados que me expõe, uma possível compressão de raíz nervosa a direita, devida a doença degenerativa da coluna lombar em segmento L5-S1 (entre a 5a vértebra lombar e a primeira sacral).
      Existem diversas modalidades de tratamento para este seu sintoma – procure um de nossos consultórios para melhora avaliação.

      Equipe SPNEURO

  38. Sinto muitas dores na coluna e nas pernas, quando tenho crises chego a dobrar a coluna e já tive até que tomar morfina para parar com a dor. Fiz uma tomografia e deu o seguinte resultado:
    _Minimo abaulamento discal difuso de L4/L5, que toca a face anterior do saco dural.
    _Protrusão discal difusa de L5/S1 com pequeno componente central/paramediano esquerdo, determinando discreta compressão sobre a face anterior do saco dural.
    _Hipertrofia facetária bilateral de L4/L5 e L5/S1.
    _Canal raquiano de dimensões habituais.
    Por favor me diga oque isso quer dizer,
    Obrigada

    • Olá Evelin

      Você está tendo sintomas relativos a degeneração da coluna lombar, que gera sintomas associados a compressão de raízes nervosas que vão para as pernas. A dor lombar também é decorrente desta degeneração.

      Aguardamos contato para que possamos traçar um plano de tratamento específico para suas queixas

      Equipe SPNEURO

  39. Olá, a uns 2 meses tive uma grave crise de dores na coluna, fiquei 2 semanas na cama sem poder nem me mexer direito, fui então ao ortopedista que me pediu uma tomografia da coluna lombar. Hoje peguei o resultado e deu uma protusão discal paramediana e foraminal é esquerda em l4-l5.
    Desde então minha vida não é mais a msma, sinto mtas dores nas costas e nas pernas, se estendendo até a sola do pé.
    Isso seria uma hérnia de disco? Tem tratamento pra isso?
    Desde ja mto obrigada!!!!

    • Olá Denise

      Pelo sintoma que você relata, você deve apresentar radiculopatia lombar (provoca dor tipo ciática) por doença degenerativa de coluna lombar. Seria um tipo de hérnia de disco.
      O tratamento existe e geralmente não necessitamos de tratamento com cirurgia.
      Marque uma consulta conosco

      Equipe SPNEURO

  40. De maneira simples o que significa sinais de processo degenerativo incipiente da coluna lombar com protusão discal L5-S1 sem evidencias de compressões radiculares?

    • Ola Silvania

      Este laudo que você transcreve nos diz que você possui um processo degenerativo da coluna lombar, mas que não atinge as raízes nervosas – Estas quando são acometidas, causam dor nas pernas, popularmente conhecida como ciática

  41. Boa noite, a 10 anos sinto dores fortes na coluna, já fiquei internada 3 vezes sem conseguir andar e não conseguia levantar um copo. 5 anos depois não tive mas nenhuma crise. A uns 6 mêses sinto dores na perna esquerda que segue até o pé, além de queimar muito, dormencia e formigamento, não consigo carregar mais a minha mochila de trabalho pois doi muito, fiquei uma semana sentindo que a urina estava saindo sem eu sentir mas, depois parou. Fui ao cirurgião na sexta-feira com a ressonância em mãos e o resultado foi: Sequências sagitais FAST-SPIN-ECHO poderadas em t1, t2 2 t2 com supressão de gordura.
    Sequencia axiais FAST-SPIN-ECHO ponderadas em t1 e t2 etc.
    Cone modular de morfologia, sem anomalias do sinal.
    Raizes da cauda equina de distribuição anatômica no interior do saco dural.
    Elementos dos sacos posteriores conservados.
    Articulaçoes interapofisárias de aspcto usual.
    Planos músculos-adiposos presevardos.

    Impressão:
    Ressonância sa coluna lombossacra evidenciando:
    Desitratação discal degenerativa nos niveis l4-l5 e notadamente l5-s1 (grau V de pfirrmann).
    hernia discal póstero-mediana em l5-s1, extrusa. comprimindo as raizes descendentes de s1 bilateralmente, notadamente à esquerda.
    Discreta protusão discal e minima fissura anular póstero-mediana em l4-l5, não compressiva.
    Então!? O cirurgião me pediu a cirurgia urgente mas, estou com muito medo. Sera que pode dar algum problema? Sera que é realmente necessario? Sera que eu posso me curar sema cirurgia? Sera que se eu não fizer mas tarde posso ficar com algum problema mais serio? Hoje mesmo com tanta dor eu posso andar e fazer o que eu quizer, e se eu fizer a cirurgia acho que vou ter que ficar sem caminhar ou nadar , trabalhar sei la, são tantas duvidas. ME AJUDE NA MINHA DECISÃO DE FAZER OU NÃO A CIRURGIA. Obrigada.

    • Olá VAnessa

      Pela riqueza da história da moléstia que você me conta, seu caso provavelmente é de tratamento com cirurgia.
      Quando existem alterações miccionais ou de ritmo intestinal, além de perda de força em pé ou perna, o melhor é o tratamento precoce da situação, pelo risco de sequela permanente. Se quiser ouvir uma segunda opinião com análise de seus exames, marque uma consulta conosco.

      Equipe SPNEURO

  42. OLA BOA TARDE,EU FIZ ESTA SEMANA UMA RM DA COLUNA LOMBO SACRA E APARECE O SEGUINTE.DISCIPATIA DEGENERATIVA L3-L4 E L4-L5 COM ABAULAMENTO DOS DISCOS,EXERCENDO COMPRESSÃO SOBRE O SACO DURAL E ESTENOSANDO OS FORAMENS RADICULARES. E TBM APARECE SINAIS DE INJURIA DOS LIGAMENTOS INTERSPINHOSOS EM L3-L4,L4-L5,L5-S1 POR POSSIVEL HIPERSOLICITAÇÃO MECÂNICA.MAS EM OUTRA RM QUE FIZ A DOIS ANOS APARECE A MESMA COISA MAS AGORA SINTO MAIS DOR QUE ANTES NENHUM REMÉDIO FAZ EFEITO,PORQUE ISTO ESTA ACONTECENDO.DESDE AGRADEÇO

    • Ola Amandio

      Pelo laudo de sua RM, você apresenta sinais de degeneração da coluna lombar, com possível compressão de raízes – estas causam dores nas pernas.
      Se você estiver sentindo piora das dores, é possível que tenha havido progressão da compressão. Para melhor entendimento, é fundamental que passe em uma consulta para que possamos indicar o melhor tratamento.
      Equipe SPNEURO

  43. olá tenho uma duvida fiz uma ressonância magnética da coluna lombra-sacra a conclusão foi,evidenciando:abaulamento difuso dos disco intervertebrais d11-d12 e l4-l5 o que isso quer dizer

    • Ola Marcia

      Você apresenta sinais de degeneração da coluna, tanto torácica quanto lombar.
      Se estiver sentindo dores, precisamos avaliá-la para que possamos indicar o melhor tratamento
      Equipe SPNEURO

  44. Fiz uma RM e o resultado foi Artropatia interapofisária degenerativa nos níveis L3,L4,L5,L5,SU. No nível L4,L5 alteração no corpo vertebral de L3 compatível com hemangioma.

  45. bom dia,no mês de março de 2011 fiz uma cirugia de ernea de disco L5 S1 e agora estou com dores que começão nas nadegas e corre ate os pés as mesmas dores que sentia antes da cirugia ,o medico me falou que pode ser fibrose ,eu queria saber se isso e provavel ,se tem tratamento sem ou é caso cirugico ,e quais os muscolos e nervos que podem ser afetado pois sintodores na nadega na coxa na parte de traz e na parte da frente ,sinto dores na pantorrilha e na parte lateral da canela,sinto dores no calcanhar e na sola do pe , e tambem no dedão do pe quando movimento,

    • André,

      Os sintomas que você apresenta podem ser decorrentes de fibrose. Em casos já submetidos a cirurgias prévias, precisamos nos basear bastante na clínica do paciente.
      A RM com contraste pode ser útil nestas avaliações.

  46. OLÁ , DESDE 2010 EM EXAME DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DA COLUNA LOMBO SACRA FOI EVIDENCIADO DIAGNOSTICO DE : * =>ESPONDILOARTROSE,
    => ESTENOSE DO CANAL RAQUIANO EM L3, L4 E L5
    => ESTENOSE DO FORAMEN DE CONJUGAÇÃO DE L4 – L5 E L5 E S1 BILATERAL
    => ESPESSAMENTO DOS LIGAMENTOS AMARELOS
    => HERNIA DISCAL POSTERIOR DIFUSA DE L4-L5, MAIS ACENTUADA À ESQUERDA
    => HERNIA DISCAL POSTERIOR DE L5 – S1, MAIS ACENTUADA A ESQUERDA
    => ATEROMATOSE AORTICA

    JÁ NO EXAME DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DA COLUNA CERVICAL APRESENTOU EVIDENCIA DE :
    => ESPONDILOARTROSE.
    => ESTENOSE DO CANAL RAQUIANOEM C4 -C5 E C5 – C6
    ESTENOSE DO FORAMEN DE CONJUGAÇÃO DE C4 – C5 E C5 -C6 BILATERAL E DE C5 – C6 A DIRETTA
    => HERNIA DISCAL POSTERO-CENTRAL DE C4- C5
    => HERNIA DISCAL POSTERO-LATERAL ESQUERDA DE C6-C7.

    EM EXAME DE TMC DO JOELHO ESQUERDOAPRESENTOU:
    => REDUÇÃO ARTICULAR FEMURO-PATELAR

    EM EXAME DE RX DOS JOELHOS ESQUERDO E DIRETO AMBOS APRESENTARAM DIAGNÓSTICO DE : => OSTEOARTROSES.
    ALÉM DESTES DIAGNÓSTICOS FIZ ELETROCARDIOGRAMA E FOI DIAGNÓSTICADO : ARITIMIA CARDIACA, TENHO PRESSÃO ALTA E FAÇO USO DE MEDICAÇÃO CONTINUA (LOSARTAMA E PROPANOLOL), PARA AS DORES TOMO MAS PERNAS E NOS BRAÇOS TOMO DIARIAMENTE UMA FORMULA COM: NIMESULIDA 100mg, TRAMADOL HCL 50mg, FAMOTIDINA 20mg e DIPIRONA SÓDICA 350mg, tomo 2 comprimidos por dia , MAS AS DORES NÃO PASSAM APENAS FICAM SUPORTAVEIS, NÃO HÁ UM SÓ DIA QUE EU FIQUE SEM SENTIR DORES NAS PERMAS, NOS BRAÇOS, NOS JOELHOS NOS PÉS, NOS OMBROS PERTO DO PESCOÇO E NAS COSTAS, TENHO DIFICULDADES PARA CAMINHAR, TENHO FORMIGAMENTO MAS MÃOS E PERDI UM POUCO DA FORÇA. GOSTARIA DE SABER SE HÁ ALGUM TRATAMENTO QUE REALMENTE ME CURE OU QUE PELO MENOS EU NÃO SINTA DOR, QUE EU POSSA DORMIR, ACORDAR SEM DOR. SEM MAIS AGRADEÇO.

    • Anisia

      Os sintomas que você apresenta são de diversas partes do corpo. Dificilmente conseguiremos tratar todas as dores em uma única oportunidade.
      Vejo também que você tem problemas de saúde outros também.
      Para o seu caso, penso que infiltrações ou outros métodos pouco invasivos possam melhorar os sintomas, antes de pensar em tratá-la com grandes cirurgias.

      Marque uma consulta para que possamos melhor avaliá-la.

  47. boa noite. fui diagnosticado com hernia de disco l4,l5 e l5s1, o neurocirurgião disse que tenho que fazer a cirurgia pois estou com o pé caido, não estou sentindo dor nenhuma mais tenho um serio comprometimento motor, estava conversando com a fisioterapeuta e ela disse que volta depois de uns 6 meses sem fazer cirurgia, ja o neuro disse que o pe pode volta ou não depois de un 3meses a 1 ano ou tb pode não volta mais mesmo depois da cirurgia. tenho muito medo de faazer a cirurgia e não resolver ou de não fazer a cirurgia e o estado piorar, oque faço?

    • Leandro,

      Se sua hérnia for grande o suficiente para justificar essa sua perda de força a cirurgia deve ser feita o quanto antes, pelo risco de perda definitiva da força do pé.
      Se houver necessidade de uma segunda opinião procure um de nossos consultórios – será um prazer avaliar o seu caso e sanar suas dúvidas.

  48. ola bom dia!
    a alguns meses venho sentindo dores na regia lombar .. a primeira crise foi realmente mto forte … mas as seguintes foram menos intensas… totalizando 3 cerca de 3 semanas entre uma e outra … as dores sempre comecam no final de semana (descanco) e a dor fica mais intensa quando fico muito tempo sentado e custama relaxar quando estou em pe ou deitado e nao descem para os membros inferiores… durante a semana sinto uma dor mto leve no final do dia na verdade nao chega a ser dor … sinto a regiao tensa .. procurando um medico fiz uma ressonancia e tive como resultado : protusao discal postero mediana l5-s1 impressionando gordura epidural e tocando as raizes nervosas nos recessos laterais e desidratacao do anel discal l5-s1 … assim que comecaram as dores parei com a academia e a unica coisa que tenho feito sao caminhadas … minha ultima crise assim que comecei a sentir os primeiros sintomas … parei tudo e fui descancar … mas a dor era mto menos intensa que a primeira … oque pode ser tudo isso ?? nao vejo a hora de estar saudavel e voltar a minha rotina … obrigado

    • Ola Davi
      Suas dores podem ter componentes associados a esta protrusão discal, mas outras estruturas da coluna podem estar sendo responsáveis por essas dores. Geralmente o tratamento baseia-se em medicações e fisioterapia, mas podemos utilizar infiltrações ou outras estratégias para melhora do quadro de dor mais rapidamente.

      Equipe SPNEURO

  49. queridos…

    Em fevereiro fiz uma cirurgia na coluna por motivo de uma hernia na L5S1, em junho comecei a sentir de uma forma mais intensa todos os sintomas anteriores da cirurgia, fiz nova ressonancia.
    Laudo: Discopatia degenerativa l5s1, caracterizado por desitrataçao e reducao da altura. sinais de fissura do anulo posterior em l5s1. Abaulamento discal posterior difuso l5s1, determinando impressao sobre a face ventral do saco dural adjacente.

    sera que vou ter que fazer outra cirurgia, o que o medico fez em fevereiro nao sirviu de nada? ai meu deus…to com tanto abuso do medico, que nem voltei la, so sofrendo em casa. alguma resposta por favor.

    obrigada

    • Ola Emanuele

      Não é comum termos piora da dor após a cirurgia. Seria interessante conversar com seu cirurgião novamente para esclarecimento de suas dúvidas. Sobre o laudo da RM pouco podemos falar. Precisamos na verdade fazer uma comparação entre o exame pré e pós cirúrgia.
      Se quiser uma segunda opinião estaremos a disposição em um de nossos consultórios.

  50. Olá bom dia, primeiramente obrigada pela resposta anterior.
    Fui ao meu médico ortopedista que afirmou ser hérnia de disco, o problema é que ele me receitou apenas remédio contra dores, mas não tive resultado algum com os remédios.
    E agora tem certos momentos em que nem sinto minhas pernas!!!
    Além das dores na coluna, sinto as pernas queimando e formigando demais e em certos momentos estou parada e é como se elas parassem de funcionar, chegando até a cair ja 3 vezes porr conta disso.
    Não seria o caso de uma cirurgia por exemplo?
    Quais os riscos de uma cirurgia na coluna?
    Obrigada novamente!!!

  51. Olá Denise

    Precisamos avaliar se essas dores e perda de força nas pernas são decorrentes da hérnia. Se a responsável por esses sintomas for a hérnia, a cirurgia deve ser considerada sim. Os riscos de uma cirurgia na coluna dependem da idade e das comorbidades do paciente. Incluem também riscos de lesão nervosa e infecções. Felizmente com adequada avaliação pré operatória, com as técnicas anestésicas e cirúrgicas atuais, a taxa de sucesso é muito grande, quando há uma indicação adequada da cirurgia.

    • Olá Vinicius.

      Trata-se de um processo degenerativo da coluna cervical. Os primeiros sinais de degeneração da coluna iniciam-se na adolescência. Fatores como tabagismo, sedentarismo, doenças reumatológicas entre outros contribuem para acelerar este processo de artrose.

      • Bom dia!!!

        Fiz uma RM em 11/09/2012 e foi constatado o relato abaixo:

        Herniação discal posterior centro lateral direita L5-S1, que oblitera a gordura epidural anterior, determinando moderada compressão sobre a face ventral do saco dura. Nota-se migraçao caudal de 1,2cm pelo recesso anterior direito, com compressão da raiz nervosa direita S1.

        No começo a dor era bem mais intensa só ficava deitado, hoje ainda sinto o formigamento e sinto mtas dores na panturrilha e nas nádegas. Inicei no dia 21/10/2012 sessões de RPG e Hidroterapia, será que vou ficar melhor só com o tratamento? Quando devo procurar uma cirurgia caso o tratamento não resolva o meu caso??

        Obrigado por aceitar meu comentário…

        • Pode haver melhora dos seus sintomas com o tratamento medicamentoso e as sessões de fisioterapia. Na verdade, cerca de 95% dos casos melhoram com tratamento conservador.
          Em caso de persistência dos sintomas por período maior que 6 semanas, podemos considerar o tratamento cirurgico.

  52. recebi o resultado da ressonancia magnetica e estou preocupada com o q li, poderiam me explicar melhor, vou descrever o resultado:
    osteofitose marginal nos corpos vertebrais L3\L4
    ÁREAS FOCAIS COM HIPERSINAL EM T1 E T2 DISPERSAS NOS CORPOS VERTEBRAIS L1 EL2, que podem corresponder a hemangiomas osseos ou deposiçao gordurosa focal,
    alteraçao de sinal comprometendo a medular junto aos platôs vertebrais L5 e S1, caracterizada por hipossinal em T1 hipersinal em T2 compativel com alteraçao defenerativa Modic tipo 1,
    Sinais de artrose interapofisária e L4-L5 e L5-S1,
    Redução do sinal dos discos intervertebrais L4-L5 e L5-S1 nas sequencias ponderadas em T2, indicando disidrataçao discal,
    Protrusão póstero -central do disco intervetebral L4-L5
    que oblitera a gordura epidural anterior, determinando leve compressão sobre a face ventral do saco dura.
    Canal vertebral e forames intervertebrais com amplitude preservada nos segmentos avaliados.

    GOSTARIA Q ME ESCLARESSEM MELHOR O Q VEM A SER ESSE PROBLEMA, QUAIS AS CONSEQUENCIAS Q POSSO TER DEVIDO A ISSO E SE HA CIRURGIA OU TRAMENTO PARA MELHORA.
    SE DE FATO A CIRURGIA VAI AJUDAR OU PODE ME CAUSAR MAIS COMPLICAÇOES, ALEM DAS DORES HORRIVEIS Q TENHO CONSTANTEMENTE.

    • Boa tarde Nivea.
      Você descreve a ressonância – Nela aparecem diversas alterações degenerativas da coluna – Modic, osteofitose, redução de sinal, protrusão. O exame nos auxilia na proposta de tratamento, mas o que mais vale realmente é a análise de suas queixas e o exame físico geral. Como já relatado no início, as dores que “descem” para a perna ou ambas, costumam ter melhor resposta ao tratamento com cirurgia.
      Precisamos de mais detalhes clínicos para dizer se o tratamento correto é cirúrgico ou clínico.

    • Existem atividades específicas para tentar frear o processo de desidratação do disco. Antigamente foi utilizada a tração para tentar reidratar e melhorar a altura dos discos, mas a melhora não é constante, e hoje em dia não costumamos indicá-la.

  53. Olá ! eu tenho dores nas costa na região abaixo da cintura ,consultei com clinico geral e ele me pediu tomografia ,fis e no exame esta escrito assim :
    {Corpos vertebrais alinhados com alturas preservadas }
    {Protrusão discal difusa de L3 /L4 ,com componentes foraminais bilaterais , determinando compressão sobre a face anterior do saco dural . }
    { Protrusão discal difusa de L4/L 5 ,com componentes foraminais bilaterais ,determinando compressão sobre a face anterior do saco dural .}
    {Abaulamento discal difuso de L5 /S1,determinando discreta compressão sobre a face anterior do saco dural . }
    {Hipertrofia facetária bilateral de L4 /L5 e L5 /S1 . }
    { Canal raquiano de dimensões habituais }
    Obrigada dez de já , pela resposta .

    • Ola Marcio
      Você apresenta dor lombar baixa e alterações degenerativas em coluna. Em casos de dores associadas a alterações degenerativas das articulações facetárias da coluna, podemos fazer procedimentos pouco invasivos para tto destas dores, tendo como alvo a inervação que gera a dor na coluna.

  54. Olá . Doutor. Muito boa noite. Eu fui diagnosticado por ressonancia magnetica como: Protusao discal em l4-l5, mais evidente em situação póstero-mediana, onde observa-se rotura do anel fibroso , determinando identação no face ventral do saco dural. Protusão discal focal póstero – mediana de base larga em L5-S1 , determinando compressão sobre a face ventral do saco dural e sobre as emergencias das raízes nervosas de S1. Cone medular de aspecto anatômico. Estou fazendo fisioterapia e estou na terceira sessão. Porém nao sinto dores na coluna nem no gluteo que ocorreu quando me lesionei. Só estou sentido dores na parte de tras da perna se ficar muito tempo sentado e depois que eu levanto ou se eu andar uns 100 metros . somente na perna direita . tive a lesao em 27/08/2012, qual seria o melhor tratamento depois da fisioterapia? vc indica cirurgia ou nao é caso de cirurgia? Ja tomei uma diprospan q aliviou a dor temporariamente, q esta sendo aliviada também pela fisioterapia.

    • Ola Luciano

      Quando temos quadros de dores que melhoram ou tornam-se aceitáveis com medicação, optamos pela manutenção do tratamento conservador. Em casos de perda de força, alteração da função de micção, evacuação, temos necessidade de tratamento cirúrgico de urgência. Como sua queixa localiza-se muito apenas na perna direita, é possível que se beneficie com uma cirurgia que descomprima a raíz nervosa que está gerando esta dor.

  55. Olá, sou engenheiro, trabalho sem esforços absurdos que afetem minha coluna vertebral, pratico esportes (beach tennis, correr, musculação…), tenho uma alimentação muito saudável, enfim… faço tudo o que leve a não apresentar algum problema na coluna. Há uns 20 dias comecei a sentir dores atrás do pescoço, que irradiavam por baixo da escápula descendo por baixo do cotovelo e antebraço. Um queimor enorme na parte inferior do antebraço e agora estou com dormência na ponta do dedo anelar e levemente no dedo médio. CONCLUSÃO DA RESSONÂNCIA: 1) Discopatia degenerativa incipiente caracterizada por desidratação e diminutas protusões discais posteriores em C5-C6 e C6-C7. 2) Hérnia discal extrusa, posterior e paramediana direita em C7-T1.
    Estou abalado pois nunca tive problema de saúde, meu médico especialista disse que tenho 10% de chances de ter cirurgia. Iniciei um tratamento com “BEUM 300mg” , “ETNA”, “DEFLAZACORTE 6mg”. Estou ainda na dúvida quanto a gravidade do meu caso. Nos casos que já tiveram parecidos com o meu, terminou tudo ok? Apenas o tratamento com medicação resolve na maioria dos casos? Caso tenha que fazer cirurgia, é bem tranquilo ou tenho grande possibilidade sofrer algum trauma grave por ser na cervical? Por favor… agradeço o esclarecimento de minhas dúvidas para me deixar um pouco mais tranquilo. Grato pela atenção. Eduardo.

    • OLa Eduardo

      Pelo que relata vejo que você é uma pessoa muito preocupada com sua saúde. As queixas que você apresenta nos dedos provavelmente decorrem da compressão de raízes nervosas na região cervical. A ressonância está em concordância com os sintomas que você apresenta.
      Infelizmente, existe um componente inerente de cada individuo que se chama genética. Apesar de você ser uma pessoa de bons hábitos, houve desenvolvimento de hérnia cervical.
      Felizmente estes quadros podem sim ser estabilizados com tratamento medicamentoso, e posso dizer com grande segurança que o resultado do tratamento cirúrgico (se necessário) da doença degenerativa de coluna cervical é muito bom, e a recuperação tende a ser muito rápida. A cirurgia hoje, com utilização de microscópio cirúrgico e monitorização neurofisiológica intraoperatória é muito segura.

  56. Olá, qual é o tratamento ou procedimento que devo procurar doutor,relembrando, foi diagnosticado compressão sobre a face anterior do saco dural em meu exame de tomografia da coluna.
    Obrigado.

  57. Doutor, depois de sucessivas crises com dores no “ciático” realizei exames de imagaem (RM e TC) tive o seguinte diagnóstico: discopatia degenerativa com hérnia discal paramediana direita em L5-S1
    Tenho 27 anos, qual o tratamento mais indicado? que tipos de exercícios posso praticar para não agravar o quadro?
    Obrigado

    • Jaberson.
      As hérnias de disco são tratadas com medicações e fisioterapia na maioria dos casos. Os exercícios com força axial sobre a coluna, agachamentos, exercícios com peso na posição sentada e com movimentos torcionais devem ser evitados. Atividades na água são os mais indicados para você.

  58. 35 anos
    A 1 ano tenho muita dor na região lombar sacral, já tomei remédio fiz fisioterapia e RPG, mas não melhorou.
    O resultado da ressonância foi Discreta espondilopatia degenerativa lombar inferior.
    Desidratação/degeneração e discreto abaulamento póstero central do disco intervertebral l5 – s1.
    Qual seria o tratamento mais indicado para melhorar minha dor e minha qualidade de vida.
    obrigada.

    • Ola Andressa,
      Se a dor localiza-se somente na região lombar e sacral, sem irradiação para as pernas, podemos utilizar métodos de infiltração (de articulações facetárias, epidurais) ou utilizar a radiofrequencia, que permite o tratamento da dor de maneira pouco invasiva – sem cortes ou internação prolongada – a alta é dada no mesmo dia do procedimento.

  59. Boa noite. Rx Coluna Lombo-Sacra – 3 incidencias
    Espondiloartrose observando-se pequenos osteófitos nos rebordos dos corpos vertebrais lombares.
    Acentuação da lordose fisiológica.
    Espaços de disco preservados.
    Esclerose articular interapofisária de L4 a S1.
    Perguntaria: Qual o tratamento indicado e quem sabe uma infiltração, pois tenho dores contínuas na perna esquerda partindo da região lombar, passando pela virilha e acabando no joelho. Tenho dificuldades para caminhar.
    Obrigado, caso tenha alguma informação.

    • Olá Oscar
      Teremos que fazer outros exames para melhor avaliação. O trajeto da dor também não é tão usual. Sugeriria realização de ressonância magnética.

  60. Boa noite, a quase 3 semanas venho sofrendo com dores fortes iguais contrações, começou do nada estava sentada no sofá e derrepente travei e deu dores terríveis seguidas de vontade de vomitar, defecar e soltar gases, fui até um pronto socorro e desde então vou p/ o pronto socorro e volto pra casa onde os médicos estão medicando como crise renal tomo soros com buscopan e em casa permaneço tomando Buscopan via oral, mas tive crises renais no rim direito e dessa vez é do lado esquerdo e das vezes que eu tive crise de rim eu não conseguia urinar e quando tentava a dor era insuportável e dessa vez não tenho essas dores na região genital mas as dores nas costas e trava a perna são iguais quando tive crise renal fiz alguns exames de urina, creatinina e hemograma onde deram normais mas fiz um raio x da Coluna Lombo-Sacra onde como laudo deu Escoliose lombar destro-convexa, Corpos Vertebrais anatômicos, Redução dos espaços intervertebrais L3-L4, L4-L5 e L5-S1, Pedículos, lâminas e apófises íntegros..Gostaria de mais esclarecimentos sobre esse exame e se tem tratamento e qual, e se é possível tantas dores iguais contrações se tratando de coluna? Grata Jaqueline Guarapuava/PR

    • Olá jaqueline.
      A escoliose precisa ser quantificada em graus para termos noção de quanto é a curvatura. Escolioses de baixo grau não precisam ser tratadas em pessoas adultas, a não ser que hajam outros sintomas associados. Sugeriria complementação dos exames com ressonância magnética.

  61. bom dia já fiz 3 cirurgias na lombar l4 l5 as ultimas foram feitas pelo dr luis pimenta sem sucesso já fazem 8 anos mas ninguem quer mecher nestas cirurgias feita por ele na mais recente ressonancia deu laudo espondilose l4 l5 espondiloartrose lombar e pequeno componente osteofitário centro lateral tocando saco dural já fiz a um mes infiltrção quimica fiz mais treis vezes bloqueio e a 4 dias fiz peridural sem melhora por favor podem me ajudar tem um parafuso tocando no nervo mas meu medico disse que e muito ariscado mecher nesta cirurgia me ajudem

    • Olá Roberto.

      Realmente quadros de reoperação são bem mais complexos, pois envolvem tecido cicatricial e fibrose.
      Quanto a dor, existe necessidade de avaliação criteriosa dos exames – se realmente houver uma causa identificável para dor, tentaríamos correr atrás desta causa.

  62. querida gostaria de saber,por que minha mae fez uma RESSONANCIA MAGNETICA APRESENTANDO DESITRATAÇAO DISCAL L5S1 COM ESTABILIDADE SEGMENTAR A MODIC 1 EDEMA DE PLATEAU VERTEBRAL GOSTARIA DE SABER SE EXISTE TRATAMENTO? E COMO FAZE-LO

    • Kassia,
      Como já relatamos anteriormente, os exames de imagem por si só não querem dizer doença. Em pessoas com mais de 60 anos, 100% dos exames vão demonstrar alguma alteração degenerativa da coluna. O tratamento deve ser instituído após uma criteriosa avaliação, identificando-se uma correlação entre os sintomas apresentados e os exames de imagem.

  63. Boa noite !

    Tenho hernia de disco à alguns anos, e 7meses atras fiz uma cirugia
    só que depois continuei a sentir muitas dores, fiz uma ressonância que
    acusou outra hernia, agora o meu medico pediu pra fazer outra cirugia,
    pode acontecer 7 meses depois surgir uma nova hernia

    • Kleber,
      Esta situação que você relata não é a regra. Em que local você sente as dores? Nas pernas? Na coluna? Marque uma consulta conosco para que possamos orientarmos da melhor forma possível.

  64. Fiz um ressonância magnética da coluna lombar e deu o seguinte relatório. Quer dizer que tenho hérnia?
    *Corpos vertebrais alinhados, com morfologia e características de sinal normais.
    *Disco intervertebral de L1-L2 com leve redução da altura e do sinal, devido à degeneração discal.
    *Nódulo de Schmorl nos platôs vertebrais inferior de L1 e superior de L2.
    *Demais discos intervertebrais com altura e sinal normais.
    *Protusão focal mediana de base larga em L1-L2, contactando com o saco dural.
    *Pedículos e lâminas com aspecto preservado.
    *Articulações interapofisiárias sem alterações detectáveis pelo método.
    *Canal vertebral e forames neurais com dimensões preservadas.
    *Cone medular com topografia, morfologia e características de sinal normais.

    IMPRESSÃO DIAGNÓSTICA

    -Degeneração discal com protrusão póstero-mediana de base larga em L1-L2.

    Eu trabalho diariamente de moto, isso pode prejudicar? É grave? Tem como curar?

    • Olá danilo.
      Sua dúvida é muito comum.
      Hérnia de disco é um termo que difundiu-se pela comunidade, associado a quadros de dores lombares.
      Acontece que as causas de dores lombares são muitas, passando pelo sistema de vias urinárias, abdominais, reumatológicas, da coluna, do quadril etc.
      Da mesma maneira que protrusões discais, como mencionado, são extremamente comuns de serem observadas em exames de RM.
      Realmente torna-se imperativo uma avaliação individualizada de cada caso para que possamos identificar e tratar a doença.
      Em casos de dores oriundas da coluna e do disco intervertebral, o uso de motos pode sim agravar os sintomas

  65. Doutor boa tarde trabalhei numa empresa fiz cirugia hernia de hiato aberta cidk210 e valtei a trabalhar com 45 dias pra pegar peso fiquei com muita dor nas costa depois me na linha de produçao muita dor lombar fiz raiox nao deu nada fiz fisoterapia 10 me dispesaram da empreza o médico da empresa falou era sedentaria fiz ressonancia deu alteraçao degerativa l4 e l5 isso foi em 2009 fiz raiox coluna da escoliose deu distençao gasosa nas alças intestinais fiz cirugia de novo aderencia e bridas e peritonio cirugia aberta devolta me trato no hospital das clinicas e ortopedista me pedi tomografia radiculopatia por está com dor na lombar e na perna esquerda ainda nao tenho resultado da tomografia gostaria de saber se é do serviço pois coloquei na justiça. Obrigada

    • Rosana, difícil avaliar apenas com estes dados. Precisaríamos analisar com cuidado todos exames e circunstâncias dos problemas que você relatou

  66. Fiz uma Tomografia e o resultado deu, Sinais de espondilodiscoartrose
    , e Complexo disco osteofitário posterior difuso de L5 – S1 você podeiria me ajudar

  67. Dr esqueci de te falar que a minha perna direita esta inchada na coxa e do lado esta secando para dentro tenho muita dor ja a mas de 3 anos comecei a sentir dor muito forte até de não consegui espirar e muito ruim qual sera o tratasamento para mim.

    • Se os sintomas da perna estiverem ocorrendo por causa de seu problema L5-S1, é possível que seja uma doença de tratamento cirúrgico. Precisamos fazer uma melhor avaliação dos sintomas e exames.

  68. Estou com suspeita de hernia de disco lombar,minha perna esquerda esta durmente,e não tenho força na perna não consigo nem ficar em pé,quero saber se tem cura e se ainda vou andar?

    • Sidclay,

      Marque uma consulta conosco para tirar suas dúvidas e para que possamos pedir os exames adequados na investigação.

  69. Ola,bem meu esposo fez um exame que deu Espondilose lombar inicial com diminutos nodulos de schmorl cronicos. discreto abaulamento discal posterior difuso em L5-S1 ocasionando impressao na face ventral do saco dural , Desidratacao do disco intervetebral em L5-S1, o medico dele sempre passa fisioterapia que nao esta dando resultados e remedios tambem ele se quixa de dor 24 horas o que devo fazer? E caso de cirurgia estou deseperada! me ajude!

    • Marque uma consulta conosco para que possamos avalia-lo melhor. Existem tratamentos que não envolvem cirurgia mas proporcionam alívio das dores.

  70. discopasia degenerativa lombar, hernia de disco postero-lateral/reducao da amplitude do canal raquiano em l2-l3, estou com 77 an
    os o medico recomendou cirugia o que me aconselham

    • A resposta depende dos seus sintomas Rogério. Caso esteja sentindo muitas dores e outros métodos de tratamento não tenham dado resultados satisfatórios, a cirurgia pode ser uma opção.

  71. oi fiz cirurgia de ernia de disco l4l5 a 2 anos e agora travo do nada a dor é demais sei exatamente a posisãqo que travo mais as vezes muda oque pode ser,

    • Precisamos de novos exames para tirar a conclusão do que está havendo Bruno. Marque uma consulta para que possamos orientá-lo da melhor forma.

  72. Boa noite,tenho 29 anos e há uma semana senti uma dor horrivel na coluna na parte da lombar,em seguida perdi coordenação do corpo,meus braços ,pernas e cabeça começaram a dar tremeliques,fiz uma RM e queria que me ajuda-se o que quer dizer.
    REDUÇÃO DA ALTURA E DO SINAL DO DISCO L5-S1 COMPATÍVEL COM DESIDRATAÇÃO PARCIAL DO MESMO

    PROTUSÃO PÓSTERO-CENTRAL DO DISCO L5-S1,NÃO COMPROMETENDO O SUCO TECAL

    POR FAVOR,será que não poderei mais jogar futebol?
    estou muito preocupado ,pois é a uníca atividade que gosto e consigo fazer,obrigado

    • Fernando

      Os sintomas apresentados possivelmente não tem relação com os achados de seu exame.
      Marque uma consulta conosco para que possamos esclarecer melhor suas dúvidas

  73. Boa noite!
    Tenho 38 anos, e tenho 92kg. Há aproximadamente 1 mês atrás comecei a sentir fortes dores em torno do abdômen. Procurei um gastro e ele me disse que poderia ser hérnia de disco na coluna lombar. Solicitou a tomografia e receitou 9 injeções de dexacetaneurim. Já tomei 7 delas e a dor no abdômen permanece e está piorando, pois não consigo mais dirigir e agora estou sentindo como se estivesse enfiando agulhas na minha coluna e como se estivessem repuxando os músculos. Fiz a tomografia e deu que tenho artrose iterapofisária em L5-s1 bilateral, com presença de gás no espaço articular interapofisário esquerdo e abaulamento discal difuso em L4-L5 tocando a face ventral do saco dural. Como ter gás na coluna? Por que essas injeções não estão melhorando? Me respondam por favor…

    • Ola Jackeliana

      Por processos de difusão, existem situações nas quais existe degeneração com aprisionamento gasoso dentro dos discos intervertebrais – tal acontecimento não é tão raro.
      Se as injeções não estão surtindo efeito, temos que verificar se o diagnóstico está correto e se não existe alguma medicação melhor para suas dores.

  74. Boa tarde!!!
    Fiz uma cirurgia na coluna lombar a 3 meses atras,e de uns 20 dias para cá,começei a sentir dores horriveis,que não estava sentindo mais,dificultando até minha lovomoção,não consigo me virar,tomar banho e andar sem sentir dor,fui ao médico que me operou e ele me deu uma injeção de diprospan com uam outra que não lembro o nome,e me passou ressonancia e exames de sangue,até 2 dias apois ter tomado a injeção fiquei bem,mas hoje já estou com as dores novamente.Peguei o resultado da ressonância hoje é o resultado foi:
    Artrose metálico transpedicular de L4 à S1,gerando artefatos.Alterações pós cirúrgicas nos planos musculo-gordurosos em correspondência.
    Cospos vertebrais com alturas preservadas e alinhamentos posterior mantido.
    Redução da intensidade de sinal dos discos intervertebrais em L4-L5 e L5-S1,por degeneração,melhor evidenciada na sequência sagital ponderada em T2.
    Abaulamento difuso dos discos de L4-L5 e L4-S1,endentando a face ventral do saco dural e reduzindo a amplitude dos farames neurais correspondentes.
    articulações interapofisárias sem alterações apreciáveis.
    Canal raqueano de amplitude normal
    Espaço liquórico bem definido no efeito mielográfico em T2
    Cone medular tópico,com morfologia e caracteristicas de sinal normais.
    Os niveis dos corpos vertebrais assinalados no exame devem ser correlacionados com a radiografia convencional da coluna.

    Estou muito aflita com essas dores que não passam,mesmo com a quantidade de remédios que estou tomando,será que vc poderia me ajudar ,me informando o que esta na ressonância.

    Att.:Monique Neves.

    • Monique

      Esta sua ressonância em princípio não acusou nenhuma alteração maior. Casos pós-operatórios são mais complexos e precisam ser analisados com maior atenção para ver se podemos identificar a causa das dores.

  75. Olá!Estou com uma dor lombar crônica. Fazendo ressonância magnética apareceu no laudo o seguinte: conclusão: discopatia degenerativa(desitratação) de L2-3 a L5-S1, com fissura no ânulo fibroso postero central. Pequenas protusões discais, póstero central de L-2-3 a L5-S1 com especial interesse em L5-S1, onde mais proeminente e toca o manguito redicular S1 esquerdo, sem compressão. Pequeno derrame articular intercetário L3-L4 Sinovite. Pequena interespinhosa no nível L3-L4, inferindo bursite. Retificação da lordose fisiológica com tendência a inversão em decúplo dorsal. O médico me falou que é só falta de postura e um desgaste natural mas não me convenceu, é só isso mesmo? Vcs podem me ajudar? Obrigada!

    • Kátia

      Você possui sinais de degeneração da coluna, que realmente é um processo natural. Mas a dor não é. Se você está bem medicada, mesmo assim sente dores, podemos ajudar com infiltrações ou outros procedimentos para tratamento de dor, minimamente invasivos. Aguardamos sua visita em um de nossos consultorios

  76. Boa tarde … fui diagnosticada com protusao discal e desidratação l5 s1,meu médico pediu para iniciar o rpg(ainda nao iniciei)volta e meia sinto dores nas pernas alternando d e e. No auge da cise o que remédio posso tomar?? É caso de cirurgia?? Desde já agradeço.

    • Olá Gracielle,
      Geralmente não indicamos cirurgia a não ser que o tratamento com medicação e fisioterapia sejam infrutíferos. Costumamos utilizar medicações antinflamatórias e analgésicas para o tratamento das dores.
      Agende uma consulta conosco para que possamos orientá-la melhor.

  77. Boa tarde.
    Tenho sentido,dores e formigamento nos membros inferiores e superiores.
    No braço esquerdo uma diminuição da força e algo mais.
    Meu laudo do raio x de as seguintes anomalias.
    Cervical: Retificação da lordose cervical e redução do espaço discal c5 -c6

    Lombossacra:
    Retificação da lordose lombar com osteófitos marginais anteriores.
    redução do espaço discal em l4 – l5

    Estas patologias pode ser as causas destes sintomas ? ou seja isso quer dizer que tenho hérnia de disco?

    Aguardo ansioso por resposta.

    Att Carlos Silva

    • Olá Carlos

      Existe uma grande possibilidade de haver relação entre os problemas na coluna e as queixas em membros apresentadas por você.
      Quando falamos em “hérnia”, acabamos colocando um rótulo que não se adequa a maioria dos casos. Protrusão, abaulamento, extrusão, hérnia, são termos que definem uma doença denominada doença degenerativa do disco intervertebral, em diferentes estágios. A análise individualizada dos exames de imagem e dos sintomas é mais importante do que apenas o rótulo “hérnia de disco”.

  78. Ola, boa tarde!
    Fui diagnostica com um abaulamento discal em L4-L5, porem a ressonancia mostra um pequeno abaulamento, nucleo hidratado, porem sinto mtas dores na lombar, mais localizado na lateral esquerda como se fosse um “nó”. Já travei duas vezes quando estava em crise, senti um choque ao fletir a coluna para frente. Sinto tb um leve formigamento na perna esquerda. Fiz um bloqueio a 3 diasd atras.. mais me parece q os sintomas estao voltando. Meu medico afirma que o abaulamento nao justifica essa dor. tenho isso a 5 meses, comecei agora um tratamento conservador com fisioterapia, antes tentei com o ´pilates, mais sem sucesso, por voltava a ter crises constantes.
    o local aonde foi dado a anestesia(peridural) para fazer o bloqueio esta bem dolorido.

    o fisio analisou e percebeu q a minha musc abdm, glutea esta mto fraca, pois era corredora, e nao fazia nenhum fortalecimento muscular. E tenho tb uma hiperlordose acentuada..

    me ajude… tenho apenas 27 anos, obrigada!

    • Olá Ionice

      Existem diversos métodos para tratamento das dores, entre eles as infiltrações.
      Existem exames dinâmicos, que podem evidenciar uma doença não identificada em exames estático – você deve ter feito o exame de RM deitada, não? E nesta posição algumas alterações podem permanecer ocultas.
      Marque uma consulta conosco para que possamos avaliar melhor suas dores

  79. Olá, tudo bom? História: No início de 2011, comecei a treinar(natação e musculação). Ao final do ano, comecei a senti algumas fisgadas nas pernas que abava caminhando de maneira manca, mas no dia seguinte nao sentia nada. Agora em 2012, ora sem dor, retornei a treinar, após um mes, retornou as dores mas de forma mais forte que acabei travando na cama. Aí, procurei um médico que ora indicou para fazer a ressonância magnética. Constataram duas hernias de disco extrusas, localizado entre as duas vertebras finais. Eu não sinto dor insuportável, mas apenas cansaso na região lesionada, a dor so inradia na lombar quando faço alongamento. Gostaria de saber se tem a necessidade de fazer a cirurgia? Apenas para aliviar este cansaço. Hernia extrusa, a tecnica minimamente invasiva é boa?

    • Olá Julio.

      Para hérnias extrusas, geralmente temos que observar os sinais e sintomas apresentados pelo paciente. Mais uma vez frisamos que o mais importante para avaliação de doenças da coluna são os sintomas.
      A cirurgia minimamente invasiva é boa para hérnias extrusas, precisamos avaliar em particular seu caso para ver se é o melhor método a ser aplicado.

  80. OLÁ DOUTORES.
    Sou militar do exército Brasileiro e a tempos vinha sentindo dores que nunca passavam, formigamentos e dormência nas duas pernas, queimação na região lombar…..Isso vinha comprometendo a execução de minhas atividades militares diárias.
    Fui ao especialista e ele indicou uma ressonância magnética da coluna lombossacra. Fiz o exames e o laudo foi o seguinte:
    -Discreto hipossinal do disco intervertrebal L5/S1 nas sequencias ponderadas em T2, inferindo desidratação /processo degenerativo.
    - Abaulamento discal difuso em L5/S1, obliterando a gordura epidural anterior neste topografia, sem evidência de efeito compressivo significativo sobre o sacro dural.
    - Conclusão: Sinais de desidratação comprometendo o disco intervertebral L5/S1 que exibe discreto abaulamento posterior, sem evidência de efeito compressivo significativo so bre o sacro dural.
    - Lombociatalgia crônica.
    O especialista me recomendou que não carregasse mais carga nas costas tais como : mochila, equipamentos, etc. Nem deveria fazer atividades de impacto como correr, saltar, etc. Orientou que procurasse atividades aquáticas e nada de impactos. Passou 10 sessões de fisioterapia. Explicou que isso seria uma hérnia de disco no estágio inicial e que eu procurasse não acelerar sua evolução. Fiz as sessões e não melhorei em nada. Vivo 24hrs com dor nas costas e dormência nas pernas.
    Que esse proble está me causando limitações, isso já sinto. Gostaria de saber se esse problema é hérnia de disco. Se realmente essas proibições médicas quantos a impactos, cargas elas procedem. Onde isso vai dar?
    Por favor. Gostaria que algum especialista me explicasse mais detalhes a cerca desse meu problema.

    • Marques

      O abaulamento ou protrusão discal ou hérnia são estágios diferentes de uma mesma doença – Doença degenerativa do disco intervertebral. Realmente limitando a carga sobre a coluna traz um efeito de melhora das dores, mas se não está sendo efetivo, precisamos buscar outros métodos para melhora da dor. Se as pernas estão dormentes, pode ser que haja compressão das raízes nervosas das pernas. O tratamento cirúrgico apresenta melhor resultado nas dores das pernas, e menos nas dores das costas.

    • Fernanda,
      Espondilose significa alteração degenerativa, “desgaste” da coluna. Hemangioma são lesões vasculares bastante comuns em vértebras, em raros casos precisam ser tratados, assim como depósito focal de gordura

  81. Gostaria de saber o que significa a conclusão do exame, fiz uma tumografia da coluna sacra e eles deram a seguinte conclusão: sinais incipiente de processo degenerativo difuso.

    • Nilma
      A conclusão do exame foi muito vaga.
      Precisamos avaliar as imagens do exame para tecer qualquer tipo de comentário mais preciso.

  82. Foi me diagonosticada uma Hernia discal extrusa na L4L5, tive uma crise de 6 meses. fiu á consulta de ortopedia e o medico me receitou muita medicação e fisioterapia. Decidi tomar a medicação receitada e usar diariamente uma cinta lombar das boas, mesmo propria para estabilização lombar. fiquei um pouco melhor de imediato, no entano sentia dores na ciática sempre. Logo a seguir inscrevi-me num ginasio e diariamente só faço PILATES, CORRECÇÃO POSTURAL, MUITOS ABDOMINAIS para reforçar a zona core (barriga e costas). Devo dizer a todos que agora não sinto quase dores nenhumas, minha coluna tem um bom apoio por via dos musculos que temos para suporta-la. Tento diáriamente não levantar pesos e ter sempre uma boa postura.
    Acreditem que a solução não passa pela medicação e só fisioterapia, lembrem-se que o que suporta a nossa coluna são todos os musculos á volta dela (zona core), porque se não, a mesma acaba por ser uma “flor murcha” .

  83. bom dia, poderia me ajudar pois fiz um TAC e o resultado foi este diagnostico.
    Está mantida a curvatura lordotica notando-se ligeira deformação escoliotica sinistro-convexa.
    Em L5-S1 protrusão discal postero-lateral direita contactando a emergencia S1, a valorizar com a clinica. buracos de conjugação permeaveis.
    Incipiente procidencia discal posterior em L4-L5 sem conflito de espaço radicular central ou foraminal.
    não se observam alterações de morfologia discal nos restantes niveis intersomaticos lombares estudados ou sinais de compromisso radiculo-tecal central ou foraminal de natureza osteo-discal.
    aspectos regulares das partes moles peri-vertebrais.
    sem valorizaveis alterações das articulações interapofisarias posteriores
    estou com algumas dores que vão até a perna direita e receio pois ja fui operado 2 vezes a hernia na l5-s1. ficaria muito grato se poderia me dizer se tenho ouro hernia?
    obrigado

    • Jorge

      Você apresenta protrusão discal L4-L5 além da L5-S1 que foi motivo de sua cirurgia prévia. As queixas que envolvem a perna geralmente decorrem de compressões de raízes nervosas.
      As protrusões discais ou abaulamentos ou hérnias são estágios diferentes de degeneração do disco intervertebral.

  84. Ola. Tenho hernia de disco entre as vertebras c6-c7. Sinto muita dor e dormencia no braço esquerdo. No momento estou fazendo fisioterapia, acunpuntura e tomando medicamentos mas o que tenho sentido é apenas um alivio muito pequeno nas dores. Li no site referente a um procedimento minimamente invasivo. Se aplicaria ao meu caso? Pretendo agendar uma consulta.Gostaria de saber se atendem ao convenio sulamerica especial prod 445. Muito obrigada!

    • Olá Raquel.
      Geralmente para hérnias cervicais utilizamos a via anterior para tratamento, ou seja, fazemos o acesso pela parte da frente do pescoço. Realmente precisamos analisar o se caso para ver se podemos aplicar uma técnica minimamente invasiva. A via anterior é feita por um corte pequeno, e utilizamos amplificação de imagem com microscópio cirúrgico para melhor resultados.Atendemos o convênio Sulamérica na unidade da Vila Clementino – Rua Borges Lagoa.

  85. Boa tarde! Fui em 3 ortopedista e 2 neurocirurgiões e todos disseram que eu teria que fazer cirurgia, pois tenho hérnia de disco na cervical e que está muito grande. Sentia muita dor nos braços, ombros , nuca e peito tudo do lado esquerdo. Tomei vários antiflamatórios e codeína para aliviar as dores, fora que tbm fiz fisioterapia,hidroterapia, acupuntura e massoterapia. Depois de 6 meses melhorei com estas dores, mas agora estou sentindo muita dor nas pernas. Fiz a RM.e deu protusão discal foraminal a direita em L4-L5 com fissura do ânulo fibroso e compressão da raiz de L4. Gostaria muito de sua opinião de tudo isso e mais, gostaria de saber qual seria o melhor nesta parte de hernia de disco para fazer cirurgia, o ortopedista ou o neurocirurgião? Agradeço antecipadamente.

    • Solange, deve fazer a cirurgia com o médico que você sentiu mais confiança, que te explicou melhor o procedimento e as possíveis complicações. A cirurgia de coluna é realizada atualmente tanto por neurocirurgiões como ortopedistas. Caso queira uma outra opinião estamos a disposição em um de nossos consultórios.

  86. Boa noite! meu nome é Reinaldo, fiz uma RM ainda esse mês e obtive a seguinte descrição:
    *pequeno abaulamento discal predominante postero-central tocando a face ventral do saco dural ao n´vel de l5-S1.
    *presença de hérnia intraesponjosa do corpo vertebral de S1.
    o que significa? qual o tratamento adquado?

    • Reinaldo
      Geralmente o tratamento de hérnias baseia-se no uso de medicações e fisioterapia. Cada caso deve ser analisado em particular para que possamos orientar o melhor tratamento.

  87. BOA TARDE . TENHO PROTUÇÂO DISCAL L3-l4 QUE NÂO ME DEIXA EM PAZ . NÂO ME CAUSA DOR .APENAS QUANDO FAÇO ALOGAMENTO OU QUALQUER ESFORÇO SINTO UM MAL ESTAR MUITO GRANDE na cabeça
    acredito que deva ser dos nervos que tocam medula se fico parada ISSO NÃO ACONTECE . como posso fazer fisio dessa maneira . se ao menor movimento essa coisa incha e me deixa muito mal . estou insegura para sair de casa . antiflamatòrios jà tomei farmàcia toda ; o que posso fazer .

    • Viviane, se mal estar na cabeça não deve ter relação alguma com sua protrusão l3l4. Procure um de nossos consultórios para que possamos averiguar o que pode justificar estas suas queixas.

  88. BOA TARDE, DOUTOR FIZ UM TOMOGRAFIA NA CONCLUSÃO DEU ESDPONIOLOPATIA INCIPIENTE E DISCOPATIA DEGENARATIVA DA COLUNA LOMBO-SACRA , COM ABAULAMENTO DISCAL L5 – S1 ESTES PROBLEMAS POSSO ANDAR DE MOTO FASO UM PERCURSO DE 15 MINUTO EM PISTA TODA BOA NÃO TEM NEM UMA TREPIDAÇÃO.

    • Ola Francisco.
      Em principio, temos que nos basear mais nos sintomas que você apresenta do que nos laudos da ressonância. Se houver muitas dores, o uso de moto para locomoção pode não ser o mais indicado.

  89. Olá, estou há 10 meses com esse problema, iniciou nas costas uma dor acima dos quadris, e passou a piorar na perna direita, com formigamento nos dedos dos pes e comecei a mancar, já cai na rua, e as dores sao muito fortes , qdo estou deitada na cama, nao consigo me virar pro lado direito, e qdo estou sentada, nao consigo ficar na mesma posição, qdo levanto da cadeira fico curvada por um tempo ate conseguir endireitar as costas , fiz Tomografia e o resultado deu: esclerose em articulações interaosufarias L4 L5 e L5 – S1, Hérnia discal posterior centro lateral direita de L4 L 5

    • Ola Regina.
      Você pode estar sentindo dores associadas a estas alterações apresentadas na tomografia. As queixas na perna direita podem estar sendo ocasionadas por compressão radicular oriunda de sua hérnia.
      Marque uma consulta conosco para que possamos avaliar melhor sua situação.

  90. Olá! tenho muitas dores na coluna lombar, nas pernas, chegando a adormecer as pontas dos dedos…faço tratto. conservador à 9 anos, e não tenho resultados satisfatórios.Naa última RM, trata-se de protusão discal de L2 à L5-s1.meu ortop. encaminhou ao neuro, o qual questionou o exame e pediu uma tomo. o laudo diz: abaulamentos discais difusos de L3-4à L5-S1 comprimindo o saco dural e obliterando os recessos foranimais inferiores.Há diferença significativa no resultado?ele diz não ser caso cirúrgico.vou levar o resultado no próximo mes, estou anciosa.podem me ajudar???obrigada

    • Olá Leoni. Somente com a leitura dos laudos realmente não podemos tirar nenhuma conclusão. Em princípio a ressonância apresenta melhor definição para partes moles, e fica mais fácil identificar alguma compressão radicular. Estamos disponíveis para uma segunda opinião de seu caso.

  91. Bom dia, minha ressonancia magnetica revelou uma hernia L4 L5, e uma protrusão L3 L4, ligamentos preservados, e não há degeneração na parte ossea, tenho estenose lombar congênita, venho tendo crises desde 2009 fiquei até impossiblitado de trabalhar por dois meses em 2010 enfim as crises somente eram nas costas e com tratamento passavam, porem agora ha 3 semanas tive uma dor terrivel por dentro da perna esquerda, perdi alguns movimentos da perna, a perna ficou pesada, a dor é inacreditavel, parece ser dentro do osso, fiz até RAIO X da bacia e perna, mas não tem nada na parte ossea, enfim estou tomando LYRICA por um mes, A DOSE DIARIA É DE um comprimido a cada 12hs de 75mg, hoje a dor foi no pé, sobre o pe, muita dor, isso tudo acompanhado de adormecimento da parte interna do pe´esquerdo e lateral externa da tibia, enfim meu NEURO só me atenderá no inicio de fevereiro, gostaria de saber se essa sensação de perna “boba” e adormecimento irão passar, meu deus, se precisar operar opero hoje, não aguento mais, alguem poderia me contar seus casos se são semelhantes , como nunca fiquei doente, tenho 44 anos, estou muito assustado e parece que sou o unico, sei que não mas,,obrigado, JOSE EDUARDO

    • Olá José,
      Seu quadro trata-se provavelmente de uma compressão radicular, gerando estes sintomas na perna. Quando existem sinais de fraqueza decorrente desta compressão, temos que ficar atentos pois geralmente estas situações devem ser tratadas com cirurgia. Aguardamos contato em um de nossos consultórios

  92. oi fiz uma ressonancia na coluna e deu isso hipossinal em t2 dos discos L2L3L4L5EL5S1 E DERRAME ARTICULARnasinterapofisariasdeL2L3L3L4L4L5 E L5S1 ISSO PODE SER GRAVE NO MOMENTO N CINTO DOR MAS JA FIQUEI NA CAMA SEM ME LEVANTAR COM MUITA DOR NA PERNA ,ESQUERDA E FORMIGAMENTO.

    • Olá Janete. Estes achados denotam degeneração da coluna. Não querem dizer necessariamente doença. São achados constantes em pessoas acima de 60 anos e comuns mesmo em pessoas mais jovens. Já o sintoma dor deve ser pesquisado e tratado da melhor forma.

  93. Olá. tenho protusão discal em L4 e L5, 1 ano faznedo UCP, fui submetido a uma radicotomia lombar e as dores diminuiram, porém na cessaram, quanto tempo a medicação age, e se posso voltar as minhas atividades fisicas tenho medo da dor aumentar, por nquanto estou suportando. obrigado!

    • Olá Jamilson
      As respostas de seus quesitos dependem de muitos fatores – tipo de atividade física, sintomas que vocÊ apresenta. Marque uma consulta conosco para que possamos tirar todas suas dúvidas

  94. Boa dia.
    Estou sentido muita dor na costa, cheguei a ponto de andar com muita dificuldade, e só passou a base de injeção de relaxante muscuilar e antiflamatorio. Fiz uma tumografia e o resultado foi redução da altura do espaço discal intevertebral de l4-l5, notando-se protrusão focal mediana posterior do disco intervertebral correspondente.

    • Olá Luis

      Precisamos, como em todo caso de dores na coluna, de identificar uma correlação entre os sintomas apresentados e o exame que você fez. O mais adequado é realmente que conversemos em uma consulta.

  95. tenhos fortes dores na coluna, na area lombar, com mais frequencia na area coxo-femural da perna direita, há quase 8 anos e fiz RM da coluna lombo-sacra e deu como resultado : “estudo por RM de coluna lombo-sacra revela sinais de discopatia degenerativa com protrusao discal central a nivel de L5-S1, sem indicios de comprometimento radicular”

    o que isso quer dizer? quais os tratamentos, precisa de cirurgia?

    • Aparentemente Danilo, não parece ser algo com gravidade em seu laudo de ressonância, mas precisamos, como em todo caso de dores na coluna, de identificar uma correlação entre os sintomas apresentados.
      Os tratamentos envolvem medicações para dor, antinflamatórios, relaxantes musculares e eventualmente procedimentos percutâneos ou infiltrações para melhorar sua capacidade de reabilitação

  96. Boa tarde.
    Sinto dores lombares desde os 14 anos. Em 2009 descobri que tenho hernia discal. Através da 2ª ressonância magnética da coluna lombossacra apresentou o seguinte diagnostico: discopatia degenerativa L5-S1 associada a hernia discal posterior central paramediana esquerda, comprimindo a raiz S1 esquerda. O medico aconselhou cirurgia. marquei a cirurgia, mas desmarquei com medo do resultado. Sinto muita dor nas pernas (queima) formigamento e não posso fazer serviços de casa, pegar peso. meu caso é cirúrgico, quais as chances de ficar 100% recuperada?
    Obrigada!

    • Olá Vilma.
      Se está sentindo dores na perna esquerda é possível que seja decorrente da hérnia de disco. Estas dores de compressão de nervo costumam ter boa resposta ao tratamento cirúrgico. Você deve estar orientada sobre possíveis riscos e benefícios da cirurgia antes de se submeter a cirurgia. Se pudermos ajudar, estamos a disposição e aguardamos ansiosamente sua visita

  97. boa tarde gostaria de uma ajuda e ou uma resposta sobre meus exames para duvidas…fiz uma ressonância da coluna lombo sacra e cervical eo relatório diz o seguinte …coluna lombo sacra exame realizado com técnica spin eco com imagens em t1 e t2 corpos vertebrais alinhados , osteofitos anteriores incipientes lombares ,herniaçoes intrassomaticas (schmorl) nos platôs de d11 a l3 ,baixo sinal em t2 sugerindo degeneração discal em l2-l3 e l3-l4, com leve abaulamemto dos mesmos , retificando a face ventral do saco dural.
    e da coluna cervical … retificação da lordose fisiológica ,corpos vertebrais alinhados com altura e intensidade de sianis normais…prostrusoes discais posteriores centrais medianas cem c3-c4, c4-c5 c5 c6, exercendo leve compreensão sobre o saco dural .há ruptura dos anulos fibrosos de tais discos…
    eu gostaria de saber se isso ae é hérnia de disco ,ou nervo ciático e se o tratamento é cirúrgico pois sinto muita dor na columa em coma no ossinho do pescoço e no meio da coluna e não fina da coluna perto do bumbum e dores fortes nos ombros , se por gentileza o senhor pudesse me responder também no meu email eu agradeço espero sua resposta em breve e muito grata se não der para enviar para o email não tem problema …grata e uma ótima semana.

    • Ola Marcia

      O termo hérnia de disco foi consagrado pela população em geral denominando alterações degenerativas da coluna em diversos estágios. As “hérnias” de disco que nos preocupam são aquelas que comprimem as estruturas nervosas da coluna, sejam elas raízes (porções que vão formar os nervos) ou a medula espinhal, gerando dores, formigamentos ou perda de força.
      Na coluna cervical os principais sintomas são dor e irradiação das dores para os braços ou ombros.
      Na coluna lombar ocorre irradiação das dores para os Membros inferiores – tal dor foi consagrada popularmente como ciática

      O tratamento depende principalmente dos sintomas e sinais apresentados, associados a exames de imagem que demonstrem alterações que justifiquem os quadros de dor. Varia desde medicações, fisioterapia, infiltrações, denervações a cirurgias de maior porte

  98. fui ao ortoperdisda batir o raio x e resultado deu diminui da da l5-s1 ele disse q era um problema de nacencia e nao me receitou nada mais sinto muitas dores o q eu faco?

    • Leude
      algumas alterações radiográficas realmente são comuns. Já a dor deve ser tratada. Procure um de nossos consultórios para que possamos avaliar suas dores e pedir os exames necessários para investigação de seu quadro

  99. Olá, fiz uma ressonância e o resultado do laudo apareceu,leves discopatias médio dorsal e discreta proeminência dos ligamentos amarelos dorsais inferiores.Não sei o q significa , pois o clinico q me pediu o exame não soube me explicar muito bem e me pediu para procurar um ortopedista,pois já faz 2 meses q sinto dore nas costas, e as vezes tenho muita dor no ombro esquerdo e as vezes parece q está perdendo a força o braço,principalmente se seguro algum peso , e também sinto as vezes na perna esquerda também, do joelho pra baixo como se estivesse perdendo a força também. Se puder me ajudar com informações desde já agradeço……

    • Olá Lislian
      Nos casos em que temos problemas de discos cervicais, podemos ter irradiação das dores para os braços ou ombros. Na coluna lombar, a dor pode seguir o trajeto das pernas. O que vai determinar o tratamento é a exuberância dos sintomas associados aos exames de imagem

  100. recebi o resultado da RM com a seguinte conclusão:
    _retificação da lordose lombar;
    _nódulo de schmorl acomentendo o corpo vertebral de l3;
    _sinais de incipiente espondiloartrose;
    _discopatia degenerativa entre l2-l3 e l5-s1;
    _abaulamento discal difuso entre l2 l3,l3 l4,l4 l5,l5 s1;
    _hérnia discal protrusa mediana de base larga entre l5-s1

    sinto muitas dores nas pernas e dormencia nos pés e nos dedos,minha coluna dá uns estralos como se estivesse colidindo os ossos, e muita dor no quadril tbem as vezes trava que custo a andar e levantar entao…nem se fala.de uns dias pra cá nao estou conseguindo pisar no chão com o pé todo só com o peito do pé principalmente o direito,qual seria a indicação nesse caso de tratamento?
    grata: Rosangela.

    • Olá Rosangela

      Em casos de dores nas pernas decorrentes de problemas na coluna, a descompressão de nervos cirúrgica costuma promover bons resultados. Não há relato no entanto, no seu laudo, de compressão nervosa. O ideal é realmente uma avaliação individualizada para indicar o melhor tratamento.

  101. Olá fiz uma RM que deu protusão posterior difusa intervertebral l4-l5 associado a fissura radial do ânulo fibroso. determinando leve compressão sobre a face ventral do saco dural. apresenta extensão para forames intervertebrais,
    Protusão centro lateral esquerda do disco intervertebral L5-S1,determinando leve compressão sobre a face ventral do saco dural e com sinais de conflito com a raiz descendente de S1 ipsilateral, sinto dores proximo ao a ânus e na pélvis é normal isso?

    • Olá Rosi
      As dores nestas regiões citadas podem decorrer de compressões nervosas por doença da coluna, mas não são comuns. Geralmente as dores acometem as pernas e pés. Para melhor avaliar seu caso sugiro procurar auxílio médico. Aguardamos seu contato no consultório

  102. boa tarde sou adenilton tem quarenta e dois anos de idade sentia dores na coluna cervical e dormencia nos ombros fiz um RM da cervical, e deu o seguinte resultado.discopatia degnerativa e osteofitose incipiente de corpos vertebrais.
    -abaulamento discais degenerativos assimetricos, postero-lateral esquerdo em c3-c4 e postero-lateral direito de c4-c5,ambos com sinais de conflito radicular, quero que mim esclareça por favor, desde ja agradeço

    • Olá Adenilton
      Pelas suas queixas e resultado de ressonância apresentados, você possui uma compressão de raíz nervosa(início dos nervos) por abaulamentos discais (também conhecidos com “hérnias de disco”). O ideal é que haja uma avaliação de seu caso, incluindo as imagens do exame, para que possamos averiguar qual o melhor tratamento.

  103. OI GOSTARIA DE SABER SE POSSO FAZER nucleoplastia pois tenho protusão l3-l4 sinto formigamento pernas mal estar cabeça lombar bem tensa . poís sei que tudo é paleativo trabalho levantando pacientes pesado sou tec de enfa . não teria confiaça para trab sabendo que tenho protusão a qualquer momento pode virá hérnia de disco . O Que faço .

  104. Fiz uma resonamcia magnetica o exame foi realizado com tecnica -Turbo Spin-Echo, obtendo-se cortes sagitais ponderados em T1 e em T2 . E o resultado foi -HERNIA FOCAL PARAMEDIANA DIREITA DE D11 E D12
    O que sera melhor a ser feito, um tratamento ou, uma sirurgia

    • Rafael,
      Se os sintomas que você apresenta forem causados por esta hérnia, pode ser que se beneficie com uma cirurgia. As hérnias torácicas não são muito comuns.

  105. Boa tarde, estou com um formigamento na perna esquerda e as vezes perco um pouco a força da perna. Fiz uma Tomografia e o resultado foi discreto abaulamento póstero mediano do disco L5-S1, apagando planos gordurosos epidurais locais e tocando a face ventral do saco dural. A opinião do médico q fez a Tomografia é discreto abaulamento póstero mediano do disco de L5-S1, sem sinais de compressão radículas. O que significa isto?

    • Clayton, se o sintoma de perda de força for decorrente da hérnia, pode ser que necessite de tratamento cirurgico. Mas pelo laudo não parece haver grandes compressões

        • Caro Clayton
          Ambas são designações para um tipo de doença que preferimos chamar de doença degenerativa discal. O termo hérnia carreia consigo um significado popular forte, mas abaulamento é uma espécie de hérnia.

  106. Olá Boa Tarde…
    Tenho Artrose facetária L5/S1 , Anteriolistese grau I de L4/L5 e nos joelhos Redução do espaço fêmoro tibial com esclerose subcondral, estava fazendo atividades físicas: caminhadas, ginástica aeróbica, dança terapêutica e natação..me sinto muito bem fazendo pois me ajudou a emagrecer 9 kg, como estou ainda acima do peso queria continuar, parei com tudo e gostaria de saber qual atividade posso praticar? Obrigada desde já…

    • Olá Maria
      As melhores atividades envolvem fortalecimento de musculatura abdominal e dorsal, além de alongamento de musculatura posterior da coxa. Devendo evitar movimentos de flexão de tronco e carga axial

  107. BOA TARDE,
    GOSTARIA DE SABER SE E NORMAL ESTOU COM PROTUSÃO DISCAL ESTOU FAZENDO HIDROTERAPIA MAIS QUANDO SAIO DE LA FICO BEM EXAUSTO FISICAMENTE NUNCA PASSEIO POR ESTE PROCESSO ISSO E NORMAL

  108. BOA TARDE,
    FIZ UM RESONANCIA COM DIAGNOSTICO DE PSEUDOPROTUSÃO DISCAL DIFUSA E L5 S1 COM LEVE EXTENSÃO FORAMINAL NOTADAMENTE A ESQUERDA ON TOCAM RAIZES EMERGENTES L 5 NOTADAMENTE NO LADO ESQUERDO O MEDICO MANDOU FAZER FISIO (CALOR,MASSOTERAPIA,PRPG, E EXERCICIOS) EM QUANTO TEMPO DA PRA VER SE ISTO VAI RESOLVER O MEU PROBLEMA.

    • Francisco.
      Geralmente esperamos cerca de 3 meses para notar melhora dos quadros. Neste período costumamos associar medicações e fisioterapia.

  109. Minha esposa, apos realização de ressonância apresentou seguinte resultado:
    HÉRNIA DE DISCO EXTRUSA COM PREDOMÍNIO EM SITUAÇÃO PÓSTERO-MEDIANA/LATERALIZADA A DIREITA, APRESENTANDO MIGRAÇÃO INFERIOR DE APROXIMADAMENTE 2,5 cm, ASSOSSIADA A ESTREITAMENTO DA AMPLITUDE DOS NEUROFORAMES E DO CANAL RAQUIANO.
    Corpos vertebrais de altura preservadas apresentando diminutos osteófitos marginais, notadamente em L5 – S1. Desidratação do disco em L5-S1. Espaços discais conservados e discos invertebrais hidratados. Enfim..
    O ortopedista disse que a solução é cirúrgica.
    Pergunto (bem ansiosamente) se é a única solução ou se devemos seguir algum tratamento e se sim QUAL?
    Deus os abençoe.

    • Amadeu,
      Mais uma vez devo perguntar: o que ela está sentindo? Como já comentado, o tratamento deve levar em consideração o exame mas o mais importante é o quadro clínico. Havendo perda de força ou alguns outros sintomas, a cirurgia pode ser a melhor indicação. Caso haja interesse aguardamos sua esposa em um de nossos consultórios.

  110. DOUTOR O MEU NEURO MIM RECEITOU MIOSAN CAF JUNTO DA FISIO POIS SOU ALERGICO A ALGUNHAS SUBSTANCIAS O SENHOR CONHECE ALGO QUE SEJA MAIS EFICAZ.
    MUITO OBRIGADO POR MIM RESPONDER

    .

    • Francisco,
      Infelizmente não podemos orientar medicações pela internet. Existem inúmeras medicações, cada qual com suas indicações e possíveis efeitos colaterais.

  111. Boa noite!

    Desde 2006 sinto fortes dores na coluna. Fiz ressonâncias em 2007 e 2010, Foram reveladas abaulamentos e hérnias na lombar, desde então tenho feito diversos tratamentos (fisioterapia, RPG, Pilates, hidroterapia, mobilização neural, acupuntura…). As crises, muitas vezes eram intensas, mas nunca deixei de sentir dor. Meu ortopedista dizia que não era caso cirurgico. Há cerca de 03 meses atrás, as dores aumentaram e começaram a irradiar para a perna direita, passando pela nádega (principalmente quando durmo) e para planta do pé. Tenho formigamento e muitas vezes tenho que andar mancando, pois a perna direita dói muito. Fiz nova ressonância na semana passada (08/02) e o resultado foi o que segue:
    - Leve acentuação da lordose lombar anatômica em decúbito.
    - Desidratação discal L4-L5-L5-S1 com leve redução dos espaços discais.
    - Alterações discogênicas tipo II de Modic junto aos platôs contíguos de L4-L5.
    - Leve desvio do eixo da coluna lombar para à direita em decúbito.
    - Mínimo abaulamento discal L5-S1 com tênue fissura do anel fibroso, apenas determinando contato na face ventral do saco dural ocupando a porção mais inferior do neuroframe à esquerda.
    - Em L4-L5 existe hérnia discal extrusa em situação póstero mediana com fissura do anel fibroso determinando compressão na face ventral do saco dural e que apresenta componente de protusão discal difusa que ocupa as porções inferiores dos neuroframes com leve predomínio à direita sem comprimir a raiz nervosa emergente.
    - Existe ainda artropatia facetária degenerativa com espessamento de ligamentos amarelos que colabora para a redução das dimensões do canal medular neste nível.
    - Em L3-L4 existe abaulamento discal difuso com a fissura do anel fibroso tocando a face ventral do saco dural.
    Com este resultado meu médico informou ser necessária a intervençaõ cirurgica. Gostaria de uma segunda opinião: se for feita a cirurgia, ela só é na hérnia extrusa (no meu caso a L4-L5)? Existe a possibilidade de ter que depois operar as outras vertébras que tem fissura? Nestes casos é necessária a implantação de disco artificial?
    Desde já agradeço o esclarecimento de minhas dúvidas.

    • Olá Mariana,
      Pelo exposto, realmente me parece ser um caso cirúrgico. Para avaliar se deve operar ou não os outros níveis, realmente precisaríamos avaliar o caso com mais calma, exame por exame. Não aconselho utilização de disco artificial lombar ( na cervical, pela menor carga, costumamos utilizar)
      Quando opta-se pelo tratamento apenas do nível mais crítico, é possível, não provável, que você vá precisar de uma nova cirurgia.

  112. Boa noite,
    Fiz um exame Rx admissional para uma empresa e depois da analise do exame o serviço médico me pediu para fazer uma ressonância que apresentou os seguintes resultados.
    Retificação do eixo fisiológico cervical na posição do exame
    Corpos vertebrais com altura e morfologia preservadas.
    Pedículos visibilizados íntegros.
    Discos intervertebrais de aspecto desidratado.
    Protrusão póstero-mediana dos discos de C2-C3 a C5-C6, comprimindo a face ventral do saco dural
    e contactando a medula nos níveis intermediários.
    Hérnia mediana e para-mediana esquerda do disco de C6-C7 com migração cefálica, comprimindo a
    face ventral do saco dural e endentando a medula neste nível.
    Neuroforames com calibre habitual.
    Medula com espessura e intensidade de sinal normais.
    Espessamento dos ligamentos amarelos no segmento compreendido entre C5 e C7.
    Canal vertebral com amplitude preservada.
    Transição crânio-cervical sem alterações.
    Partes moles com aspecto anatômico.
    Conclusão:
    - Espondilodiscoartrose cervical.
    - Protrusão póstero-mediana dos discos de C2-C3 a C5-C6.
    - Hérnia mediana e para-mediana esquerda do disco de C6-C7 com migração cefálica.
    Eixo lombar mantido.
    Sacralização parcial da vértebra neste estudo denominada L5. Correlacionar com com radiografias
    para melhor caracterização.
    Corpos vertebrais com altura e morfologia preservadas.
    Alteração de sinal do tipo edematosa (Modic I) em alguns platôs vertebrais.
    Pedículos visibilizados íntegros.
    Discos intervertebrais de aspecto hipoidratado.
    Abaulamento dos discos de L3-L4 e L4-L5, que determinam impressão sobre a face anterior do saco
    dural e reduzem a amplitude dos forames neurais bilateralmente.
    Neuroforames com calibre habitual.
    Cone medular com espessura e intensidade de sinal normais.
    Canal vertebral com amplitude preservada.
    Musculatura paravertebral com aspecto anatômico.
    Conclusão:
    - Espondilodiscopatia degenerativa difusa e discreta.
    - Abaulamento dos discos de L3-L4 e L4-L5.
    Gostaria de saber se estou com alguma doença grave na coluna?desde já agradeço pela informação.

    • Olá Paulo
      Você apresenta quadro de dores na região lombar, pernas?
      Se houver queixas de dor, é possível que você esteja sofrendo de algum problema na coluna lombar. O tratamento baseia-se na intensidade das dores e nos achados de imagens.

  113. Bom dia;

    Realizei uma ressonancia que apresentou a seguinte conclusão:
    - Sinais de espondilodiscartrose lombar com artropatia facetária em L4- L5 e L5 – VT.
    - Pequena protrusão discal focal mediana/paramediana em L5-VT.
    - Leve redução das porções inferiores dos neuroforames de L5.

    Qual procedimento a ser deguido apartir de agora?

    Grato
    Darlan.

    • Darlan, deve procurar um especialista para que possa analisar seus exames e correlacionar com os achados de imagem. Pelo laudo não são alterações das mais significativas.

  114. Boa tarde! gostaria de saber o que é: REDUÇÃO POSTERO CENTRAIS DOS DISCOS INTERVERTEBRAIS C5-C6 E C6-C7, DETERMINANDO LEVE COMPRESSAO SOBRE A FACE VENTRAL DO SACO DURAL.
    Fiz cirurgia da coluna cervical para retirada de uma hernia discal a um ano e agora voltei a sentir as mesmas dores de antes, os mesmos formigamentos nos braços, o que pode ser esse resultado? so tenho retorno com meu medico na proxima semans, POR FAVOR RESPONDA URGENTE

    • Cleonice,
      Pelo laudo podemos dizer apenas que existem algumas alterações de caráter degenerativo. Precisávamos analisar as imagens e você para tecer uma avaliação mais precisa.

  115. Boa tarde
    Fiz uma RM e gostaria de saber se deu alguma hérnia ou se deu algum problema,pois sinto muita dor na coluna que pego nos braços e pernas,e muitas vezes minhas pernas dobram do nada e meus braços perdem as forças,no meu trabalho pego peso sem parar e levanto e agacho o tempo todo
    Esse é o resultado da Ressonância

    Hipoidratação discal sutil de C2 a C6
    Mínimos abaulamentos discais posteriores em C3-C4,C4-C5 eC5-C6,sem repercussões significativas Hipertrofia de tonsilas palatinas e adenoideana determinando leve redução do calibre da via aérea
    Leve hipersinal na topografia dos ligamentos interespinhosos de L3 a S1 inferindo edema por sobrecarga mecânica
    por favor pode me ajudar.
    Obrigado

    • Felipe, o laudo de sua ressonância não parece demonstrar grandes compressões. Precisamos de uma avaliação mais próxima para elaborar um parecer mais completo

  116. Olá,

    Gostaria de saber se a Lordose sem relação com o abaulamento Discal, ou de uma coisa é diferente da outra.
    Pois fiz uma Ressobancia,o resultado foi abaulamento discal com irradiação saco dural e raizez,
    e no raio x saiu acentuação da lordose lombar fisiologica.

    Sinto muitas dores ao ficar sentada e trabalho dez horas por dia sentada ……já foz fisio, tomei varios remedios e nada

    • Daniele,
      A lordose refere-se a curvatura da coluna, enquanto o abaulamento discal refere-se a uma alteração do disco.
      Temos especialização em tratamento de dores oriundas da coluna, sem cirurgia.

    • Erika, você possui uma degeneração do disco cervical entre a quarta e quinta vértebras cervicais. Está tendo contato com a membrana que recobre o sistema nervoso. Dependendo dos sintomas, um tratamento deverá ser instituído.

        • São alterações degenerativas da coluna. Dependendo de sua idade podem ser achados inclusive habituais. Em casos que estas alterações promovem sintomas, um tratamento deverá ser instituído, seja ele medicamentoso, minimamente invasivo ou cirúrgico convencional

  117. Eu gostaria de saber o que e Hipersinal T1 e T2 em medida ossea do aspecto lateral de L5e S1.Desidratação e redução em altura do disco intervertebralL5S1 com protusão discal,central que toca o saco dural

    • A fisioterapia proporciona melhora do tônus muscular, alongamento, além de corrigir posturas viciosas. É parte fundamental no tratamento conservador, e na reabilitação após as cirurgias

  118. Eu gostaria de saber o que é Hipersinal T1 e T2 em medida ossea do aspecto lateral de L5eS1
    Desidratação e redução em altura do disco intervertebral L5S1 com protusão discal , central
    que loca o saco dural

    • A hérnia de disco é uma saída do conteúdo do centro do disco, que é mais mole, para região externa, podendo causar dores

    • A protrusão nada mais é que um estágio inicial da doença degenerativa do disco intervertebral. São muito comuns e não indicam necessariamente doença.

    • Priscila,
      Boa parte das doenças de coluna podem ser tratadas por métodos minimamente invasivos, mas cada caso deve ser analisado individualmente

    • Olá Katia, podemos dividir as etapas de tratamento em: tratamento conservador, com medicações e terapias, tratamento cirúrgico – minimamente invasivo ou convencional.

  119. Boa noite.
    Gostaria de saber o que é a obliteração da gordura epidural anterior à cauda equina; hipertrofia óssea condicionada por hipertrofia das facetas articulares posteriores; e espinal medula.
    Agradeço desde já a resposta.
    Atenciosamente. Raquel Ferreira

    • Olá Raquel.
      Você possui algumas alterações degenerativas da coluna. Podem estar associadas a dores nos glúteos, coluna lombar e/ou pernas. O grau de artrose de sua coluna determina uma pequena compressão no envoltório do sistema nervoso – marque uma consulta conosco para que possamos sanar suas dúvidas

    • Olá Stella. Existem pequenos riscos associados ao procedimento. Eventual dano a estruturas nervosas, infecção, são bastante raros mas podem ocorrer. Existem os riscos associados a anestesia, mas também são bem pequenos.

  120. Bom dia, tenho 32 anos sou fisioterapeuta e professor de educação física e minha profissão exige muito do meu corpo. Há 2 meses atras, comecei a sentir um leve incomodo lombar que achei que fosse apenas um desconforto, mas este evoluiu em 3 dias para uma dor insuportável. Fui parar na emergência medica e fiquei internado por 4 dias tomando tramadol, dipirona e profenide. Minhas dores se localizavam apenas na região sacroiliaca a direita e com menos de 2 semanas já não apresentava mais nenhum incomodo. Durante a crise percebi apenas formigamento na planta do pé direito e discreta perda de força para extensão do halux que já melhorou mais ainda não normalizou. Hoje não sinto mais nada, percebo apenas uma sensação de estiramento mais acentuado quando alongo a musculatura posterior da perna direita comparada a esquerda. Me tratei e ha mais de uma mes tenho feito exercícios de estabilização, alongamento, musculação e aeróbios sem impacto. Minha ressonância apresentou o seguinte laudo: desidratação dos disco de T11-T12 , T12-L1, L4-L5, além de discreto abaulamento do disco T12-L1 e L4-L5 e fragmento discal extruso extra-foraminal L5-S1 comprimindo a raiz emergente. Me preocupei muito com esse laudo apesar de saber que o mais importante é a nossa clinica. Os neurocirurgioes falaram pra eu aos poucos ir voltando a minha vida normal e só evitar exageros devido ao risco de eu acelerar um desgaste. Minha duvida é se esse disco extruso ira desidratar rapidamente uma vez que nosso disco é composto 80% de água, acelerando uma osteoartrose. Além disso como pratico esporte gostaria de saber pela experiência de vocês se fica ou não contra-indicado? Obrigado

    • Olá Marcelo.
      Pela sua queixa de dor e perda de força no hálux, creio que o problema maior esteja localizado entre em sua hérnia extrusa L5S1. A absorção ocorre em cerça de 90% dos casos. Devemos, no entanto, ficar atentos a sua perda de força na extensão do hálux – raíz de L 5. Esportes com carga axial e movimentos torcionais do tronco devem ser evitados

      • Esse fragmento normalmente leva de três a dose meses para ser absorvido? Sendo assim, ele ainda pode voltar a comprimir a raiz do nervo provocando novamente os sinais e sintomas? Essa recuperação de força do halux pode não normalizar? Além disso, esse disco que sofreu a extrusao ira desidratar mais rápido ?

  121. Obrigado equipe! Fiz cirurgia com vocês em fevereiro, vocês trataram minha hérnia de disco, agora consigo viver novamente

    • Olá donnato
      Primeiramente precisamos avaliar se seu caso realmente necessita de tratamento cirurgico. Agende uma consulta conosco

    • Olá Cinthia
      O plano unimed padrao oferece algumas opcões de internaçao. Agende uma consulta conosco para que possamos avaliar a necessidade de tratamento cirúrgico e possamos verificar as opções de hospitais para internação

    • Olá gewlmism
      A escoliose de ser tratada se tiver angulação elevada, se houverem sintomas ou grande deformidade. Agende uma consulta conosco

    • A infiltração da coluna está indicada no tratamento dos quadros de dores que podem ser do disco, articulação ou outras estruturas da coluna. Não tratam a doença, e sim o sintoma. A protrusão discal é uma situação na qual podemos utilizar as infiltrações com bom resultados clínicos

  122. Boa noite.
    Ante de mais quero agradecer a sua resposta.
    Acontece que não é a minha saúde que está em causa, mas sim a do meu irmão de 43 anos.
    Ele teve um acidente de trabalho em Agosto de 2012. Foi pela seguradora em Outubro, fazer uma cirurgia devido a uma hérnia de grandes dimensões (resultado do Raio X à coluna lombar). Exame esse que o médico negou se a devolver, por isso não posso dar mais detalhes.
    Após a cirurgia, não melhorou e a dor que antes ia só até ao joelho de uma das pernas, alastrou se para a outra perna até ao calcanhar e sente dormência nas duas pernas. Para além disso não consegue curvar se, erguer se ou baixar se, sem padecer de dores intensas. Em Janeiro fez uma Ressonância Magnética, (cujo o relatório apresento em baixo) e o médico disse que ele estava a simular. Só gostaria de saber o motivo pelo qual meu irmão não melhorou, muito antes pelo contrário.
    Agradeço vossa disponibilidade, pois prestam um enorme serviço ao tentar esclarecer leigos como nós.

    Leitura do exame:
    -Há visualização de uma laminectomia a nível de L4-L5 com discectomia.
    -Há lesões degenerativas a nível do disco L1-L2 e a nível do disco L4-L5 e mais moderadamente em L5-S1.
    -Há um ligeiro aperto dos recessos bilateralmente em L5-S1 provavelmente por hipertrofia óssea condicionada por hipertrofia das facetas articulares posteriores.
    -Não há sinais de recidiva de hérnia discal havendo impregnação de contraste a nível do recesso direito e a nível dos tecidos envolvidos na cirurgia pelo que há uma ligeira fibrose pós cirúrgica sem patologia compressiva grave.
    -Em L1-L2 há um osteófito postero lateral esquerdo condicionando uma ligeira moldagem da espinal medula na sua vertente antero lateral esquerda sem patologia compressiva grave.
    -Há um pequeno osteófito mediano em L4-L5 obliterando a gordura epidural anterior à cauda equina sem patologia compressiva grave.

    • Olá Raquel
      Pelo laudo do exame realmente não consigo observar grandes motivos para dores. Existe no nível operado geração de fibrose, que pode estar associada a dor pós-operatória, mas seu diagnóstico costuma ser de exclusão.
      As alterações degenerativas em outros níveis não estão laudadas como sendo de grande importância clínica – volto a repetir que um exame clínico bem feito pode diagnosticar outras causas de dores. Existem dores nos quadris, nas articulações sacro-ilíacas, que podem simular dores oriundas da coluna.

  123. Obrigada pelo esclarecimento.
    Aqui em Portugal não se fazem exames bem feitos, infelizmente. Meu irmão já foi ao médico da seguradora e este diz que ele está a fingir e que está apto para trabalhar, quando o meu irmão mal se arrasta. Se estivéssemos no Brasil…aí sim, quase de certeza conseguiríamos um bom diagnóstico e consequentemente a cura dele.
    De qualquer modo agradeço imenso a sua atenção e esclarecimentos dados, não é qualquer profissional que se disponibiliza a esclarecer.
    Atenciosamente
    Raquel Ferreira.

    • Olá Paulo
      Dores nos ombros geralmente tem causa ortopédica, mas podem ocorrer por irradiação de dores oriundas de problemas na coluna cervical.
      Um bom profissional saberá guiar e orientar seu caso, seja ele neurocirurgião ou ortopedista. Aguardamos seu contato

    • Caro Peixoto
      Hérnia de disco geralmente é tratada de maneira conservadora, isto inclui o tratamento com fisioterapia. Mas cada caso deve ser estudado de forma individual para que indiquemos o melhor tratamento.

    • Caro Benjamin

      Em princípio não. Se as dores forem muito fortes a despeito do uso de medicações, podemos utilizar procedimentos para tratamento de dor. Marque uma consulta conosco

  124. Obrigado pela resposta, mas fiquei com algumas duvidas. Esse fragmento normalmente leva de três a dose meses para ser absorvido? Sendo assim, ele ainda pode voltar a comprimir a raiz do nervo provocando novamente os sinais e sintomas? Essa recuperação de força do halux pode não normalizar? Além disso, esse disco que sofreu a extrusao ira desidratar mais rápido devido a ruptura do seu anel fibroso?

    • Atendemos Sulamérica no consultório Borges Lagoa 1231, cj 23 ou nos outros consultórios por reembolso médico. ATenciosamente

    • Em casos selecionados, podemos fazer cirurgia minimamente invasiva. Aguardamos sua presença em um de nossos consultórios

    • Henrique,
      São alterações degenerativas dos corpos das vértebras adjacentes aos discos intervertebrais. Seu significado clínico é questionável.

  125. Tenho plano absoluto unimed paulistana, hérnia de disco extrusa. Qual hospital posso interrnar para me tratar?

    • Se seu caso for de tratamento cirúrgico, pode internar em uma ampla rede hospitalar, incluindo hospital Sírio Libanês

  126. Bom Dia,
    Antes de td obg, pela resposta, já fazem + ou – 15 anos que convivo com dores lombares,dores que se erradiam pela perna esquerda, chegando doer até o pé esquerdo, ñ consigo me levantar de frente há um bom tempo, tenho dores tbm na nádga esquerda, quando tenho crises mal consigo me levantar sozinho sinto minha perna esquerda doer. Fiz um exame, cuja conclusão foi:
    -Espondilose lombar
    -Discopatia degenerativa L4-L5 e l5-S1
    -Protusões discais posteriores difusas em L4-L5 e L5-S1
    -Pequeno cisto sinovial junto ao aspecto medial da articulação interapofisária esquerda de L5-S1
    OBG, bom dia

    • Olá Ubirajara. Geralmente quando temos queixas associadas a compressão radicular, ou seja, de uma das porções que formam o nervo, o tratamento cirúrgico costuma ter muito bom resultado. A compressão da raiz pode estar associada as protrusões discais ou ao cisto sinovial. Procure um de nossos consultórios para que possamos indicar o melhor tratamento.

  127. tenho 43 anos neste ultimo mês decobri que tenho espondioartrose lonbar e Hernias Discais extrusa emL3_L4 eL4-L5tocando a face vertebral do saco dural pequena protrusão discal posterior de base larga em L5-SI. qual e o melhor remedio para este sintoma

    • Olá josé
      O tratamento vai depender da intensidade dos sintonas e sua duração. Se você já fez uso de medicações e fisioterapia, é possível que seu caso seja tratado de maneira cirúrgica. Agende uma consulta conosco para que possamos avaliar seu caso

  128. tenho 43 anos neste ultimo mês decobri que tenho espondioartrose lonbar e Hernias Discais extrusa emL3_L4 eL4-L5tocando a face vertebral do saco dural pequena protrusão discal posterior de base larga em L5-SI. qual e o melhor remedio para este sintoma

  129. Dr bom dia .Gostaria de saber de vc até que ponto formigamentos nas pernas é perigoso ,poís em alguns momentos reduz bastante mas não desaparece . Tenho uma protusão em coluna lombar l3-l4 apesar de não me causar dor ,tenho esses formigamentos que atribuo a ela .Seí que vitaminas e remedios não resolvi poís já os tomei ortopedista me prescreveu o que acabaria com isso .Resolvendo a protusão formigamento acaba . Já sinto isso a um ano aprox ,o organismo acostumou . O que faço ?

    • Alguns convÊnios dão direito a reembolso médico. Os valores variam muito de acordo com o tipo contratado. VocÊ precisa apresentar após a consulta médica o recibo ou nota fiscal referente ao atendimento para o setor de reembolso de seu convênio

  130. BOA TARDE,
    DR. E TENHO UMA PSEUDO PROTUSÃO DA L5S1 TOCANDO NITIDAMENTE RAIZES NERVOSA SEGUNDO A RESONANCIA E PEQUENA PROTUSÃO DE D11D12 ESTOU SENTIDO MUITA RIGIDEZ DAS PERNAS ISSO FAZ PARTE DOS SINTOMAS DA PROTUSÃO DR E CAMINHO MUITO MAL NÃO FASSO CAMIHADA A MAIS DE 6 MESES DEVIDO A MINHA MARCHA ESTÁ MUITO RUIM.

    • Olá Francisco,
      Seus sintomas de rigidez devem estar sendo provocados por algum componente medular – não me parece ser causado pelo seu problema L5-S1.
      Pode ser que a protrusão D11-12 esteja provocando seus sintomas.
      Marque uma consulta conosco para que possamos ajudá-lo. Atenciosamente equipe SPNEURO

    • Catarina, primeiro precisamos analisar seu caso para ver se sua hérnia de disco é realmente cirúrgica. Marque uma consulta conosco

    • Boa tarde
      A cirurgia de hérnia de disco lombar, quando indicada a MICRODISCECTOMIA, geralmente permite alta precoce, no dia sequente ao dia da cirurgia – portanto geralmente 1 dia de internação hospitalar. Costumamos orientar repouso domiciliar por período variável, mas na média de 30 dias

  131. Bom dia!

    Minha mãe fez uma cirurgia de hernia de disco no dia 07/03.
    Ela tinha 3 hernias e uma dela estava comprimindo o nervo ciático.
    Queria saber como é a recuperação de uma cirurgia dessas pois até o momento ela não melhorou das dores. As dores continuam fortes e ela não tem mais forças para andar.

    Obrigada

    • Olá Silvia,

      Aconselharia entrar em contato com o cirurgião responsável pela cirurgia de sua mãe para que a avaliasse.

      Caso necessite, estamos a disposição para avalia-la em um de nossos consultórios

    • Olá Camila.

      Alguns pacientes apresentam lesões dentro dos corpos vertebrais, e as mais comuns são os hemangiomas. Estas lesões não são malignas e raramente são responsáveis por sintomas.

    • Olá Dirce, caso precise de uma outra opinião sobre seu quadro, aguardamos uma visita em um de nossos consultórios.

  132. Boa tarde, o hemangioma é um tumor? É grave? Qual o risco de ter ele na parte da coluna lombo sacra? Qual o tratamento? Obrigada.

    • Camila,
      Trata-se de um tumor benigno. Dificilmente ele é responsável pelas dores. Caso hajam sintomas, existem tratamentos diversos.

    • O tratamento da hérnia de disco varia de acordo com sintomas e exames de imagem. Portanto não existe o melhor tratamento para as hérnias em geral, e sim um tratamento específico para cada caso

  133. estou com dor na regiao lombar e vai descendo para a perna direita, fui ao medico e ele pediu um Rm lombo sacra e o resultado apresentou:
    Fast-spin-echo – plano sagital, sequencia pesada em T2
    spin echo – plano axial, sequencia pesada em T1
    fast-spin- echo – plano axial, sequencia pesada em T2
    stir- -plano sagital, sequencia pesada em T2

    poderia me dizer oq significa???

    • Victor

      Você descreveu apenas a técnica do exame.

      O laudo com achados mesmo não foram descritos.

      Se possível encaminhar restante do laudo.

  134. Olá novamente, estive aqui no site ano passado comentando sobre minha hérnia de disco, eu estava me tratando com um ortopedista especialista em coluna, tomei todos os remédios possiveis e imaginaveis e não tive melhora.
    Ele então me sugiriu uma infiltração, mas como não possuo plano de saude não teria como pagar a infiltração que segundo ele seria a ultima tentativa antes de partir pra cirurgia.
    No entanto não tive mais como pagar a consulta com esse ortopedista e procurei um clinico do posto de saude que me encaminhou pro neuro, o Neuro por sua vez disse que eu não tenho hérnia de disco, mas continuo com as mesmas dores, e os mesmos sintomas de dormencia e formigamento nas pernas.
    O clinico me pediu um raio-x da cervical e lombar na cervicar deu o seguinte resultado: Redução do interespaço c6-c7.
    E na lombar deu espaços de discos inter-vertebrais conservados.
    Por favor me tirem essa dúvida , pois não aguento mais sentir dor, mal posso andar, e me abaixar então nem pensar, senão trava a coluna e dali não saiu do lugar.
    Vcs acham que devo procurar um outro tipo de médico?
    Desde ja muito Obrigada!!!
    Denise

    • Olá Denise

      Realmente sem examiná-la e sem poder analisar seus exames dificilmente poderemos fazer uma indicação adequada de qual seria o melhor tratamento para você. O raio X de coluna cervical demonstra uma alteração inespecífica de disco – pouco se pode concluir deste achado.
      Se houver interesse, aguardamos você em um de nossos endereços para que possamos conversar mais sobre as possibilidades de tratamento.

  135. Olá!
    Gostaria de saber se os problemas que tenho é para cirurgia?

    Faixas subcondrais de sinal alterado nas placas basais e apostas nos corpos vertebrais de L5-S1 secundarios a discopatia.
    Nódulos de Schmorl nos platos vertebrais de D12 e L1.
    Redução da intensidade de sinal em T2 dos discos intervertebrais lombares com redução da altura de L3-L4, por discopatia.
    Os discos L2-L3 e L5-S1 apresentam focos periféricos de sinais elevados em T2, por laceração do anel fibroso.
    Discreto abaulamento difuso não compressivo em L2-L3 e L3-L4.
    Abaulamento difuso dos discos L4-L5, que ocupam as porções inferiores dos forames neurais correspondentes e comprimem a face ventral do saco dural.
    Espessamento dos ligamentos amarelos em L4-L5.
    Artrose interfacetária em L4-L5 e L5-S1.
    Redução relativa do forame neural L5-S1 a esquerda.

    • Olá Ricardo,
      É possível que trate-se de um caso cirúrgico, mas precisamos antes de mais nada avaliar e entender suas queixas, além de examinar seus exames. O laudo de seu exame exprime algumas alterações degenerativas da coluna lombar.

  136. Tive uma crise lombar há 45 dias atras na academia fazendo um leg press. Fiz a ressonancia e o laudo é:
    Discreta redução bilateral da amplitude dos forames neutrais de L4l5 e L5S1
    Desidratação parcial dos discos de L4L5 e L5S1
    Pequena protusao discal difusa com diminuto componente focal em situação posteromediana em L4L5 associada a rotura do anel fibroso determinando leve indentação sobre a face central do saco dural
    Protusao difusa L5S1 um pouco mais evidente em situação posteromediana tocando a face central do saco dural
    Diagnostico: discopatia degenerativa lombar inferior associada a diminuta hernia de disco posteromediana em L4L5
    Tenho 27 anos e uma hiperlordose acentuada , mas quase na tinha dores. Desde então estou sentindo dor no gluteo esquerdo e um choque passageiro na parte lateral da perna esquerda. Tenho momentos sem dor e outros bem ruins que não me deixam ficar sentada trabalhando. Estou fazendo fisioterapia , RPG e Pilates.
    Essas minhas dores sao da hernia ou da diminuição do espaço os forames?

    • Olá Aline,

      Os sintomas são devidos a compressão radicular, e tanto as hérnias quanto a diminuição dos forames devem estar contribuindo para seus sintomas. A fisioterapia, RPG e Pilates são muito importantes no tratamento conservador das doenças lombares. Havendo persistência dos sintomas após 3 meses, deve-se fazer uma nova avaliação para avaliação de tratamento cirúrgico.

  137. Olá, gostaria que o Sr me tirasse uma duvida a 6 anos atraz tive um cancer uterino e fiz 28 sessoes de raditerapia pelvica e agora de uns 3 anos para ca venho tendo muitas dores nos ossos, e fiz uma rm, e constatou: osteosfitos marginais dos corpos vertebrais lombares, Hiperintensidade de sinal nas sequencias ponderadas em T1 e T2 na quinta vertebra lombar e nas peças sacrais sugerindo substituição gordurosa. Este achado é comum em paciente que fizeram radioterapia pelvica ( correlaciona). Imagem ovulada com sinal hiperitenso tanto em T1 qto em T2 localizada na medular osséa de L1 compativel com Hemangioma. Nos interespaços L4-L5 e L5-S1 evidenciamos leves abaulamentos discais posteriores indentando a gordura epidural. Artropatia degenerativa ( artrose) das interapofisarias de L4-L5 e L5-S1, principalmente neste ultimo interespaço. Pequenos cistos diverticulos pirineurais em S2-S3 bilateralmente. Musculatura para vertebral simétrica. o que significa tudo isso vou precisar fazer cirurgia, o que mais me preocupa é essa substituição gordurosa na coluna vertebral e nas peças sacrais por causa da radioterapia, pois tive um leiomiossarcoma um cancer de partes mole, me ajude por favor! obrigado!!!!!

    • Ola Marcia

      Primeiramente, devemos ter certeza que as alterações apresentadas em seu exame estão associadas a radiação local – Pelo laudo, não é possível ter total certeza deste quadro. SAbemos que a radioterapia pode causar danos em tecidos normais também, incluindo ossos, mas sabemos que os ossos são sede de possíveis lesões a distância de alguns tipos de tumores.

      Para uma avaliação mais criteriosa, realmente acho necessária uma avaliação de seu quadro e seus exames de imagem. MArque uma consulta conosco para que possamos esclarecer suas dúvidas

  138. fiz um exame e o resultado foi:
    1. retificaçao da curvatura fisiologia cervical
    2. redução do sinal em t2 nos discos invertebrados cervicais, caracterizando desidratação discal
    3. protusão discal posterior difusa em c5-c6, obliterando a coluna liquorica anterior, comprimindo o saco dural
    por favor, me digam se isso é hernia disco e se é grave e se tem cura. sou professor, me digam se posso continuar a ensinar, pois sinto muitas dores no pescoço, ombro, braços e maos. muito obrigado

    • Olá Francisco
      Os sintomas apresentados de dor no pescoço, ombro, braços e mãos podem estar associados a seu problema na coluna cervical. Em casos de falha de tratamento clínico, eventualmente pode ser necessário o tratamento cirúrgico. EM tratando-se de coluna cervical, os pacientes costumam retornar a suas atividades larorativas normalmente – Aguardamos sua visita para maiores esclarecimentos

  139. Olá…
    Faz 1 mês que minha irmã vem sofrendo com a hernia de disco, esta semana começou com a fisioterapia e saiu hoje o laudo do exame dela: “Ressonância magnética de coluna lombo-sacra
    Disco L5-S1 com perda de sinal e hérnia póstero-lateral direita e ligamentos amarelos espessados (esclerose óssea contígua).” este é o laudo! pode me explicar o que quer dizer cada uma dessas coisas, tipo perda de sinal, etc…

    Muito obrigado e aguardo a resposta… abraço

    • Olá Oscar
      Perda de sinal quer dizer que o disco está desidratado. O espessamento de ligamento, o problema l5s1 indicam uma doença da coluna . Dependendo dos sintomas e grau de compressão temos duas opções – tto conservador com medicamentos e fisioterapia (90% dos casos), ou tto cirúrgico

  140. Fiz uma ressonância magnética da coluna lombo sacra e o resultado foi que tenho desvio do eixo lombar para a esquerda. Discopatia degenerativa L4-L5, com hérnia discal posterior paramediana esquerda comprimindo o saco dural e a raiz L5 esquerda descendente. É grave? tem tratamento sem fisioterapia e sem cirurgia? estou muito preocupada o que eu devo fazer?

    • Olá Cláudia,

      Se os seus sintomas forem predominantemente de dores na perna, é possível que o melhor tratamento seja com cirurgia. Mas deve iniciar com medicações e fisioterapia por período de 6 a 8 semanas.

      Se os sintomas forem de dores nas costas, geralmente indicamos mais o tratamento com medicações, e sim, fisioterapia- esta constitui-se no pilar do tratamento sem cirurgia

  141. Sinto dores na coluna que descem pela perna esquerda, alem da dor que é muito forte quase nao consigo andar, esse sintoma ja vem de alguns meses atras, ja tomei diversos remedios e nem sinal de melhora, fiz uma ressonancia e o resultado dela segue abaixo :

    Exame realizado em aparelho de ressonância magnética de alto campo com aquisição de imagens nas seguintes sequências:
    sagital T2, T1 e T2 FAT SAT; axial T2;

    * Exame documentado em CD e Filme:
    Os seguintes aspectos foram observados:
    Hérnias intra-somáticas (Schmorl) através de alguns platôs vertebrais.
    Corpos vertebrais alinhados e com altura preservada.
    Alterações degenerativas do tipo Modic I (edema) nos platôs de aposição de L4-L5.
    Osteófitos marginais incipientes nos corpos vertebrais de L4 e L5.
    Alterações degenerativas incipientes das articulações interapofisárias de L3-L4 a L5-S1.
    Espessamento dos ligamentos amarelos em L4-L5, imprimindo a face dorsal do saco dural.
    Sinais de hipohidratação do disco intervertebral em L4-L5.
    Abaulamentos das fibrais discais posteriores em L2-L3 e L3-L4, sem sinais de compressão radicular.
    Abaulamento discal no nível L4-L5, com componente assimétrico paramediano esquerdo, com ruptura do ânulo fibroso nesta margem, imprimindo a face ventral do saco dural e mantendo contato com a raiz descendente intracanal esquerda de L5, bem como determinando
    estenose do canal vertebral neste nível com agrupamento radicular relativo.
    Abaulamento discal em L5-S1, que toca a face ventral do saco dural e estreita as bases foraminais, sem compressão radicular significativa em decúbito dorsal.
    Demais discos intervertebrais com morfologia e sinal preservados.
    O canal vertebral permanece amplo nos demais níveis.
    Cone medular com morfologia e distribuição habituais.
    Demais forames intervertebrais com amplitude preservada.
    Planos musculoadiposos paravertebrais de aspecto preservado.
    OPINIÃO: Espondilodiscoartrose incipiente.
    Abaulamentos discais incipientes em L2-L3 e L3-L4, sem sinais de compressão radicular.
    Abaulamento discal em L4-L5, com componente assimétrico paramediano esquerdo, tocando a raiz descendente intracanal homolateral de L5, além de determinar estenose do canal vertebral neste nível.
    O restante do exame não demonstra alterações significativas.

    Deixo minha pergunta, sera presciso fazer cirurgia neste caso ou fisioterapia vai resolver???

    • Olá Claudiomar,

      Especificamente o seu tipo de caso, com dores predominantes na perna, sem melhora com medicação, com ressonância demonstrando compressão de raíz no nível L4L5 a esquerda, é provável que você se beneficie com tratamento cirúrgico.

      A equipe SPNEURO dispõe de profissionais especialistas no tratamento de doenças da coluna vertebral.

  142. Oi eu sou cadeirante e a meses venho sentindo dor no final da coluna. Realizei uma ressonância e deram o seguinte diagnóstico
    “moderada redução volumétrica da musculatura paravertebral posterior, dos ileopsoas e da musculatura glútea bilateralmente, com moderada lipossubustituição.”
    O que é isso?

    • Olá Patrícia,

      Surgem algumas dúvidas – seu déficit é congênito ou devido a trauma ou outra causa? Foram descritas alterações de partes moles que inferem denervação crônica- explicando: quando uma estrutura perde inervação tende a involuir, atrofiar, e pode ser substituída por tecido gorduroso.

  143. Tenho dores lombares que arradiam até as pernas. Li todos os comentários e diferente de mim não apresentaram inchaços nas pernas. Gostaria de saber se Hérnia de Disco causa inchaços nas pernas?

    • Olá Pedro,

      Em casos muito crônicos, graves, ou depois de cirurgias, podem haver alterações autonômicas que podem justificar o edema. Ressalto: não é o mais comum! Deve ser investigada causa cardíaca ou renal e eventualmente tireóide e proteínas do sangue como causas principais de edema de membros inferiores.

  144. Fiz RM de coluna lombar com o seguintes resultados;
    hipersinal T1 e T2 em medula ossea dos platos vertebrais inferior de L5 e superior S1 a direita (modic2).
    Desidrataçao do disco intervertebral l5 s1 que apresenta protrusão central que impressiona o saco dural.
    Sinto fortes dores nas pernas e na parte lombar, alem de dormencia e formigamentos, sofro com isto a uns 3 anos.
    agora a uns 2 anos comecei a sentir dores no pescoço, formigamento e dormencia nos braços alem de dores nos ombros, maos e braços fiz a RM da cervical que apresentou o seguinte; corpos vertebrais preservados.
    Intensidade de sinal nos corpos vertebrais cervicais, liquido cerebro espinhal e raizes nervosas.
    Observa-se discreta hipertrofia facetaria bilateralmente e c5 e c6.
    nota-se protrusao discal focal justa foraminal a direita em c5 c6 ,obliterando parcialmente o aspecto inferior homolateralmente.
    Discretas alteraçoes osteodegenerativas interfacetarias bvilaterlmente c5 c6.
    protrusao discal jusa foraminal a direita em c5 c6 com aparente ruptura anular patelar. Por favor me ajude, nao aguento mais viver com isto , pois sinto tudo isto direto seje de dia ou na hora de dormir.

    • Olá Eliana

      Primeiramente desculpe-nos pelo atraso na resposta. Tivemos problemas com o servidor.

      Realmente os laudos de seus exames demonstram alterações degenerativas da coluna lombar e cervical. No entanto, pelo laudo, não me parecem ser responsáveis por todos sintomas relatados.

      Para opinar melhor sobre seu caso, precisamos realmente examiná-la e se possível checar as imagens, uma por uma, para que possamos tentar ajudá-la com correto diagnóstico

  145. Boa noite. Há 1 ano fraturei a 5ª vértebra da lombar e tive um hematoma com infiltração na 4ª vértebra da lombar. Este mes fiz um ressonância para verificar a calcificação e o laudo foi o seguinte: desidratação do disco intervertebral L4-L5, o qual está leve e difusamente abaulado ocupando a porção inferior dos forames neurais com pequena protrusão póstero-mediana, focal, que comprime suavemente o saco dural e ainda foco periférico de laceração de anel fibroso em L4-L5, em situação foraminal direita com efeito compressivo.
    Desde já o meu muito obrigada e aguardo o seu laudo.

    • Olá Suzana,

      Você não relatou o que vem sentindo, mas podemos adiantar que em seu caso, se houver dores na perna direita, é possível que se beneficie com tratamento cirúrgico.

      Agende uma consulta conosco para que possamos ajudá-la!

  146. Boa Noite!
    A tempos venho sentindo muita dor na lombar. Fiz uma ressonância que deu o seguinte resultado: Artropatia interapofisária incipiente bilateralmente em L5 – S1.
    O que eu tenho??

    Obrigada! Aguardo a resposta…

    • Olá Riccele

      Você está com sinais radiológicos de doença degenerativa da articulação ou faceta lombar, entre a quinta lombar e primeira sacral.

      Pode ser origem de suas dores, principalmente se sua dor é pior quando permanece muito tempo d pé, quando extende o tronco, quando levanta-se de posição sentada.

      Felizmente, possui tratamento bastante efetivo com método minimamente invasivo, caso seja indicado em seu caso

  147. Olá boa noite, fiz uma topografia e o laudo deu: tênues profusões discais, mediana em L4-L5 e paramediana direita em L5-S1, fazendo suaves impressão sobre o saco dural e contactando a raiz nervosa descendente direita de S1, respectivamente.
    O que seria? Tenho dores q nao consigo ficar deitada na cama! Mas a dor é localizada nao irradia pra membros inferiores! Muito obrigada Boa noite

    • Olá Nathália,

      Você relata algo que nos preocupa um pouco – dores que pioram em repouso( deitada) podem sugerir outras doenças, talvez não associadas com suas protrusões.

      As protrusões em ressonância são muito comuns, e nem sempre querem dizer necessariamente doença. Isto porque existe um envelhecimento natural da coluna, e as protrusões podem fazer parte deste envelhecimento natural.

  148. olá boa tarde, meu é amarante matos vitor, tenho 54 anos há muito anos cinto dores na coluna e nas pernas e formigamento tb nas pernas fiz RM e o resultado foi o seguinte: articulações interapofisárias congruentes sinais de hipoidratações discais em L4-L5eL5S1.rotura radial do ânulo fibroso no contorno posterior do disco L4L5eL5S1, abalaumentos diswcal posterior difusos em L4eL5eL5S1condicionando leve compressão sobre a face ventral do sosa dural, sem sinais de compresão radicular significativamusculatura paravertebral normotroica sinais de edema dos ligamentos interespinhoso em L4L5eL5S1, inferindo estiramento injúria ligamento.

    • Olá Amarante

      São descritas diversas alterações degenerativas de sua coluna mas sem sinais de compressão de nervos importante.

      Em primeira análise (para análise definitiva, ressaltamos, é necessário uma avaliação presencial, para que possamos fazer um exame físico e interrogatório mais completo) é um bom candidato a procedimentos minimamente invasivos para tratamento de suas dores.

  149. Fiz uma tomografia e deu protusão discal focal de base larga l4-l5 com compressão do saco dural e redução do canal raquiano e pequena protusão discal focal l5-s1 que toca o saco dural. Tenho dor irradiada para a perna esquerda, será que tenho que operar? Desde já agradeço.

    • Silvânia. Se há persistÊncia dos sintomas após medidas clínicas – fisioterapia, medicações, pode ser que a cirurgia seja indicada. Felizmente nos dias de hoje estamos aptos a realizar tratamentos pouco invasivos e efetivos. Marque uma consulta conosco! É possível que uma ressonância magnética traga dados a mais para seu caso.

  150. Desidratação discal degenerativa incipiente em L5-S1, acompanhada de protusão discal posterior, sobreposta à fissura anular, não compressiva. Este é o diagnóstico do meu exame de ressonância magnética. É uma hérnia lombar? Qual a gravidade? O tratamento é somente fisioterapia?

    • Laura, em termos você possui sim uma hérnia – Você não falou dos sintomas, mas inicialmente, se não há perda de força de membros ou alteração da funcão urinária e/ou fecal, o tratamento inicial deve ser a fisioterapia. Se a dor estiver sendo muito intensa, podemos recorrer a métodos de bloqueio ou rizotomias para que você possa reabilitar mais precocemente. Att

  151. Boa noite,

    meu pai estava sentindo fortes dores na coluna, foi ao médico, que o mandou fazer uma ressonância magnética, resultado:

    - Sacralização de L5
    - Discopatia degenerativa em L4-L5 associada a discretas reações hipertróficas marginais nos platôs vertebrais contíguos.
    - Protusão posterior de base larga do disco invertebral L4-L5, comprimindo o saco dural e reduzindo de forma discreta a amplitude foraminal bilateral.
    - Sinais discretos de injúria dos ligamentos interespinhoso nos níveis de L3-L4 e L4-L5.

    Se trata de uma hérnia de disco? É um caso cirúrgico?
    Aguardo notícias.

    Grata.

    • Cara Rafaelle,

      Ele possui doença degenerativa do disco – não se trata necessariamente de uma hérnia. Você falou pouco dos sintomas de seu pai. Ele sente dores ou perda de força nas pernas?

      Bom, para tratamento de dores, existem outras possibilidades antes da cirurgia.

      Podemos examiná-lo melhor no consultório para poder propor o melhor tratamento! Aguardamos seu contato.

  152. Fiz uma Ressonância Magnética da coluna Lombar e deu o seguinte resultado:
    Retificação da lordose fisiológica lombar na posição de exame.
    Corpos vertebrais alinhado e com altura preservada, notando pequenos osteófitos marginais antirolaterais em L4 e L5
    Alteração degenerativa discal em L4-L5 com leve redução de altura
    Articulações infeacetárias sem alterações significativa
    Alteração degenerativa discogenica de padrão gorduroso(MODIC TIPO II) nos platões vertebrais oponentes de L4-L5
    Em L4-L5:Ambulamento discal difuso que molda a face ventral do saco dural e se insinua a porção inferior dos neuroforames sem repercussão sobre as estruturas neurais.
    Demais discos invertebrado com morfologia e sinal preservado,sem evidências de herniações ou abaulamentos significativo
    Canal vertebral com amplitude preservada
    Demais neuroforames livres
    Raizes neurais de cauda equina de distribuição anatômica no interior do saco dural
    Estruturas paravertebrais sem anormalidades
    Opinião:
    Espondilose lombar com retificação da lordose
    Discopatia degenerativa associada a abaulamento discal difuso em L4-L5,sem repercussões neurais.
    Estou sentindo muitas dores nas costas e nas pernas não consigo me levantar direito e já estou andando mancando a um tempinho, fiz a Ressônância peguei o resultado já mais meu medico só está marcado para o próximo mês!! logo estou ansioso e curioso para o resultado e o principal não aguento mais a dor eu já perdir 20 kg e eutou sentindo muita dor no estomago por causa do remédio forte que estou tomando
    quais os passos que devo tomar….

    • Anderson,
      PArece-me que você está bastante sintomático, no entanto, as imagens de sua ressonância são fundamentais para avaliação de seu quadro, visto que o laudo não é muito conclusivo – descreve algumas alterações da coluna inespecíficas.

      Vejo que está empenhado no seu tratamento e não tem surtido efeito.

      Acho provável que exista algum tipo de tratamento efetivo para sua dor – Procure um de nossos consultórios para que possamos orientá-lo!

  153. meu diagnostico de ressonancia é Espondilodiscoartrose. formaçao nodular hiperintensa em T1 e T2 no pediculo direito T12. Lipohemangioma?
    Abaulamento difuso do disco T11-T2 do canal face ventral do saco dural.
    O que é isso?

    • Helen
      Os hemangiomas são lesões benignas muito comuns na coluna vertebral. Em raros casos, eles são os responsáveis por dores – geralmente a origem das dores vem de artrose de articulações ou do disco intervertebral.

      O abaulamento do disco T11-12 é uma doença degenerativa do disco “processo inicial de uma hérnia”
      O tratamento das dores envolve desde medicações até pequenos procedimentos realizados no centro cirúrgico, sob anestesia local e sem necessidade de pernoite.

  154. Bom dia. Fiz uma RM com o seguinte diagnótico:
    - Hérnia de disco L4/L5, posterior para-mediana a esquerda.
    Sinto dor nas costas local; parestesia e dor leve na perna esquerda; creptação/barulho nas articulações do joelho, pé, coluna, bacia; Dor nos testículos.
    O ortopedista disse que as dores nas costas e pernas eram norma no caso deste tipo de hérnia, me encaminhou ao urologista para análisar a dor nos testículos. Ourologista, por sua vez, após uma bateria de exames concluiu que não tinha nada que justifica-se as dores no mesmo e concluiu que tais dores seriam irradiadas na coluna.
    Sinto haver mesmo uma relação entre as dores, pois nas crises da coluna, o incomodo nos testículos aumenta.

    Quero saber se é provável as dores do testículo serem irradiadas da coluna? Se é comum acontecer essa irradiação para os testículos? Se cirurgia na hernia resolveria ambos os problemas? Quanto custa em média a cirurgia deste tipo de hérnia? Se as dores nos testículos podem deixar algum problema fisiologico/funicional nos mesmo? Qual a recomendação geral?

    Vale ressaltar que neste período ja realizei fisioterapias, fortalecimento muscular, musculação, alongamento. Todos os tratamentos surtem efeitos, mas as dores persistem. Não tenho nenhuma limitação motora, realizo minhas atividades diárias normalmente, o incomodo são as dores e o mal estar.

    Desde já, muito obrigado

    • Olá

      As dores nos testículos podem sim ser associadas a hérnias de disco. Acontece que sua hérnia neste segmento L4-l5 não costuma dar com muita frequencia sintomas irradiados para o testículo, geralmente são hérnia de segmentos mais altos.

      Se outros profissionais consultados relatam que o problema é oriundo da coluna, pode ser que haja relação- mas não temos condição de relatar nada sem examinar com cuidado seus exames.

      Marque uma consulta conosco para que possamos avaliá-lo melhor.

    • Olá Célia
      Sobre honorários médicos precisamos analisar seu caso para podermos definir o tratamento. Os honorários devrão incluir o cirurgião, o 1o auxiliar, o anestesista e as visitas ao hospital durante o período de internação. Marque uma consulta conosco! Lembre-se que muitos convênios possuem reebolso médico, o que faz com que o valor pago seja devolvido inteira ou parcialmente

  155. Poderia me ajudar numa analise de uma ressonância ?
    - Retificação L5-S1, de aspecto degenerativo.
    - Retificação da lordose lombar fisiológica em decúbito.
    - Osteofitose marginal nos corpos vertebrais.
    - Redução do sinal dos discos intervertebrais lombares nas seguencias ponderadas em T2, indicando desidratação discal.
    - Protrusão posterior difusa do disco intervertebral L5-S1, que oblique a gordura epidural anterior, determinando leve compressão sobre a face ventral do saco dural.
    - Sinais de hipertrofia facetaria em L4-L5 e L5-S1.

    No aguardo,

    Se há necessidade de uma consulta.

    Obrigado.

    • Olá Alessandre

      Você descreve alterações degenrativas da coluna lombar em seu laudo. Mas o importante para nós é entendermos também o tipo de dor que sente.

      Se as dores forem originadas das facetas articulares (você possui hipertrofia facetária em seu laudo), pode estar com a chamada síndrome de dor facetária, e pode se beneficiar com um tratamento minimamente invasivo denominado rizotomia percutânea de facetas.

      Aguardamos sua visita em um de nossos consultórios
      http://spneuro.com.br/contato/

  156. Olá, Doutor, obrigado pela atenção.
    Pratiquei tênis e futebol por mais de 35 anos, tenho hoje 52.
    Tenho dores lombares desde os 35 anos.
    Venho fazendo os tratamentos convencionais ( natação, fisioterapia ) e, mais recentemente, Pilates, e tenho alternado bons e maus períodos. Estava há um ano sem dor e tinha voltado a correr duas vezes por semana ( 5 km ), mas tive nova crise.
    A Ressonancia magnética apontou o seguinte ;
    — Moderado grau de doença degenerativa dos discos intervertebrais lombares em L2-L3, L3 -L4, L4-L5 e L5-S1, com redução da altura dos espaços discais, herniação intrassomática de núcleo polposo, protusão discal difusa e desidratação dos discos intervertebrais ;
    — As protusões discais exercem pequena impressão sobre a margem anterior do saco dural;
    — No mesmo segmento observamos também artrose das articulações interapofisárias de 3º grau;
    — Cone modular com morfologia e sinal normais.

    Gostaria de uma posição a respeito de uma possível cirurgia, e quanto à possibilidade de voltar a correr ou jogar tênis.

    Obrigado e aguardo retorno.

    • Olá Carlos

      É possível que haja melhora do seu quadro com tratamento cirúrgico.
      Se o quadro for de apenas dores lombares, existem procedimentos minimamente invasivos para tratamento do sintoma.

      Existe grande possibilidade de retorno a atividades, inclusive as citadas.

      Marque uma consulta conosco – Equipe SPNEURO
      http://spneuro.com.br/contato/

  157. Ola fiz ressonancia e o diagnostico foi:
    Ligeira retificação do eixo lordose lombar
    desidratação parciaç dodisco intevertebral L5-S1 caracterizada por redução de sinal na sequencia ponderada em T2/TSE
    Minimo abaulamaneto discal no nivel L5-S1 c/ sinais de fissura radial, que molda a face ventral do saco dural
    Hipersial em T2/TSE na altura dos ligamentos interspinhoso nos niveis L4-L5 e L5-S1. Esse achado comumente é encontrado nos casos de hipersolicitação mecanica

    Sinto dores na lombar onde se estende nas nadegas e perna e pé esquerdo. O que pode ser?

    • Olá Ana
      Possivelmente está com alguma sobrecarga no segmento lombar. Pelo laudo não parece haver grandes compressões sobre estruturas neurais.
      As dores que irradiam para as nádegas podem ser oriundas das articulações facetárias da coluna.
      Marque uma consulta conosco para que possamos examiná-la e diagnosticar a causa de suas dores.
      http://spneuro.com.br/contato/

  158. olá, bom dia mais uma vez gostaria de uma orientação uma vez que na primeira não informei as consequencias do meu problema:o exame de tomografia entre outro diz que nível l5-s1:herniação discal paramediana esquerda comprimindo o saco dural e a raiz descendente de s1 a esquerda,o exame de RM entre outros diz:sinais de hipoidratação discal em l4-l5el4-S1, abaulamento discal posteriores difusos em l4-l5 e l5-S1 condicionando leve compressão sobre a face ventral do saco dural,sem sinais de compressão radicular significativa e sinais de edema dos ligamentos interespinhosos em l4-l5 e l5-s1, inferindo estiramento injúria ligamentar.pois bem, além das fortes dores na coluna nas duas pernas formigamento e qd vou urinar tenho jato fraco urino várias vezes e ainda assim quanto termino restos de urina molha as calças tb tenho dificuldades para defecar mesmo que não tenho problema de ressecamento todo este comentário são citomas do doença da coluna?obs: faz 4 anos que tenho acompanhamento com médicos urologia fiz todos exames possíveis nada encontrado obs; sou vigilante trabalho 12 horas em pé por dia tenho 54 anos faltam 5 anos para mim aposentar não sei se vou aguentar mais tempo trabalhando pois alem desses problémas tb tenho os 2 joelhos bastantes delicados meu médico de joelhos disse q o meu caso é cirúrgico porém precisa por próteses mas só seria possível se eu tivesse mais de 65 anos ele mim deu 90 dias de afastamento do trabalho no laudo ele escreveu m-cid 17 o INSS ´so mim afastou por 40 dias e negou 3 pedidos de prorrógação . mais uma vez muito obrigado e Deus abençoie.

  159. Olá, há pouco tempo sofri um acidente de carro e lesionei a cervical, fiz uma tomografia e o laudo foi o seguinte: Discreto abaulamento discal posterior em c4-c5 e c5- c6 tocando a face ventral do saco dural. O médico não me recomendou nenhum tratamento, porém sinto muitas dores no pescoço que irradiam para o braço esquerdo principalmente, e que às vezes sinto formigamento no mesmo, tbm tenho um “calombo” atrás do pescoço e que dependendo da posição dói como se estivesse queimando. Gostaria de saber se devo procurar outro médico pra uma melhor avaliação, já que ele nem olhou as imagens do CD, ou a conduta dele está correta… Obrigada! Kátia

    • Kátia, não atendemos convênio medial, se estiver com todos exames podemos fazer um preço diferenciado na consulta para avaliação. (11) 5573-5554

  160. Olá
    Realizei uma ressonância magnética lombossacra dia 14/05 e o resultado foi:
    Alterações degenerativas tipo Modic I (edema) nos planaltos vertebrais apostos de L5-S1.
    Antropatia degenerativa interapofissária leve em L4-L5 e L5-S1.
    Desidratação e redução da altura do disco invertebral L5-S1, notando-se rotura do ânulo fibroso na sua margem posterior.
    Em L4-L5, observa-se abaulamento discal que retifica a face ventral do saco dural e oblitera parcialmente o terço inferior dos forames intervertebrais, sem evidências de compressões radiculares.
    Em L5-S1, observa-se abaulamento discal que retifica a face ventral do saco dural e oblitera o terço inferior dos forames intervertebrais, tocando as raízes emergentes de L5 bilaterais.
    Sinto muita dor lombar e na perna esquerda, ultimamente estou sentido formigamentos na mesma perna e as vezes fica muito quente e em coisa de segundos fica fria novamente. Também me queixo muito de dores do calcanhar dos pés.
    Não entendo muito do assunto mas acho que estou com hérnia de disco.
    Gostaria de saber se é caso que é possivel tratar com medicamento e fisioterapia ou é caso cirúrgico.
    Aguardo resposta.
    Obrigada

  161. Por favor ajude-me a entender os resultados das RM’S da cervical e lombar. Gostaria de saber também se é caso cirurgico e se gera auxilio doença.
    Cervical: Espondilose cervical com abaulamentos difusos de C3-C4 a C7-D1, sem evidencias compressivas sobre a medula.

    Lombar: Discopatia degenerativa com protusão discal em L4-L5 que mantem proximidade da raiz nervosa descendente de L5 à esquerda e protusão discal em L5-S1 sem evidencia de compressão radicular.

    Obs: Sinto muitas dores na lombar e cervical, que irradia para o pescoço, braços, mãos, pernas e pés.
    Obrigado.

    • Viviam,
      O laudo cervical não demonstra muitas alterações. A coluna lombar parece apresentar um pinçamento de uma raíz ( l5)
      Agende uma consulta conosco para que possamos orientá-la da melhor forma!

  162. Boa tarde,
    Gostaria, se possível de orientação. Fiz cirurgia para retirada de hérnia extrusa em L5 S1 em 2010. Após 6 meses de cirurgia voltei a sentir fortes dores na coluna, com formigamento constante, diminuição da força e sem reflexo no pé direito. Fiz nova RM, que acusou extensa fibrose no espaço epidural circundando a raiz S1.
    O neuro que me operou, sugeriu nova cirurgia,porém os outros 2 médicos que participaram da cirurgia,disseram que não deveria ser feita nova cirurgia,pois a probabilidade de uma nova fibrose ainda maior ,era de quase 100%,pois dizem que é uma pré disposição do meu organismo em desenvolver fibrose. Resolveram assim,fazer uma rizotomia,que infelizmente não teve sucesso,pois as dores continuaram. O médico disse ,que não sabia mais o que fazer,pois nesse caso só uma nova cirurgia poderia melhorar,porém seria mais invasiva para retirar totalmente a fibrose e sendo assim, a tal fibrose,realmente poderia voltar ainda maior.Passei por outros 2 neuros e eles disseram a mesma coisa e não quiseram pegar meu caso. Encontrei um outro médico,que disse que faria a cirurgia,só que abriria mais a coluna para limpar a fibrose e assim teria que por 4 parafusos e cage, para dar sustentação na coluna e que eu poderia melhorar ou ter piora (poderia ficar com o pé caído). Diante disso, resolvi não operar. Hoje, faço acompanhamento com anestesiologista para controle algico com cymbalta, gabapentina e metadona e mesmo assim,sinto dores o tempo todo. Gostaria de saber sua opinião á respeito, se existe um tratamento para melhorar ou se deveria realmente tentar nova cirurgia. Agradeço,se puderem me orientar,pois não sei mais o que fazer para aliviar minhas dores.

    • Olá Ednéia,

      Infelizmente boa parte do movimento de pacientes novos que atendemos vêm com queixa de dor após cirurgia da coluna. A fibrose é uma das causas de dores, mas não é a única, e as vezes o diagnóstico é equivocado.

      O tratamento cirúrgico ou não só poderá ser definido após uma clara avaliação do paciente – atualmente existem diversas propostas de tratamento entre técnicas convencionais, técnicas de punção e técnicas minimamente invasiva.

      Se houver interesse, agende uma consulta conosco – Equipe SPNEURO

  163. Boa tarde! Tenho sentido muitas dores nas costa exatamente do lado direito e a dor irradia para a perna direita .
    Fiz uma RM e o resultado foi assim:
    Fissuras anulares associadas a protusões discais extremos laterais a direita nos niveis L2-L3-L3-L4, observando-se aparente impressão sobre o trajeto da raiz L2 direita no primeiro nivel .
    Tênue edema na projeção do ligamento interespinhoso L5-S1
    possivelmente associado a sobre carga.
    gostaria de saber oq isso significa é grave ? qual o melhor tratamento? Obrigado

    • Julio,
      Todo tratamento deve obedecer a uma escalada de complexidade. Eventualmente em alguns casos específicos, pela exuberância dos sintomas e/ou exames de imagem, o tratamento cirúrgico pode ser o mais efetivo. Atualmente existem diversas possibilidades de tratamento minimamente invasivos para tratamento de dores da coluna. Agende uma consulta conosco! http://Www.spneuro.com.br/contato

  164. olá boa tarde!
    gostaria muito que me tirasse algumas duvidas,meu nome é Cilene,tenho 33 anos sou casada e tenho 2 filhos…Em maio de 2011 passei por uma laminectomia para a retirada de uma hernia de disco em l4 l5,senti melhoras quase que instantâneamente,tive um pós-operatório tranquilo,porém 7 meses depois as minhas dores voltaram novamente,com muito menos intensidade,voltei a fazer tratamento com medicamentos e fisioterapia,e com a fisio senti que melhorei bastante…Engravidei em janeiro de de 2012 e passei uma gravidez tranquila com poucas dores,fiz a minha cesáreana em outubro(2012)até aí td certo,mas no começo deste ano voltei a sentir fortes dores novamente,daquelas que me impossibilitam de andar,abaixar,sentar…enfim,quase tudo,sinto muitas dores nas dua pernas e uma forte sensação de cólica o dia todo,fiz uma RM novamente em março deste ano que apareceu uma escoliose lombar dextro-concava,espondilose,pequena hernia discal protrusa l4 l5,discopatia degenerativa associada a abaulamento discal difuso destacando-se hernia discal protrusa em situação foraminal esquerda no nivel l5 s1….enfim,passei pelo especialista e ele me indicou a fisio novamente junto com um medicamento(tilex 30mg)interrompi a fisiso pois eu saia de lá pior do que quando eu entrava e ficava com fortes dores nos dias seguintes,um simples espirro me fazia chorar de dor,e o medicamento além de não tirar as dores ainda me causou efeitos colaterais do tipo tremores e fortes dores no estômado….no momento estou aguardando consulta com um outro médico especialista na área mas gostaria de saber o que seria mais aconselhavel no meu caso já que passei
    por cirurgia e tratamentos que não me adiantaram,por favor me aconselhe pois não aguento mais sentir essas dores pois tenho uma filha pequena e meu marido tem uma das pernas amputadas…abrigado desde já…..Cilene

    • Cilene,

      Casos pós-operatórios merecem um cuidado e pesquisa especial.
      Temos que analisar o que pode ter havido de falha na primeira cirurgia.
      Instabilidades, fibrose, infecção, são algumas das causas de insucesso nas cirurgias de coluna. Infelizmente temos recebido alguns pacientes operados por outros colegas que não evoluiram muito bem – felizmente existem métodos avançados no tratamento dos quadros de dores. Agende consulta conosco! Teremos prazer em tentar ajudá-la http://www.spneuro.com.br/contato

      • olá mais uma vez…agradeço a atenção e gostaria sim de tentar uma consulta.Meu plano de saúde é Allianz,vcs atendem?ahhh,consegui agendar hoje algumas sessões de RPG,pois estava com a guia do meu médico,a primeira sessão vai ser dia 07 de junho,dizem ser muito bom…o que vc acha?é realmente aconselhável?pois acho que é a unica coisa que eu não fiz ainda…mas obrigado mais uma vez….abraço….Cilene

  165. Olá boa tarde tenho abaulamento discal na região lombar entre l5 e ls no momento tenho dores no local estou tomando miosan caf 10mg que foi o que tomei da ultima vez que o correu dores nessa região mas não me lembro por qto tempo tomei por favor por qto tempo devo tomar o miosan? obrigado ass:Jair

    • Caro Jair,
      Não costumo deixar o miosan prescrito por mais de 3 meses na dosagem de 1 comp 10mg a noite. É possível sim praticar musculação, mas devendo evitar movimentos de carga axial e movimentos de torção. Procure fazer atividades acompanhado de um profissional no assunto. Os abaulamentos discais são muito freqüentes.

  166. Olá gostaria de tirar mais uma dúvida alguns profissionais dizem que é impossivel praticar musculação com o abaulamento discal que tenho entre a l5 e ls e outros apoiam a pratica da musculação ja que natação não posso praticar por ter alergia ao cloro gostaria de uma resposta da spneuro sobre isso afinal o certo seria praticar ou não musculação?obrigado pela atenção

  167. Olá novamente equipe da spneuro, ja estive aqui duas vezes tirando algumas dúvidas, porém agora estou mais perdida ainda,pois cada médico em que consulto me diz uma coisa diferente, pois bem fiz uma ressonancia magnética cujo resultado foi.
    Espaço intervertebral l4 l5 reduzido notando-se perda do hipersinal habitual em T2 do disco interverteral, indicando desidratação/ degeneração discal.
    Disco intervertebral l4 l5 com protusão posterior difusa que toca o saco dural e oblitera pequena parte do recesso interor dos forames intervertebrais bilateralmente.
    Passei pelo meu médico ortopedista na cadeira de rodas, pos além da dor que sinto nas pernas, agora elas estão parando de funcionar, não consigo andar mais que 10 passos sem cair, ele me encaminho pro neuro que disse que eu não tenho nada, nem indicação de cirurgia, ja meu médico do trabalho desconfia de esclerose, pois ja não tenho força alguma no braço esquerdo e estou perdendo a força do direito também.
    Por favor me expliquem o que significa esse resultado da ressonância,pois não tenho plano de saúde me trato pelo SUS e agora estou perdida sem saber pra onde correr, agravando ainda mais meu estado de depressão!!!
    Grata Denise.

    • Ola Denise,

      Precisamos antes de mais nada entender as queixas dos pacientes e analisar os exames de imagem. Existem quadros de dores leves apesar de exame demonstrando muitas alterações, e o contrário também – muitos sintomas e poucas alterações.
      Impossível falar que seu caso deva ser cirúrgico ou não, mas se o cirurgião analisou seu caso e não acha que deva melhorar com cirurgia, é provável que não precise realmente de cirurgia.

  168. Boa noite.
    Gostaria de saber quais são os procedimentos para evita dor na lombar, tenho 27 anos e peso 105 kg, ultimamente estou sentindo muita dor e resolvir fazer uma tomografia Multislice da Coluna Lombo-Sacra e deu as seguintes aspectos:
    TÉCNICA: Imagem helicoidais de 3mm de espessura paralelos aos planos dos doscos intervertebrais, ao níveis L3 à S1.

    -Notamos presença de vértebra de transição lombo-sacra.
    -Abaulamento discais difusos nos níveis L3-L4, L4-L5 e L5-VT, astreitando os forames de conjugação nos seus respectivos níveis.
    -Esclerose das articulações interapofisárias de VT-S1 bilateralmente.
    -Ausência de sinais de protrusão discal nos níveis axaminados.
    -Aspecto normal do canal vertebral.
    ID: 1)Presença de vértebra de transição lombo-sacra
    2)Alterações degenerativas da coluna lombo-sacra acima descrita.
    Afinal tenho que perde peso?
    Agradeço a atenção.
    Grato:
    Melquisedec

    • Qual a sua altura? Perder peso com certeza fará com que se sinta melhor. Pela tomografia não podemos dizer muita coisa. Precisamos entender os seus sintomas e avaliar se há relação com os achados

    • Temos desde novas medicações até cirurgias minimamente invasivas, passando por técnicas de infiltração e outros procedimentos para modular e tratar a dor

    • O valor é muito variável, de acordo com o tipo de cirurgia e o material utilizado. Lembrar que existem ambém gastos hospitalares que são altos.

  169. Desidratação com redução em altura do disco intervertebral de L5-S1.
    Pequena protrusão discal posterior mediana em L5-S1, tocando a face ventral do saco
    dural sem repercussões neurais.
    O que significa isso? tem algo a ver com hérnia de disco lombar?

  170. Olá, sofri um leve trauma no pescoço, (estava nadando em certa velocidade e colidi a cabeça no corpo de uma pessoa). Fiquei uma semana com o pescoço sem poder virar, e um certo formigamento na regiao do pescoço, essas dores passaram com 3 meses, sinto as vezes um leve incomodo mas isto nao atrapalha, o problema maior é que percebi que desde entao sinto minha BOCA SECA, uma especie de queimação leve na boca e uma ardência constante nos olhos acho que por falta de lacrimação. Pergunta: Tem de fato este sintoma ao acidente mencionado acima ? Há cura ? e quais seriam os tipos de cura ? Agradeço desde já e aguardo anciosamente pela resposta de vcs.

    • Olá Fernando,

      Alguns sintomas não aparentam estar associados ao trauma sofrido. Sugerimos que procure assistência médica para orientar os melhores exames a serem pedidos.

  171. ola, gostaria de tirar uma duvida é
    que fiz uma ressonância e o resultado foi:

    Sinais de espondilose lombar;
    Discopatia degenerativa lombar difusa,
    sendo mais evidente nos níveis L3/L4 e L4/L5;
    Minima protrusão discal póstero-mediana no nível T12/L1,
    que oblitera a gordura epidural e impressiona a face ventral do saco dural;
    Minimo abaulamento discal difuso no nivel L4/L5, que oblitera a gordura epidural,
    toca a face ventral do saco dural, estendendo-se as respectivas bases foraminais e forames neurais;
    Edema do tecido subcutâneo na região lombar inferior.

    Estou sentindo dores fortes nos braços e muita dor descendo para a perna e dores de cabeça. O que eu tenho e hernia de disco?

    • Olá Rejane,
      Os sintomas dos braços não tem nada de relacionados com os problemas lombares. Em princípio precisaríamos avaliar seu caso para ponderar sobre a gravidade e necessidade ou não de tratamento cirúrgico.
      Atendemos sim. Entre em contato conosco que teremos prazer em poder ajudar!

  172. Realizei uma tomografia pq estava sentindo fortes dores na cervical e o resultado foi de processo degenerativo discal C4 – 5 e C5 C6. Abaulamento discal difuso e cimétrico C4 -C5. Protrusão discal centro lateral esquerda C5 -C6. Diante do laudo descrito, é possível você descrever de forma mais clara e me indicar o tratamento para o meu problema?
    Obrigada.

    • Ola Thais,
      Sem querem dar uma resposta evasiva, depende: depende dos seus sintomas, se já tentou medicamentos e fisioterapia e não houve melhora, depende de sua idade, se possui outros problemas de saúde.
      Quando indicamos cirugia:
      Quando há dor de forte intensidade sem melhora,
      Quando há sinais de perda de força
      Quando identificamos compressão de nervos ou da medula que coloquem em risco o paciente
      Quando não existe risco cirúrgico alto

  173. dor na coluna há 1 mes sem melhora com medicação e massoterapia, estou torta (desalinhada), perdi a flexibilidade, dificuldade ao caminhar, não consigo pegar meu bebe q pesa 8 kg, dor nos quadril principalmente a noite. RM hipossinal em t1 e hipersinal em t2 no plato inferior de l4 e plato superior de l5, q caracteriza alteração ossea secundaria à degeneração discal Modic 1 (edema na medula ossea). abaulamento discal difuso do disco l4 l5 com compressão sobre a face anterior do sacu dural. abaulamento discal difuso do disco l5 S1 com lve compressão sobre a face anterior do saco dural. artrose da articulações interapofisiaria l3-l4, l4-l5,l5-S1.
    há uma semana comecei osteopatia e tratamento clinico, sem melhora do quadro. levei a rm p medica ela pediu cintilografia ossea do corpo todo e ressonancia do quadril com contraste e mais um monte de exame de sangue (hemograma , fosfatase alcalina, fan, dhc,vhs , calcio, e uns outros q n consigo ler) .o que esta acontecendo comigo??????

    • Daiane, você tem alterações degenerativas da coluna, com sintomas. Se os tratamentos que fez até hoje não foram bem sucedidos, marque uma consulta conosco para que possamos ajudá-la

  174. Bom dia..Fiz uma RM e ficou constatado que tenho uma “perda do sinal em T2 e da espessura do disco intervertebral de L5-S1″ e o medico disse que fisioterapia não iria adiantar somente uma cirurgia..Nesse caso preciso fazer uma cirurgia,pois sinto muita dor na parte posterior da coxa e na panturrilha direita, parece que estou caregando uma peso enorme..O que vcs sugerem..Obrigado.

    • As dores na perna podem ocorrer realmente por compressão de raiz nervosa por hérnia. Este tipo de dor realmente tem boa resposta com tratamento cirúrgico. Mas muitos desses quadros podem ser tratados inicialmente com medicações, terapias e tratamentos minimamente invasivos

  175. Bom tenho 25 anos minha ressonancia deu isso por conta de 1 tombo e dores na lombar :
    Reduçao na intensidade de sinal do T2 envolvendo dos discos intervertebrais lombares de forma q mais evidente em L4-L5 inferindo desidrataçao
    Protusao posterocentral do disco L4-L5 determinando compressao sobre o saco dural com migraçao caudo conteudo discal no espaço epidural
    Pequena protusao posterocentral envolvendo L2-L3 e L3-L4 determinando impressao sobre saco dural
    Conclusao
    Desidrataçao dos discos intervertebrais lombares de forma mais evidente em L4-L5
    Pequena protusao posterocentral envolvendo L2-L3 e L3-L4
    Protusao posterocentral do disco L4-L5 determinando compressao sobre o saco dural com migraçao caudo conteudo discal no espaço epidural

    Bom medico me passou fisioterapia RPG e analgesia medicamentos oral e injetaveis
    bom ate q ponto se tornaria grave e caso de cirugia e nesse caso é comun esse tipo de compressao e impressao
    sinto muitas dores na lombar ate uns meses atras so que agora as dores sao no joelho?

    • Bom dia Gabrieli

      Você possui alterações degenerativas da coluna, um pouco maiores do que o esperado para uma jovem de 25 anos.
      Havendo resposta pobre com uso de medicações, podemos considerar o tratamento com cirurgia ou tto minimamente invasivo. Agende uma consulta conosco!

  176. Bom dia :
    O que o laudo da ressonância quer dizer?
    Coluna cervical uncoartrose e artrose interapofisaria inferior/ desidradataçao discal difusa/ pequeno complexo disco osteofitico posterior em c4 – c5 comprimindo a face ventral do saco dural.
    E na lombar desidratação difusa do disco L5-S1, notando alterações degenerativas dos platôs vertebrais apostos ( MODIC II)
    Gostaria de entender tenho muitas dores e quando levanto não consigo nem me vestir e determinadas posições que sento pra levantar é um sufoco!!!!!
    trabalho como professora de educação infantil e meus alunos tem 4 anos … sinto muitas dores. vc acha que este quadro impossibilitari\ meu trabalho?

    • Olá Aurea
      Pelo laudo dos exames não é possível afirmar com certeza a gravidade de seu problema.
      São relatadas alterações degenerativas da coluna, tanto cervical quanto lombar.

      Qual a sua idade? Dependendo da idade, a prevalência destas alterações na coluna costuma ser alta.

  177. O que quer dizer esse resultado de ressonância:
    Abaulamento discal posterior difuso em L5 S1 comprimindo a face ventral do saco dural reduzindo as dimensões foraminais bilateralmente e tocando a raiz L5 emergente a direita;
    Abaulamentos discais posteriores difusos em L3 L4 e L4 L5 exercendo leve impressão sobre a face ventral do saco dural; Artrose facetaria L4 L5 e L5 S1 bilateralmente caracterizada por redução dos espaços articulares e reação osteofitária;
    Redução na altura e na intensidade de sinal do disco invertebral da L5 S1, inferindo desidratação degenerativa.

    • Silvana
      Você possui alterações de discos intervertebrais, que são os amortecedores da coluna. Existe um pequeno ramo de nervo (raiz) de L5 a direita que parece estar comprimido – pode estar gerando as famosas queixas de ciática, ou seja, dores que irradiam para perna.
      As outras alterações descritas denotam um “desgaste” da coluna, não implicando necessariamente em doença.

  178. Fiz 2 cirurgias de coluna lombar, após acidente (Artrodese L5S1), depois da última cirurgia, minha perna esquerda ficou com pouca sensibilidade. A dormência atinge a perna até o pé e mesmo assim, sinto muitas dores na área lombar, nas nádegas, na lateral toda da perna, principalmente no quadril, lateral do joelho, lateral e no peito do pé, e por incrível que pareça, na batata da perna e embaixo do pé. Após RM, TC e Eletroneuromiografia, foi constatado dentre várias outras coisas (já em tratamento com medicamentos, acupuntura e hidroterapia), lesão de raiz nervosa de L5S1. Gostaria de saber se cirurgicamente é possível corrigir esta lesão?

    • Olá Silesia,
      Se for uma lesão completa, não existe forma de corrigir esta lesão. Se for alguma lesão por quadro compressivo persistente, pode ser que haja alguma possibilidade de melhora

    • Tratamos hérnia por método minimamente invasivo sim. Menor incisão e menor tempo de internação e menos dores no pós-operatório

  179. oi, tenho 27 anos e que lembro desde os 12 sinto dores, fiz uma RM na lombar e foi detectado sinais de discopatia degenerativa em L3-l4, alterações osteodegenerativas interfacetárias bilateralmente em L4-L5 e L5-S1, saliencia discal postero central em L3-L4 e L5-S1, como devo me preocupar com isso e qual a melhor solução para esses problemas?, já tomei medicação e fiz fisio, a ultima foi a 15 dias.

    • Olá Tarcio,
      Vemos que você é jovem e tem alterações degenerativas na coluna. Se as sessões de fisioterapia e medicações não tem melhorado seus sintomas, podemos recorrer a outros tipos de tratamento pouco invasivos, antes de pensar em uma cirurgia

      • doutor, qual outro tratamento é recomendado?
        eu gostaria que fosse um que resolvesse e não inibisse, pois penso muito no futuro, 40, 50 anos

  180. Boa tarde estou a 4 meses sentindo muitas dores nas costas e pernas fiz uma RM q o laudo é -
    -Espondilose Lombar incipiente.
    -Protusão discal póstero-mediana em L4-L5,determinando leve compressão sobre o saco dural, compativel com hernia de disco o que significa desde ja agradeço.

    • Olá Aurian, pode ser que seus sintomas de dores nas costas e nas pernas estejam ocorrendo em virtude de sua hérnia de disco. Os resultados do tratamento quando as dores são predominantes nas pernas costumam ser bons

  181. olá, descobri depois de ficar internada 7 dias que tempo hernia de disco fiz uma ressonancia e o laudo médico diiz o seguinte
    desidratação parcial dos disco L3-L4
    abaulamento posterior do discointervertebral de L4 e L5
    osteófitos marginais L3-L4- l5.
    fui ao ortopedista mais não gostei do atendimento e fiquei na dúvidas por favor pode me orientar.

    • Ola Ana
      Você possui algumas alterações degenerativas da coluna lombar. Se estiver tendo sintomas de dores ou formigamentos nas pernas pode ser que esteja havendo compressão de raízes nervosas pelas protrusões dos discos.
      O tratamento geralmente envolve medicações e fisioterapia, em alguns casos podemos recorrer a bloqueios/infiltrações para tratamento da situação. Em outros casos, o tratmento cirúrgico pode ser necessário. AGende uma consulta – aguardamos ansiosamente

    • Tratamos hérnia de disco de diversas maneiras. O tratamento minimamente invasivo vem crescendo e mostrando bons resultados

  182. Tinha listese L4-L5 com muita dor em minha perna esquerda. Fiz artrodese e a dor melhorou muito! recomendo

    • Olá Vicente, sobre valores favor ligar para consultório – Atendemos alguns convênios e fazemos consultas por reembolso também.

  183. Fiz microdiscectomia lombar. Tive alta no dia seguinte e Minha cicatriz tá pequenininha, deram pontos internos.

  184. Olá. Meu vizinho tem várias hérnias de disco, e no laudo da RM consta a seguinte conclusão:
    *Aumento da gordura no espaço epidural de L4 a S1, de maneira circunferencial e simétrica, compatível com lipomatose, que reduz as dimensões do saco dural, com agrupamento das raízes da cauda equina;
    *Espondilose lombar com sinais de discopatia degenerativa, mais proeminente e com redução da altura discal em L5-S1. Destaca-se pequeno derrame articular facetário em L4-L5 à esquerda;
    *Leves abaulamentos discais difusos em L3-L4 e L4-L5, mais evidente neste, que comprime a face ventral do saco dural e reduzem de maneira discreta a região basal dos respectivos forames;
    *Hérnia discal posterior em L5-S1, quem mantém contato com a raiz descendente esquerda de S1.
    Segundo ele, o médico disse que tudo isso se resume em câncer, deixando toda família apavorada. Existe tratamento pra tudo isso?

    • Olá, de tudo isso que aparece laudado, o que chama mais a atenção é a lipomatose lombar, que está provocando compressão das raízes nervosas. O restante são alterações degenerativas comuns da coluna lombar. A causa da lipomatose pode ser uso crônico de algumas medicações, entre elas os corticóides. Não se trata, no entanto, de câncer! Agende uma consulta pois o tratamento pode ser mais simples que imaginam.

  185. Bom dia,sinto fortes dores no pescoço e a dor irradia para os braços e mãos, não consigo mexer o braço sem apoiá-lo, p médico solicitou ressonância e esse é o resultado:

    Descrição:
    Retificação da lordose fisiológica cervical em decúbito.
    Corpos vertebrais tem sinal, alinhamento e altura preservados, apresentando projeções
    osteofitárias marginais incipientes.
    Elementos do arco vertebral posterior e articulações facetárias preservadas.
    Hipossinal em T2 dos discos intervertebrais, relacionado a desidratação/degeneração dos
    mesmos, sem redução de seus interespaços.
    Protrusões discais posteriores paramedianas direitas nos níveis C4-C5 e C6-C7, tocando a
    face ventral do saco dural, com sinais de rotura radial de fibras do ânulo fibroso.
    Demais discos intervertebrais sem sinais de abaulamentos ou protrusões dignos de nota.
    Forames de conjugação estão livres.
    Canal raquiano com calibre normal nos segmentos avaliados.
    Medula espinhal de calibre e intensidade de sinal normais.
    Musculatura paravertebral sem alterações apreciáveis.
    COMENTÁRIO: Ressonância magnética da coluna cervical evidencia:
    -Retificação da lordose fisiológica cervical em decúbito.
    -Espondilodiscopatia degenerativa.
    -Protrusões discais posteriores paramedianas direitas nos níveis C4-C5 e C6-C7.

    Muito obrigada
    Daniela

    • Olá Daniela,
      Parecem haver alterações degenerativas realemnte em sua coluna. Seus sintomas remetem acometimento de raízes pela hérnia, apesar de não haver relato no relatório de tal situação.
      Caso queira uma avaliação mais pormenorizada, marque uma consulta conosco. Atenciosamente

  186. Olá tenho 3 abaulamentos discais L3,L4,L5S1 ejá fiz fisio, RPG e ja tomei vários remédios que não resolveram nada ,na verdade as dores estão piores e com mais frequência,ja estou em paine com dor todos os dias meu médico não me dá uma solução não aguento mais tanta dor minha qualidade de vida ja não existe, tenho que escolher ou eu trabalho ou cuido da casa e daminha vida pessoal ,naõ da pra fazer os dois no trabalho mais rfalto do que vou eu naõ aguento mais me ajude por favor

    • Olá Rafaela,
      Gostaríamos de ajuda-la. Felizmente dispomos atualmente de diversos recursos que podem ajudar a tratar estas terríveis dores que vem sentindo. Agende uma consulta conosco.

  187. Tinha fortes dores que me impediam de andar. Minhas pernas formigavam. Dr. Franz fez uma cirurgia na minha coluna que liberou meus nervos e voltei a andar. Obrigado!

  188. Bom dia equipe !

    Estava sentindo uma pequena pontada nas costas e um cansaço quando sentado de maneira ereta . O medico pediu um RM? Lembrando que nao sinto dores nas pernas e nem nos braços , as vezes tem dias que a dor não se manisfesta . Grato

    Análise:

    Bom alinhamento dos corpos vertebrais examinados em decubito.
    Retificaçao da lordose cervical fisiologica em decubito.
    Osteofitose marginal incipiente nos corpos vertebrais C3 a C7 .
    Corpos verebrais com altura preservada
    Hipertrofia das articulaçoes unco vertebrais bilateralmente no nivel C6-C7
    (Mais expressiva a direita ) promovendo reduçao da amplitude foraminal deste nível.
    Reduçao da intensidade de sinal dos discos intervertebrais cervicais nas imagens ponderadas em T2 , indicando desidrataçao discal.
    Complexo disco osteofitario posterior difuso no nivel C3-C4 , comprimindo levemente a face ventral do saco dural.
    Complexo disco osteofitario posterior difuso, com predominio a direita no nivel C6-C7, comprimindo
    moderadamente a face ventral do saco dural, obliterando parcialmente a
    coluna liquorica anterior.

    Espaço liquorico livre nos demais segmentos.
    Medula de contornos regulares e sinal homogeneo.
    Canal vertebral e demais forames intervertebrais com amplitudes preservadas.
    Transiçao cranio-cervical sem alteraçoes.
    Partes moles paravertebrais com aspecto conservado.

    • Pelo laudo Eduardo, parece haver um comprometimento maior no segmento C6-7, ou seja, entre a sexta e sétima vértebras cervicais. Se seus sintomas forem fortes, com pouca melhora com medicação, pode ser que esteja indicado um tratamento cirúrgico para melhora de seus sintomas. Agende uma consulta.

  189. Descobri hoje que estou com a hérnia em 2 vértebras, sou praticante de Jiu-Jitso, apos a cirurgia ou no tratamento, eu poderei voltar a treinar?

    • Olá João
      Se forem somente hérnias, poderá sim voltar a treinar. É claro que deverá manter um acompanhamento de perto com médicos e fisioterapeutas para evitar progressão de seu quadro

  190. Fiz a RM e saiu o seguinte laudo abaixo, meu medico indicou cirurgia, aguardo uma opinião, obrigado.

    RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DA COLUNA LOMBO-SACRA
    ?
    TÉCNICA:
    Exame realizado em aparelho de ressonância magnética de alto campo ( 1,5 T) através de sequências TSE nos planos sagital e axial em T1 e T2 e sequência STIR no plano sagital, sem a administração endovenosa de gadolíneo.
    ANÁLISE:
    Retificação da lordose lombar fisiológica.
    Corpos vertebrais alinhados, de alturas preservadas.
    Pedículos e lâminas sem alterações.
    Redução da altura do disco intervertebral L5-S1.
    Protrusão discal póstero-mediana e lateralizada à direita L5-S1, de base larga, comprimindo a margem ventral do saco dural, exercendo efeito de massa sobre a porção intracanalicular da raiz nervosa S1 direita.
    Canal raquiano de amplitude preservada.
    Foramens neurais livres.
    Articulações interapofisárias de aspecto normal.
    Cone medular e raízes da cauda equina de aspecto habitual, no interior do saco dural.
    Musculatura paravertebral sem particularidades.

    • Parece se tratar de um caso potencialmente cirúrgico. Caso queira ouvir uma segunda opinião, alternativas minimamente invasivas, entre em contato conosco.

  191. óla tenho 23 anos .
    faz três meses que sofro com uma dor que começou na coluna e desceu para minha perna tive uma crise que fiquei sem movimentos na mesma ,meus sintomas são :dor na coluna em movimentos constante que desce para o glúteo e irradia para a perna ,pé e a parte da coxa e totalmente dormente .fiz uma ressonância e o laudo foi :pequena protusao discal posterior difusa de componente maior postero-central em l5 s1,ocasionando suave impressão na face ventral do saco dural. o que isso significa? e caso cirúrgico? e grave? agradeço desde já sua opinião.

    • Ola Tamara
      O caso pode ser cirúrgico sim, mas para tal avaliação precisaria examina-la e ver os filmes de sua ressonância. MAque uma consulta conosco

  192. Tenho muitas dores do lado esquerdo e na perna.
    Dores terriveis que tenho que ficar deitado parado e tomar toragesic e tramal injetavel e codein leva 1 hora para passar a dor intensa.
    Segue minha RM.
    Atende pelo convenio unimed?
    RM COLUNA LOMBOSACRA
    Exame realizado com cortes axiais, coronais e sagitais nas sequências ponderadas em T1, T2 e DP com e sem supressão de gordura.
    Miníma retrolistese de L2 sobre L3.
    Redução em altura e na intensidade de sinal em T2 dos discos intervertebrais de L1-L2 e de L2-L3 e apenas redução na intensidade de sinal em T2 dos discos intervertebrais de L3-L4 e de L4-L5, achados compativeis com discopatia degenerativa/desitratação.
    Em L1-L2 há protusão discal póstero-mediana a qual toca e deforma a face ventral do saco dural.
    Em L2-L3 e em L3-L4 há pequenos abaulamentos discais simétricos, os quais tocam a face ventral do saco dural e reduzem minimamente as amplitudes dos forâmens neurais, aparentemente sem comprometer as raízes emergentes.
    Em L4-L5 há abaulamento discal difuso com componente de protusão associado em situação látero-foraminal à esquerda, achados estes que tocam e deforman a face ventral do saco dural e reduzem parcialmente as amplitudes dos forâmens neurais, especialmente à esquerda, aonde pelo menos tocam na raiz emergente deste lado.
    Identifica-se também imagem compativel com ruptura de fibras anelares no interior desta protusão.
    Em L-5S1 há pequeno abaulamento discal simétrico, o qual apenas toca e deforma a face ventral do saco dural, sem comprometer as amplitudes dos forâmens neurais.
    Articulações interapofisárias preservadas.
    Imagens compativeis com nódulos de Schmorl nos platôs vertebrais superior e inferior de L2 e no platô vertebral superior de L3.
    Alterações do tipo Modic ll nas porções anteriores dos platôs vertebrais superiore de L2, L3 e L5 e nas porções anteriores do platô vertebral inferior de L2.
    Cone medular tópico situado ao nível de T2L1.
    Osteófitos ântero-laterais difusos.
    Musculatura paravertebral sem alterações.
    Obrigado se puder esclarecer se é caso cirúrgico ou outro tratamento.

    • OLá GErson
      Realmente existem muitas alterações degenerativas na coluna, que podem eventualmente necessitar sim de tratamento cirúrgico.
      ATendemos UNIMED no endereço Rua Borges LAgoa 1231, cj 23, tel 5573-5554. AGuardamos contato

  193. Boa tarde.
    Sinto dores nas costas, e o médico me orientou a fazer RM
    esse é o resultado, me ajudem a entender o que te se passa comigo.
    Bom alinhamento dos corpos vertebrais examinados em decúbito.
    Corpos vertebrais com morfologia e sinal preservados.
    Área focal com hipersinal em T1 e T2 no corpo vertebral L4, que pode corresponder a hemangioma ósseo
    ou deposição gordurosa focal.
    Articulações interfacetárias de aspecto conservado.
    Discos intervertebrais com morfologia, sinal e contornos conservados. Não se observam sinais de protrusão
    / extrusão discal.
    Canal vertebral e forames intervertebrais com amplitude preservada nos segmentos avaliados.
    Saco dural e raízes nervosas intra e extra durais, com trajeto e sinal conservados.
    Cone medular com topografia e sinal normais.
    Grupamentos musculares paravertebrais com aspecto normal.

    • Olá Flávio
      PElo laudo não parece haver situação de maior gravidade em seu caso.
      Mas é possível que haja espaço para bloqueios ou outras modalidades não cirúrgicas de tratamento da dor
      Agende uma consulta

  194. Boa noite,
    faz alguns meses que venho sofrendo de dor lombar.
    No dia 18/03/2013 eu tive uma crise muito forte e travei. fiquei por 40 dias de cama, fazendo tratamento com vários remédios e fisioterapia, Fiz também uma Ressonância magnética e o resultado foi: “Ressonância magnética de coluna lombo-sacra
    Disco L5-S1 com perda de sinal e hérnia póstero-lateral direita e ligamentos amarelos espessados (esclerose óssea contígua).” O médico optou por tratamento conservador. ainda estou na fase das fisioterapias. a ideia era daqui uns 15 dias iniciar com uma atividade de fortalecimento (pilates), porém dia 29/07/2013 eu travei novamente e estou de cama desde então. A pergunta é devo continuar com tratamento conservados? vou ter crises a cada 3 ou 4 meses? o que devo fazer???

    • OLá Karina,
      Seria realmente interessante que pudéssemos avaliar o seu caso em particular para poder traçar a melhor proposta de tratamento.
      Agende uma consulta conosco

  195. Boa noite! Minha consulta está marcada para o dia 15.08, no entanto, pela curiosidade e por uma amiga ter dito que meu caso era hérnia de disco, gostaria se possível, de ter uma confirmação do que trata o resultado de uma ressonância da coluna lombar-sacra:
    redução na altura e na hiperintensidade de sinal característica no T2 do disco intersomático de L5-S1, representando fenômeno de desidratação/degeneração no mesmo. Os demais discos invertebrais com morfologia e intensidade normais.
    Em L5-S1, destaca-se uma protrusão discal posterior difusa secundária a uma diminuta ruptura radial das fibras externas do anel fibroso, determinando leve compressão na face ventral do saco dural.
    As demais informações, pelo q percebi deram normais.

    • Olá Anna
      Não é uma hérnia propriamente dita, mas um estágio inicial de uma doença no disco.
      Deve sim procurar atendimento especializado.
      att

  196. Já algum tempo sinto dores na coluna, fui ao médico, fiz uma ressonância e já marquei o retorno, mas já queria saber o que significa o resultado do exame.
    Entre os comentários que me pareceram normais encontrei alguns que gostaria de entender melhor. Pode me ajudar?

    -Sinais de degeneração discal em L5-S1 caracterizada por hipossinal em T2
    - Protrusão discal postero mediana em L5-S1, tocando a gordura epidural.

    • OLá Isabela
      Dependendo de sua idade são achados que podem ser caracterizados como desgastes naturais da coluna. Mas de for jovem, pode ser sinal de desgaste precoce da coluna, significando que algo que está fazendo pode estar gerando dano a coluna.

    • Sim. Atendemos unimed central nacional no consultório da rua borges lagoa 1231, cj 23. Tel 5573-5554, Vila Clementino

  197. Há três anos sinto muita dor na coluna lombar, a mesma já travou duas vezes, fiz uma ressonância magnética e seguinte comentários.
    Corpos vertebrais alinhados e com altura habitual
    Alterações degenerativas tipo 1 (tecido fibrovascular) no platô superior de S1
    Redução do espaço articular posterior em L5-S1 acompanhada também de redução dos forames de conjugação correspondente.
    Sinais de desidratação discal em L4-L5 caracterizada por hipossinal em T2.
    Protrusão discal posterior centrobilateral, maior á direita, em L4-L5, obliterando a gordura epidural e comprimindo a face ventral do saco dural.
    Protrusão discal posterior centrobilateral em L5-S1 obliterando a gordura epidural.
    Opinião: Espondilodiscopatia incipiente com redução dos forames de conjugação em L5-S1.
    Protrusão discal posterior centrobilateral, maior a direita, em L4-L5 e centrobilateral em L5-S1.
    Por favor pode me orientar. Obrigada.

    • Olá Kelly
      Se neste período de 3 anos suas dores estão fortes ou piorando, se fez terapias musculares, fisioterapia e uso de medicamentos, é possível que se beneficie com tratamento cirúrgico.
      Marque uma consulta conosco para que possamos avaliar pessoalmente seu caso e propor o melhor tratamento para vocÊ!

  198. OLA BOM DIA EU FIZ UMA RESONACIA MAGINETICA.
    QUE DEU O SEGUINTE RESULTADO.
    DESIDRATAÇÃO DEGENERATIVA E DISCRETO ABAULAMENTO DISCAL DIFUSO EM L5 S1 SEM EFEITO COMPRESSIVO.
    ARTICULAÇÕES INTERAPOFISÁRIAS SEM ALTERAÇÕES
    CONE MEDULAR TÓPICO COM ESPESSURA E SINAL NOMAIS
    O CANAL RAQUEANO TEM AMPLITUDE NORMAL.
    O QUE SIGINIFICA ESSE RESULTADO POR FAVOR ME AJUDEM. SINTO MUITO DORES NAS COSTA.E É UMA ARDENCIA MUITO GRANDE COM UMA QUITURA QUE PARECE QUE VAI PEGAR FOGO NÃO SEI MAIS O QUE FAZER NÃO POSSO TRABALHAR PORQUE EU TRABLHO EM PÉ O DIA TODO NÃO AGUENTO FICAR NEM EM PÉ NEM SENTADA. O QUE DEVO FAZER.
    OBRIGADO DESDE DE JA AGRADEÇO LINDALVA.

    • Olá Lindalva.
      Pelo laudo de seu exame realmente não observamos grandes processos degenerativos.
      Outras coisas podem justificar sua dor. Agende uma consulta conosco. Temos especialistas em coluna e dor.

  199. Não conseguia esticar minha perna de tanta dor. Fiz uma microdiscectomia com a equipe e me sinto muito bem. Praticamente não sinto mais nada na perna. Recomendo

    • Ola Rafael
      Geralmente, em casos de pacientes jovens com hérnia, não precisamos de pinos para fixar a coluna. Estes são usados quando temos sinais de instabilidade na coluna, o que ocorre em fraturas, tumores, e algumas outras condições

  200. Dr. fiz uma tomografia da lombar o resultado deu :,
    Abaulamento discal centro lateral l4 l5 o que significa?
    Tenho muitas dores na lombar e não passa com antiinflamatório e não consigo ficar muito tem em pé. Não irradia para as pernas mas fazem 4 meses que estou com dor e não passa.

    • Samanta, o abaulamento discal é um estágio inicial de uma hérnia. Pode ser que ele seja responsável por suas dores, mas articulações, os músculos, ligamentos, também podem gerar dor. A ausência de calcificação significa que está em estágio inicial. Agende uma consulta conosco!

  201. Boa tarde fiz uma ressonância e deu o seguinte resultado:
    Corpos vertebrais com alinhamento posterior e altura preservados.
    Osteófitos marginais anteriores incipientes nos níveis estudados.
    Alterações degenerativas tipo Modic I (edma) nos Platôs de aposição de L5-S1.
    Alterações degenerativas das articulações interapofisárias estudadas.
    Abaulamentos discais difusos nos niveis L3-L4 e L4-L5, que tocam a face ventral do saco dural e redum as respectivas bases foraminais, sem repercussões sobre as raízes nervosas emergentes.
    Abaulamento discal difuso no nivel l5-s1, com componente assimétrico foraminal direito, que toca a face ventral do saco dural e reduz as respectivas bases foraminais, tocando as raizes emergentes de L5.
    Destaca-se ruptura do ânulo fibroso posterior em L5-S1.
    Canal vertebral com amplitude preservada.
    Cone medular com morfologia e intensidade de sinal normais.
    Estruturas paravertebrais preservadas.
    Tenho muita dor que vai da parte de traz da perna direita até os dois últimos 2 dedos do pé.
    O que quer dizer esse exame?
    Agradeço deste já.

    • Nilo,
      Em suma você possui algumas alterações de desgaste da coluna, mas o que chama a atenção é o segmento e disco l5/s1. Neste disco parece pelo laudo, haver pinçamento de raízes nervosas que podem estar justificando seus sintomas de dor que vai para as pernas. Agende uma consulta conosco para que possamos orientá-lo da melhor forma possível

  202. Boa tarde!
    Meu exame constou Sinais de Espondilose Incipiente; Mínimas saliências discais posteriores em c4-c5 e c5-e c6 que abaulam a coluna liquórica anterior.
    Gostaria de saber o que isso significa, é grave?
    Obrigado!

    • Olá Gilmar,
      Pelo laudo não parece haver gravidade.
      Devemos elaborar um plano de tratamento para que estas saliencias não progridam

  203. Boa tarde!Meu exame constou Sinais de Espondilose Cervical Incipiente; Mínimas saliências discais posteriores em c4-c5 e c5-e c6 que abaulam a coluna liquórica anterior.
    Tenho dores fortes e diárias e formigamento nos braços e costas.
    Gostaria de saber o que isso significa,é grave?
    Obrigado!

  204. no meu exame deu isso, e não sei o que significa…
    - o disco invertebrado L5-S1 apresenta leve redução da altura e perd de sinal na ponderação T2 notando-se protrusão posterior difusa, que apenas comprime o contorno ventral do saco dural, sem conflitos radiculares associados.

    • Mariana,
      Pelo laudo aparenta ser pequena protrusão discal sem grande importância.
      Mas é preciso elaborar um programa de reabilitação para que não progrida. Agende uma consulta!

  205. fiz tac coluna lombar.resultado L4-L5 discreto abaulamento paramediano esquerdo,com deformidade do saco dural e potencial compromisso das raízes L5.Nao podendo falar de hérnia discal.conclusao potencial compromisso radicular em L4-l5 ,paramediano esquerdo.Gostava de saber o que fazer1Obrigada

    • Olá Malvina,
      O que deve fazer depende muito dos seus sintomas. Sente dor na perna esquerda? Sente dores na coluna?
      Pelo laudo parece haver compromisso de raiz lombar, mas precisamos de dados clínicos para saber o que fazer.

  206. -degeneraçao e desidrataçao do disco intervertebral de L5 S1
    -discreta protusao difusa do disco intervertebral de L4 L5 que causa impressao sobre a face anterior do saco dural neste nivel
    -protusao difusa associada a pequena herniaçao mediana do disco intervetebral de L5-s1 que causa impressao sobre a face anterior do saco dural neste nivel e oblitera parcialmente os respectivos recessos laterais
    -o cone medular e visibilizado ao nivel do interespaço de L1 L2 e possui configuraçao anatomica
    -alteraçao discogenita modic tipo 2 nas margens osseas adjacentes ao disco intervertebral de L5 s1
    -incipiente osteofito anterior no corpo vertebral de L5
    -discreta retificaçao dos corpos vertebrais toracicos inferiores e lombares
    alteraçoes pos cirurgicas ao nivel de L5 s1

    me expliquem ai como esta minha coluna? ja fiz uma cirurgia em 2007 esto uafastado ate hoje nao tenho mobilidade por muito tempo e se ficar ou andar muito tempo ataca a doer e da ate choques na coluna me expliquem esse exame que fiz hoje? obrigado

    • Olá Fabio,

      Em seu laudo parecem haver algumas alterações do segmento l5-s1, mas não muito grandes.

      Precisaríamos analisar as imagens mesmo do seu exame. Agende uma consulta conosco

  207. Olá, gostaria de uma avaliação ou opinião! Há dois meses atrás tive crises de dor extrema, irradiação para o MIE, limitante, não caminha mais, muita irradiação, sem dor lombar. A RNM hérnia discal extrusa em L5/S1 com herniação cranial, resumindo, uma lesão bem grande. Desesperado realizei a microcirurgia para retirada da hérnia. Hoje com onze dias de PO, diminuiçao significativa da dor e da irradiação, melhora bem consideravel do quadro. Mas meu pé esquerdo incha, sinto dificuldade para caminhar em função disso. Se fico por um período mais longo em pé, ele vai dando uma sensação de estar inchando, principalmente em baixo das cabeças dos metatarsos e primeiro dedo. Sinto tbm alteração de sensibilidade no pé. Se não fosse isso, ja dava para correr! O que pode ser essa sensação, é normal pelo tempo de PO ou o que? Grato pelo retorno!

  208. Olá, gostaria de uma avaliação ou opinião! Há dois meses atrás tive crises de dor extrema, irradiação para o MIE, limitante, não caminha mais, muita irradiação, sem dor lombar. A RNM hérnia discal extrusa em L5/S1 com herniação cranial, resumindo, uma lesão bem grande. Desesperado realizei a microcirurgia para retirada da hérnia. Hoje com onze dias de PO, diminuiçao significativa da dor e da irradiação, melhora bem consideravel do quadro. Mas meu pé esquerdo incha, sinto dificuldade para caminhar em função disso. Se fico por um período mais longo em pé, ele vai dando uma sensação de estar inchando, principalmente em baixo das cabeças dos metatarsos e primeiro dedo. Sinto tbm alteração de sensibilidade no pé. Se não fosse isso, ja dava para correr! O que pode ser essa sensação, é normal pelo tempo de PO ou o que? Grato pelo retorno!

    • Olá Carlos, deve aguardar mais algumas semanas. Quando a compressão da raíz é grande, mesmo com a descompressão uma sensibilidade diferente do membro pode perdurar

    • Havendo correta indicação para seu caso, fazemos sim cirurgia minimamente invasiva, que diminui dores e tempo de internação

    • Ligue para 11 5573-5554 para agendar uma avaliação. Atendemos Sulamérica neste endereço Rua borges Lagoa 1231, cj 23, Vila Clementino São Paulo

  209. Por favor gostaria de uma orientação sobre o tratamento mais adequado para minha situação, pois sinto muita dor e não consigo realizar alguns movimentos com a perna direita. Realizei ressonância em 22/10/13: – sinais de laminectomia em l5; acentuação da lordose lombar fisiológica em decúbito; corpos vertebrais em altura preservada e alguns osteófitos marginais; alteração de sinal comprometendo a medular junto aos platôs vertebrais apostos de l5 e s1, caracterizada por hipossinal em T1 e hipersinal em T2, compatível com alteração degenerativa Modic tipo 1; hipertrofia das articulações interfacetárias l5-s1; protusão centro-lateral direita do disco invertebral l3-l4, que oblitera a gordura epidural anterior com discreta compressão sobre a facxe ventral do saco dural; complexo disco-osteofitário posterior lateroforamidal direito que comprime a face ventral do saco dural e toca a raiz emergente ipsilateral; redução do sinal dos discos intervertebrais l2-l3 e l5-s1 nas sequências ponderadas em T2, indicando desidratação discal, associa-se a redução da altura discal em l5-s1. Obrigada.

    • Para unimed ligar para (11)3036-5851 ou (11) 5573-5554. Tratamos as hérnias de disco da forma mais efetiva e menos invasiva possível.

  210. Meu pai esta há 1 mes com dores fortes na região lombar e dores no joelho com perda de forças nas pernas, sentado e deitado ele se sente bem. Acabei de pegar o raio X solicitado por um medico mas o mesmo esta viajando e so volta em 15 dias. Meu pai esta tomando os seguinte medicamento manipulado, ciclobenzaprina 5mg, ranitidina 150 mg C e ibuprofeno 200 mg. ele toma este remedio manipulado 1 vez ao dia apos o jantar. No raio x consta:
    -Sinistro escoliose lombar;
    -Acentuação da lordose lombar;
    -Redução do trabeculado ósseo primario com adelgaçamento cortical difuso, alterações que denotam redução da desnsidade mineral óssea(DMO);
    -Sinal de colapso do corpo vertebral de L2 e T12, com importante redução da altura da porção anterios destes corpos vertebrais, provalvelmente relacionado a redução da matriz ósseo primária, razão pela qual também há concavidade do platô superior das demais vértebras lombares;
    -Esclerose interfacetária L5/S1 bilateralmente, maior a esquerda;
    -Calcificação ateromatosa parietal da aorta abdominal;
    -Acentuação da lordose lombar e cifose sacral;
    -Sinal degenerativo da placa terminal do disco intervertebral entre L5/S1.
    Meu pai tem 94 anos e seu retorno no medico esta ´previsto para 10 dias só que as dores o incomodam muito. Minha preocupação é o que fazer?? Agradeço a sua orientação.

    • Rudy, se houver interesse posso tentar encaixa-lo em consulta nesta segunda tarde ou terça pela manhã. Dependendo do caso podemos melhorar a medicação prescrita. Ligue para (11) 5573-5554

  211. Bom dia!!!!
    Além de outras alterações,bico de papagaio minha possui Lipohemagioma. Qual tratamento mais indicado ja que os antiinflamtorios e fisioterapia ja quase nao alivia a dor.

    • Raiane, se olipoangioma já foi tratado de maneira conservadora sem melhora, podemos recorrer a vertebroplastia para tratamento. Agende uma consulta para que possamos conversar

  212. Olá, gostaria de uma avaliação ou opinião! fiz uma ressonância magnetica da coluna cervical e o diagnostico foi
    Espondilise incipiente
    descopatia degenerativa de c2-c3 á c6-c7.
    Complexos-disccs osteofitários de c3-c4 á c6-c7, mas importante em c3-c4 e c4-c5
    si poderem me ajudar fico grato

    • De tudo isso, a hérnia discal extrusa e os complexos c34 e c45 são os que mais chamaram atenção. Agende uma consulta para podermos avaliá-lo melhor

  213. Olá, gostaria de uma avaliação ou opinião! fiz uma ressonância magnetica da coluna dorsal
    diagnostico foi espondililose de D3-D4 e D8-D9 á D10-D11, com sinais de fissura anular em D9-D10 e D10-D11
    Diminutas prostruões focais paramedianas direita em D3-D4 e D4-D5
    Hérnia discal extrusa parmidiana esquerda em D9-D10 e D10-D11

  214. Olá, gostaria de uma avaliação ou opinião! fiz uma ressonância magnetica da coluna Lombar
    o diagnostico foi
    Presença de vertebras com caracteristica de transiçao lombo-sacra aqui denominada VT.
    Presença de vertebra em borboleta V.B interposta entre L1 E L2.
    Discopatia degenerativa do disco que envolve o espaço de L1, V.B e L2 o qual também apresenta-se com protrusão discal de base larga paramediana direita.
    Acriterio clinico correlacionar com estudo tadiologico para contagem de vertebras

    • Ola magno, você não nos contou o que sente? Dores, formigamentos nas pernas, choques? Se estas alterações vierem juntas com sintomas fortes, é possível que precisemos propor algum tipo de tratamento. O número de vértebras pode variar e não indica necessariamente doença

    • Ola,
      As hérnias geralmente tem tratamento – clínico ou cirúrgico – Quando falamos em cura, estamos falando em ausência de sintomas – isto nem sempre é possível – mas podemos melhorar bastante o quadro clínico com o tratamento

  215. é verdade que hérnia discal na medula não tem outro tratamento se não for cirúrgico?Essa doença é considerada rara?uma pessoa com essa doença pode perde os movimentos de uma hora pra outra?uma pessoa diabético e que tem a hiperteçao pode fazer uma cirugia como essa?

    • Ola Simone?
      Deixe ver se entedemos bem? Está falando de hérnia de disco cervical ou torácica, certo?
      Se houver realmente compressão da medula por uma hérnia, geralmente tendemos a indicar tratamento cirúrgico. A progressão dos sintomas geralmente é lenta, mas em casos de traumas como freadas no carro bruscas, o movimento excessivo pode provocar compressão extra e gerar realmente perda de movimentos.http://spneuro.com.br/wp-admin/edit-comments.php?paged=8#comments-form
      A pessoa que tiver diabetes ou hipertensão deve controlar bem estes antes da cirurgia – mas não impede a realização da mesma

    • Para unimed Ligar para 3036-5851 – Av das naçoes unidas 18801 (Av Mario Lopes Leao 1500) NOva America Offices